Tuia – propriedades e benefícios

Por Redação

Tuia

Imagem: Reprodução

A Tuia, árvore natural da Europa e América do Norte, também é conhecida no Brasil como pinheiro de cemitério, árvore-da-vida, cedrinho ou ciprestes. Pertencente à família Cupressaceae, as suas árvores têm como característica troncos praticamente retos e folhagem verde-escamosa, contendo vários filamentos em sua formação. No geral, devido ao seu crescimento, costuma-se dar nova modelagem à planta, tornando-a um cone alto e esticado. Cresce cerca de um metro nos dois primeiros anos. Nos anos seguintes a estes, dependendo da espécie em questão, pode passar a crescer um metro por ano.

Além de muito útil na parte decorativa, principalmente no Natal, a Tuia possui propriedades medicinais que auxiliam no tratamento de algumas enfermidades, tanto humanas quanto veterinárias. As partes da Tuia que são utilizadas na fitoterapia são os seus ramos, geralmente indicados para problemas externos como hemorroidas e verrugas, devido as suas propriedades anti-hemorroidal e antiverrugosa e tratando de partes internas do corpo, trata doenças como asma, transtornos menstruais e catarros bronquiais através de suas propriedades antiasmática, emenagoga e expectorante.

Removendo Verrugas

Na remoção de verrugas, a Tuia é um forte aliado: basta pingar duas gotas de essência de Tuia em cima da verruga durante à noite e repetir o mesmo procedimento no dia seguinte, pela manhã. O resultado se dá ao fato de a Tuia ajudar a combater vírus e fungos, logo, método bastante eficaz.

Para efeito diurético e cistite

  1. Misture 1 colher de chá de ramos novos bem picados para uma xícara de chá de água e ferva por cinco minutos, em seguida, coe.
  2. Ingira duas xícaras ao dia: uma pela manhã e outra ao final da tarde.
  3. A Tuia tem o poder de diminuir a causticidade da urina.

Gripes, resfriados e tosses

Num recipiente, coloque uma colher de chá de ramos novos e despeje após uma xícara de chá de água fervente. Abafe por 10 minutos a mistura e coe. Enquanto morno, tome de duas a três xícaras de chá ao dia.

Contraindicação

Já que a Tuia é um forte neurotóxico, a ingestão da mesma pode provocar aborto e deve ser evitado por mulheres grávidas.