Sálvia – Os benefícios dessa planta medicinal e ornamental

De nome científico Salvia officinalis, a sálvia é um botânico da família Lamiaceae e é…


De nome científico Salvia officinalis, a sálvia é um botânico da família Lamiaceae e é um arbusto perene e anual. É usada como condimento, erva medicinal e planta ornamental. Também é conhecida como erva-santa, salva, salva das boticas entre outros nomes. Como muitas outras plantas, a salvia é usada para fins medicinais. Para produzir os remédios com sálvia, deve-se usar suas folhas, flores e óleo essencial. Conheça suas propriedades e seus benefícios.

Sálvia - Os benefícios dessa planta medicinal e ornamental

Foto: Reprodução

Propriedades e indicações

Suas propriedades envolvem ações antioxidantes, antissépticas, aromáticas, balsâmicas, cicatrizantes, tônicas, sudoríficas, calmantes, expectorantes e ansiolíticas. Auxilia no tratamento de aftas, bronquites, catarros, diabetes, estomatites, além de fechar poros dilatados, curar gengivite, inflamações, reumatismo e cessar vômitos.  É eficaz ainda no combate ao ácido úrico, cálculo renal e reumatismo, e pode ser usada em sua forma natural, extrato ou na forma de óleo, que contém cânfora, cineol, alfa, beta-tujona, substâncias químicas para entorses, inchaços, hemorragias e úlceras.

Modo de usar

O chá para tratamento de inflamações da boca pode ser feito por meio de infusão com duas colheres de chá de folhas de sálvia para cada 250 ml de água fervente, deixando repousar por dez minutos. Coe e faça gargarejos.


Para curar hemorragias menstruais, fortalecer o sistema nervoso, os sentidos e a memória, misture 5 ml de extrato se sálvia a um copo de água e consuma três vezes ao dia. Quando se tratar de úlceras ou feridas na pele, passe concentrado de sálvia no local afetado.

A sálvia é eficaz ainda para combater o envelhecimento dos cabelos e livrar-se das caspas. Para isso, misture uma colher de extrato de sálvia e uma colher de henna e aplique. O tratamento para gengivite pode ser feito por meio da fricção das folhas com as gengivas, auxiliando ainda na limpeza dos dentes. A compressa feita com água morna alivia cefaleias, cólicas, flatulências e desconforto intestinal, além de aliviar coceiras derivadas de picadas de insetos.

Seu uso é associado ainda à limpeza de ambientes quando se trata de energias negativas. O conceito da prática Ayurveda diz que este incenso natural forma uma áurea positiva e, para isso, queime folhas secas no ambiente. O chá concentrado elimina as impurezas do organismo através da transpiração e limpa as secreções da garganta decorrentes de tosse ou gripe.

Efeitos colaterais e contraindicações

A sálvia é contraindicada para gestantes, mulheres em fase de amamentação, mulheres em período menstrual ou em indivíduos com problemas renais. Seus efeitos colaterais envolvem o aumento da pressão sanguínea e irritação da pele.


Reportar erro