Remédio caseiro para acabar com as aranhas

A maioria das aranhas prefere viver ao ar livre, porém, em determinadas épocas do ano,…


A maioria das aranhas prefere viver ao ar livre, porém, em determinadas épocas do ano, elas podem invadir residências, procurando abrigo e comida. Elas habitam os mais diversos espaços, preferindo aqueles com umidade e pouca iluminação, como jardins, gramados, porões de residências, contornos e junções superiores externas, como telhados.

O surgimento das aranhas depende do clima da região. Na cidade é comum aparecerem as espécies armadeira (mais comum no Sudeste, entre abril e maio), viúva negra (mais encontrada no litoral do Nordeste) e aranha marrom (bastante frequente na região Sul do país).

Espécies de aranhas mais comuns

As quatro espécies de aranhas mais comuns no Brasil são as seguintes:

  • Aranha da poeira – Muito comum nas residências e facilmente reconhecida pela sua aparência: corpo pequeno e circular e pernas muito longas. Produz grandes teias irregulares nos cantos das paredes, tetos ou atrás de móveis. O veneno é bem fraco, servindo apenas para imobilizar as suas presas, como moscas, formigas e outros insetos de mesmo porte.
  • Aranha de parede – Espécie de aranha doméstica facilmente encontrada atrás de armários, quadros de parede e bibliotecas. É inofensiva ao ser humano, pois não possui glândulas de veneno. Uma característica deste aracnídeo é a velocidade com a qual consegue fugir ao sentir a vibração de algo.
  • Aranha armadeira – Esta espécie costuma viver em locais onde existem bananeiras, lenhas, telhas, tijolos empilhados e terrenos baldios. É tida como a mais agressiva do mundo, pois se ergue apoiada sobre as patas traseiras e salta no agressor. O seu veneno é extremamente doloroso, atacando diretamente o sistema nervoso central, podendo levar a vítima a um “estado de choque”, ou mesmo à morte no caso de crianças pequenas e idosos.
  • Aranha de jardim ou tarântula – É encontrada em gramados de jardins, no campo, próxima a riachos e rios e nos jardins residenciais. É pouco agressiva e a picada, embora dolorosa, normalmente não evolui para casos mais graves. Esta espécie tem cor marrom acinzentado, com um desenho em forma de seta no abdômen.
  • Aranha marrom – Espécie de aranha doméstica, encontrada em locais escuros, quentes e úmidos, como quina de pias, rachaduras de parede, livros, telhas e tijolos empilhados. Possui coloração marrom esverdeado, o corpo raramente ultrapassa os 3 centímetros e possui o veneno mais ativo dentre as aranhas brasileiras.
Remédio caseiro para acabar com as aranhas

Foto: Reprodução

Dicas para acabar com as aranhas

Existem algumas dicas para controlar e afastar as aranhas de sua casa. Confira a seguir:

  • Mantenha os jardins e quintais sempre limpos, evitando o acúmulo de entulho, folhas secas ou qualquer objeto que possa servir de abrigo para as aranhas;
  • Nos lugares arborizados, feche as portas e janelas ao entardecer;
  • Evite folhagens densas, como plantas ornamentais, trepadeiras, arbusto, bananeiras e outras, perto de paredes;
  • Sempre mantenha a grama aparada;
  • Lembre-se de vedar frestas e buracos em paredes, assoalhos e vãos entre o forro e paredes, para impedir o movimento das aranhas pela casa.

Remédio caseiro para se livrar das aranhas

Além das dicas acima listadas, existe um remédio caseiro que ajuda a acabar com as aranhas em casa. Confira a seguir:


Para controlar e afastar as aranhas, toda semana limpe as paredes da residência com um pano para remover qualquer teia. Após limpar as teias, faça a seguinte mistura:

Ingredientes:

– 30 cravos da índia;
– 5 pedras cânfora;
– 1 litro de álcool.

Aplicação:

Coloque tudo em um borrifador e deixe repousar por 7 dias, até que o cravo solte seu óleo. Pulverize nos locais afetados, paredes, portais, atrás de portas e onde haja teias de aranha. Essa solução promete que as aranhas não apareçam mais.


Reportar erro