Óleo de coco babaçu é um poderoso antiviral e analgésico

O babaçu, também conhecido como baguaçu, coco-do-macaco ou coco-pindoba é uma palmeira nativa das regiões…


O babaçu, também conhecido como baguaçu, coco-do-macaco ou coco-pindoba é uma palmeira nativa das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Esta planta é fonte de sustento para centenas de famílias, já que todas as suas partes podem ser aproveitadas, desde os frutos, às flores e caule. Esta palmeira pode chegar até 20 metros de altura com folhas que podem atingir de 8 a 9 metros de comprimento cada uma, cada planta possui cerca de 40 hastes e cada uma destas hastes chega a produzir durante a sua vida o incrível número de 500 cocos cada uma.

Óleo de coco babaçu é um poderoso antiviral e analgésico

Imagem: Reprodução

A planta é alvo de estudo de pesquisadores ao redor do mundo e os resultados são bastante prazerosos, foram descobertos diversos benefícios que o consumo de babaçu pode trazer à nossa saúde. Confira logo abaixo:


Propriedades

  • Anti-inflamatória
  • Antioxidante
  • Analgésica
  • Estimulante do sistema imunológico
  • Inibidor viral

A amêndoa do babaçu é altamente rica em fibras, além de sais minerais, amido e enzimas. Já a polpa desta planta é de característica farinácea e oleosa, é dela, mas principalmente das amêndoas – que concentram cerca de 60% do mesmo – que se extrai o poderoso óleo de babaçu. Este óleo de característica fina possui propriedades semelhantes ao óleo de dendê, velho conhecido da culinária brasileira, e também pode ser utilizado de forma parecida ao dendê, mas também é empregado com fins cosméticos.

Usos e benefícios do óleo

O óleo do coco de babaçu serve como matéria prima de base para a indústria na fabricação dos sabões de coco, shampoo, sabonete, cremes lubrificantes, detergentes, remédios e óleo para queimar em lamparinas. Na parte de alimentos ele pode ser utilizado como óleo comestível substituindo o óleo de soja, milho e girassol para frituras tradicionais, além de ser utilizado na fabricação de margarina. O óleo também é utilizado no preparo de biocombustíveis. E, como na planta, nada relacionado ao óleo deixa de ser aproveitado, até mesmo a torta que sobra da prensagem é utilizada como ração animal e isca na pesca do camarão do tipo de água doce.

O óleo já foi utilizado em pesquisas com pessoas portadoras do vírus HIV e com certo tempo de aplicação foi notado um aumento no número de linfócitos CD4 e CD8 o que fortalece o sistema imunológico. O óleo ainda diminuiu o risco da transmissão do vírus através do leite materno para as crianças com mães soro positivas, já que atua como antiviral.


Reportar erro