Óleo de algodão é fonte de juventude

Originário da Índia, o algodão é uma das matérias primas mais utilizada no mundo. A…


Originário da Índia, o algodão é uma das matérias primas mais utilizada no mundo. A planta que dá origem a ele é o algodoeiro, que não se da bem em climas frios. No território brasileiro, o algodão é produzido na Bahia, São Paulo e Paraná em forma de caroço (semente). E é dessa semente que o óleo de algodão é extraído, servindo muito bem para produzir um óleo alimentício rico em antioxidantes naturais para prevenir o envelhecimento das células.

Planta do algodão, matéria prima do óleo

Imagem: Reprodução

Os benefícios e propriedades do óleo de algodão

Composto de vitamina E e ácidos graxos saturados e insaturados, é também possível encontrar no óleo de algodão uma fonte equilibrada de Omega 3 e 6 que vão ajudar na manutenção da saúde da pele. Entre os ácidos graxos essenciais está o ácido linoleico, que vai ajudar a combater ressecamentos e descamações cutâneas.

Prevenindo o envelhecimento precoce

De cor dourada e sabor que lembra levemente a castanha, o óleo de algodão é uma fonte rica em vitamina E e tocoferol, ambos compostos altamente antioxidantes. A vitamina E costuma ser usada para a boa manutenção do coração, prevenindo problemas cardíacos, mas também contribui para as defesas do organismo, além de evitar que as células envelheçam.


Como se deve consumir?

Existem várias possibilidades para o consumo do óleo de algodão. No âmbito alimentício, ele pode ser colocado nas receitas de biscoitos, bolos, chocolates, maioneses, molhos, marinados, etc., contudo seu uso mais recorrente é colocado sobre a salada. Embora seus benefícios para a saúde sejam mais bem aproveitados se o óleo for ingerido, é também possível usá-lo como lubrificante, para iluminar ambientes, na fabricação de cosméticos e remédios, sabões e graxas.

Não use o óleo de algodão para frituras!

Pode dar errado…

Normalmente, o óleo de algodão não causa reações adversas. Contudo alguns casos de alergia podem acontecer, por isso é sempre bom realizar um pequeno teste de sensibilidade com o produto. Basta aplicar um pouco do óleo na parte interna do braço e esperar 60 minutos. Caso algum sinal de irritação ou sensibilidade apareça, interrompa o uso. Se nada acontecer, o óleo de algodão não apresentará perigos de alergia.


Reportar erro