Chá de tayuya – Benefícios e propriedades

A tayuya, de nome científico Cayaponia tayuya, é uma planta com propriedades medicinais, também popularmente…


A tayuya, de nome científico Cayaponia tayuya, é uma planta com propriedades medicinais, também popularmente conhecida por diversos nomes, tais como: abóbora d’anta, ana-pinta, abobrinha-do-mato, azougue-dos-pobres, caiapó, capitão-do-mato, melão-de-são-caetano e outros. Os constituintes químicos desta planta são o amido e alcaloides (cucurbitacina) e ela é utilizada na medicina popular de países da América do Sul como analgésico, atuando no alívio de dores. Dois estudos realizados nos anos de 1990 e 1991 comprovaram cientificamente os poderes medicinais da tayuya. Segundo o estudo de 1990, os flavonoides encontrados na planta possuem uma potente ação sequestrante de radicais livres, promovendo o efeito antioxidante. O estudo realizado em 1991 validou, cientificamente, as propriedades analgésicas e anti-inflamatórias da tayuya. Confira a seguir as propriedades, os benefícios e as indicações de uso do chá desta planta:

Chá de tayuya - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

As propriedades medicinais e os benefícios da tayuya

A raiz verde da tayuya contém propriedade drástica; já a raiz seca possui propriedades antianêmico, antidiarreico, anti-hidrópica, antinevrálgica, antirreumática, antissifilítica, depurativa, desintoxicante, febrífugo, calmante das dores, fortificante, purgativa, emanagoga, emética, desobstruente do fígado e do baço.

Devido às suas propriedades medicinais, o chá de tayuya traz benefícios e é indicado para tratar os seguintes casos: reumatismo, artritismo, úlceras, nervo ciático, dermatoses, diarreia, dilatação do estômago, sífilis, dispepsias, erisipelas, escrofulose, hidropisia e leucorreia. No uso externo, a planta pode ser usada no tratamento de casos de manchas no rosto, acne, feridas e furúnculos.


Como utilizar a tayuya?

As partes utilizadas desta planta são as suas folhas e a sua raiz fresca ou seca. Para aproveitar os benefícios proporcionados pela tayuya, pode-se preparar uma decocção da raiz ou uma infusão de suas folhas. Para uso externo, a maceração também é utilizada e é feita da seguinte maneira: basta triturar o material e deixá-lo em água fria, formando uma papa. A papa é colocada sobre a região afetada, diretamente entre dois panos quentes, mornos ou frios. A decocção é feita utilizando-se 10 gramas da raiz da planta em 1 litro de água.

Chá de tayuya

Para preparar o chá de tayuya, acrescente duas colheres de sopa da planta em um litro de água. A partir do momento de início da ebulição, deixe cozinhar por mais 3 a 4 minutos. Após esse tempo, retire do fogo e deixe repousando, com o recipiente tampado, por 10 minutos. Depois é só coar. A indicação de consumo é de 2 a 3 xícaras deste chá ao dia.

Precauções

Não ultrapasse a dose recomendada, pois a cucurbitacina (um dos constituintes químicos da tayuya) é tóxica em doses elevadas. Lembre-se de consultar um especialista antes de começar qualquer tratamento, inclusive com remédios naturais!


Reportar erro