Óleo e mel de manuka para acne

A acne é uma condição da pele que aparece quando os folículos pilosos da pele…


A acne é uma condição da pele que aparece quando os folículos pilosos da pele são obstruídos por sebo e células mortas, sendo tomados por bactérias que causam a inflamação. É mais comumente encontrada no rosto, pescoço, peito, costas e ombros.

Quem sofre com o problema sempre está em busca de uma solução para amenizar e prevenir o aparecimento das acnes. Existem vários tratamentos disponíveis para acabar com o problema e evitar as temidas cicatrizes, dentre os quais está o óleo e o mel de manuka.

Óleo e mel manuka

A manuka é originária da Nova Zelândia e sul da Austrália e, há tempos, é bastante utilizada pelos Maori, povo indígena da Nova Zelândia, como uma planta medicinal, sendo aplicada para aliviar diversas condições de saúde. As propriedades terapêuticas da planta já foram comprovadas cientificamente por muitos estudos.

Da manuka são obtidos dois importantes produtos: o óleo e o mel de manuka. O óleo de manuka é um óleo essencial obtido da planta e, devido à sua ação antibacteriana e anti-inflamatória, é bastante usado para tratar a acne, sendo uma opção natural aos medicamentos químicos. Além de saudável, o aroma do óleo da planta é agradável e é mais bem tolerado por muitos indivíduos.

Já o mel manuka é produzido pelas abelhas a partir da flor da planta e pode ser usado para limpar e purificar a pele, e para auxiliar no processo de cicatrização. Devido às suas propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, o mel de manuka pode ser utilizado para tratar acne e diversas doenças, dentre as quais estão as seguintes: úlceras do estômago, dores de garganta, refluxo ácido, síndrome do intestino irritável, colite ulcerosa, gastrite, eczema, acne, feridas, infecções, queimaduras, micose e outras doenças da pele; infecções oculares, de ouvido e nasais. Além disso, este mel também fortalece o sistema imunológico, tem ação antioxidante que protege contra os danos dos radicais livres, proporciona força e energia e melhora a saúde digestiva.

Óleo e mel de manuka para acne

Foto: Reprodução


Tratamento para acne com óleo e mel de manuka

Óleo de manuka para tratar espinhas

Antes de iniciar o tratamento, limpe a pele com um produto de limpeza adequado. Após a limpeza, aplique um cotonete embebido no óleo de manuka diretamente sobre as espinhas, uma a uma. A aplicação pode ser realizada duas vezes ao dia.

Devido às suas propriedades, o óleo não só combate as bactérias responsáveis pela formação das espinhas, como também contribui com o processo de cicatrização.

Outra forma de aproveitar os benefícios proporcionados pelo óleo de manuka é por meio de um banho de vapor facial. Ferva aproximadamente 2 litros de água, depois coloque a água quente numa tigela grande e acrescente algumas gotas de óleo de manuka. Cubra a cabeça e a tigela com uma toalha grande, para que o vapor fique concentrado e não saia pelos lados. Aproxime o rosto a uma distância de 30 a 40 centímetros da bacia e fique por cerca de 10 minutos. Após este tempo, seque o rosto cuidadosamente com lenços de papel. Este procedimento não deve ser realizado mais de 4 vezes por semana.

Máscara de mel para tratar espinhas e cravos

O mel proveniente do pólen da flor da manuka contém propriedades curativas que não são encontradas em outros tipos de mel. Assim sendo, ele é ideal para o uso medicinal e pode ser usado como um remédio caseiro potente para tratar espinhas e cravos, acelerando a cicatrização.

Primeiramente, lave a pele do rosto com um produto adequado ao seu tipo de pele. Em seguida, com o auxílio de um chumaço de algodão, aplique o mel no rosto e deixe agir durante 20 minutos. Retire a máscara lavando o rosto com água morna.


Reportar erro