Pedra-pomes: o que é, para que serve e como usar?

Quando a palavra pedra-pomes é mencionada, algumas pessoas logo lembram daquela pedrinha utilizada durante o banho para passar nos pés. Enquanto isso, outras podem nem saber do que se trata esse termo.

Apesar do nome pouco comum, esse mineral pode ser encontrado com facilidade na casa dos brasileiros. Utilizada para limpar e esfoliar os pés há séculos, a pedra-pomes agora possui outras utilidades.

Por essa razão, pode ser utilizada na produção de cosméticos, nos tratamentos odontológicos, nos cuidados com os jardins e até mesmo na construção civil. Mas essas aplicações não param por aqui.

E é exatamente isso que você vai descobrir neste artigo: para que serve a perda-pomes? Além disso, vai entender o que realmente é esse material, como ele se forma, qual a sua composição, como utilizá-lo, onde encontrá-lo e qual o preço dele no mercado consumidor. Confira!

Para que serve?

Como mencionado no início desse artigo, a sociedade aprendeu a utilizar a pedra-pomes de diversas maneiras. Separamos as principais delas a seguir, trazendo mais detalhes sobre a função desse produto natural. Confira!

Mulher passando pedra-pomes no pé

Devido à composição desse mineral, ele é ideal para lixar e hidratar os pés (Foto: depositphotos)

Estética

Atualmente, o uso mais comum e popular da pedra-pomes é o de lixar os pés. Com esse tratamento, é possível eliminar as células mortas do calcanhar, os calos secos e limpar os poros dessas regiões. Assim, o pé fica mais liso e saudável.

Mas como a pedra-pomes possui óxido de alumínio, a utilização desse produto não se limitou à saúde dos pés. Isso porque, o mineral também consegue suavizar perfeitamente toda a pele do corpo, restaurando todo o brilho dessa região. Além disso, promove a hidratação da pele, protegendo-a contra o ressecamento e reduzindo o surgimento das rugas. (1)

Todos esses benefícios atraíram os interesses das indústrias, que passaram a explorar esse material natural para a fabricação de seus produtos. Assim, surge no mercado uma série de cosméticos que têm como base as propriedades e minerais da pedra-pomes.

São géis de banho, sabonetes, esfoliantes (faciais e corporais) e máscaras que ajudam a eliminar a sujeita, sem agredir a pele. Portanto, remove-se a pele morta e deixa a epiderme fresca e revitalizada. (1)

Vale ressaltar ainda que esses produtos não só conseguem promover uma limpeza da pele contra poeira, suor, sebo e células mortas, como também apresentam um efeito anti-inflamatório. (2)

Odontologia

Mas não é apenas na estética que a pedra-pomes se tornou um destaque, uma vez que essa rocha vulcânica também está presente nos consultórios odontológicos. Na verdade, essa utilidade vem desde os povos antigos.

“O primeiro creme dental surgiu no Egito há cerca de quatro mil anos. Era um material à base de pedra-pomes pulverizada e vinagre, que era esfregado nos dentes com pequenos ramos de arbustos.” (3)

Hoje em dia, esse mineral ainda é utilizado na composição de alguns cremes dentais, mas os dentistas o utilizam para outros fins. O principal deles é o polimento dos dentes, removendo a placa bacteriana e suavizando a superfície dessa região.

Além disso, pedra-pomes “pode polir as manchas que ocorrem quando os dentes reagem com os alimentos que você ingere e com as bebidas que bebe.” Também agindo beneficamente contra a descoloração provocada pelo fumo. (4)

Mas,  é importante deixar bem claro que o uso desse material vulcânico nos dentes só pode ser feito por um especialista na área. Apenas um cirurgião dentista está capacitado para usar esse produto com essas finalidades.

Plantação

Para quem não sabe, esse tipo de pedra também pode se tornar um cascalho benéfico para os mais diversos jardins. De acordo com pesquisadores, a presença de pedra-pomes na horticultura e paisagismo permite uma drenagem ideal, melhorando a aeração do solo e promovendo um forte crescimento das raízes das plantas.

Outros benefícios são: mantém e distribui uniformemente os nutrientes da planta, minimiza as possíveis doenças que afetam as raízes dos vegetais e otimizam o ambiente, impedindo o surgimento de ervas daninhas. (5)

Outras aplicações

Apesar de pouco comuns, existem outras utilidades para esse produto vulcânico, são elas: filtração, lavagem de tecidos e construção civil.

Como se usa a pedra-pomes?

Só é possível usar a pedra-pomes em casa de forma estética ou para compor os jardins. No primeiro caso, usa-se esse produto em pedra para os seguintes tratamentos: eliminar calos e remover pele morta e rachaduras dos pés, joelhos e cotovelos.

Para isso, basta passar a pedra suavemente na região desejada. Mas lembre-se, essas áreas precisam estar úmidas para não agredir a epiderme saudável.

Além disso, o pó de pedra-pomes também pode ser utilizado, aplicando-o em regiões mais sensíveis como o rosto. Outra forma de usar é através dos cosméticos feitos à base da rocha.

Já para quem deseja aproveitar dos benefícios desse produto natural através dos jardins, a dica é cobrir o canteiro ou vaso com os cascalhos.A manutenção é simples e você não precisa ter muito trabalho.

O que é pedra-pomes?

Pedra-pomes é uma rocha vulcânica que forma-se durante eventos vulcânicos explosivos. Ela é originada a partir de outras rochas, como a ígnea, andesito, basal, dacito ou riólito. Portanto, trata-se de um produto totalmente natural e rico em diversos tipos de minerais. (6)

Pedra-pomes

Esse mineral é originado após eventos vulcânicos explosivos (Foto: depositphotos)

Devido às suas condições de origem, esse elemento é um velho conhecido dos povos que habitam a Terra. Por exemplo, os romanos antigos já conheciam a pedra-pomes e utilizava desse material para a construção de banhos termais e templos. (7)

Atualmente, no entanto, a utilização desse mineral passou a ser diversificada. Graças às propriedades e composição da pedra-pomes, ela é utilizada de diferentes maneiras, principalmente pela indústria de cosméticos.

Composição

Dentre os minerais que compõem a pedra-pomes temos a sílica vítrea e o feldspato alcalino. Mas quando se trata do tipo em pó desse material, alguns elementos mudam a composição. (8)

Por essa razão, dióxido de silício, óxido de potássio e óxido de alumínio são outras substâncias encontradas nesse produto natural. Nesse último caso, pode-se dizer que essa matéria tem como funções limpeza, suavidade, hidratação e rejuvenescimento da pele. (1)

Também é importante destacar que o tipo em pó de pedra-pomes possui subdivisões. Isso porque ele pode ser fino, médio ou grosso. Já a variedade em pedra, comumente comercializada, possui um formato retangular de cor cinza ou amarronzada. (4)

Pedra-pomes: onde comprar e preço?

A pedra-pomes pode ser encontrada facilmente em farmácias, supermercados e lojas de produtos naturais. E o melhor, não costuma ser mais de R$ 10.

No entanto, os cosméticos produzidos a partir desse material podem custar um pouco mais, variando entre R$ 10 e R$ 30.

Referências

(1) Techfil. “Exfoliants / Cosmetic Pumice“. Disponível em: http://www.techfil.co.uk/markets/exfoliants-cosmetic-scrubs-and-fragrancing/. Acesso em 22 de maio de 2019.

(2) DARÉ, Regina Gomes; ESTANQUEIRO, Marilene. “Significância dos argilominerais em produtos cosméticos“. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, 2015. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/283542096_Significancia_dos_argilominerais_em_produtos_cosmeticos. Acesso em 22 de maio de 2019.

(3) SILVA, Roberto R. da; et al. “A química e a conservação dos dentes“. Química e Sociedade, 2001. Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc13/v13a01.pdf. Acesso em 22 de maio de 2019.

(4) Techfil. “Dental Pumice Treatments“. Disponível em: http://www.techfil.co.uk/markets/dental-treatments/. Acesso em 22 de maio de 2019.

(5) Techfil. “Pumice Horticultural Gravel“. Disponível em: http://www.techfil.co.uk/markets/pumice-horticultural-gravel/. Acesso em 22 de maio de 2019.

(6) ARIOTTI, Juliara. “Pesquisa e desenvolvimento de creme desengraxante hidratante unissex para mãos“. Centro Universitário Univates, Curso Técnico em Química, 2015. Disponível em: https://www.univates.br/tecnicos/media/artigos/JULIARA.pdf. Acesso em 22 de maio de 2019.

(7) PUMEX UK.  Disponível em: http://www.pumex.co.uk/. Acesso em 22 de maio de 2019.

(8) SILVA, Joana Sofia Dantas Leite. “Aplicação dermocosmética de geoprodutos“. Universidade Fernando Pessoa, Faculdade de Ciências da Saúde, Porto-Portugal, 2011. Disponível em: https://bdigital.ufp.pt/bitstream/10284/2459/3/TM_16690.pdf. Acesso em 22 de maio de 2019.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.