10 benefícios do mamão

Essa fruta, além de saborosa e fácil de encontrar, oferece um combo de nutrientes essenciais para o corpo

Você sabe quais são os principais benefícios do mamão? A fruta que é originária da América central é bastante consumida no Brasil e é considerada uma das cinco frutas mais nutritivas para se comer diariamente, pois consegue suprir todas as necessidades calóricas e nutricionais.(1)

Cultivado em partes da Ásia, África e do continente americano, o mamão ou Carica papaya é uma planta perene, que faz parte da família Caricaceae e pode chegar a medir mais de dez metros de altura. Os frutos da árvore possuem tamanhos bem variados e são doces, suculentos e em um tom vivo de laranja quando maduros.

Além disso, o fruto do mamão é rico em diversas vitaminas, minerais e outros tipos de nutrientes considerados essenciais para a manutenção de uma boa saúde. Junto com a sua versatilidade de consumo, ele se tornou uma fruta bastante apreciada em várias partes do mundo.

Por conta da importância da fruta, o Remédio Caseiro preparou este artigo mostrando os 10 principais benefícios do consumo do mamão de acordo com a ciência e ainda como escolher e incorporar a fruta nas refeições.

Benefícios do consumo de mamão

O mamão é uma fruta bastante popular no Brasil. Principalmente porque a fruta pode ser cultivada em todas as regiões e não requer grandes cuidados. Além disso, a fruta é saborosa e cheia de benefícios para a saúde. Confira a seguir quais são cada um deles.

Mamão maduro cortado ao meio

O mamão combate bactérias, evita tumores malignos e protege a pele (Foto: depositphotos)

1- Possui propriedades anti-microbianas

Tanto a polpa quanto as sementes de mamão possuem propriedades bactericidas. Ou seja, o consumo destas partes são capazes de inibir a proliferação e exterminar alguns tipos de colônias de bactérias que podem ser prejudiciais a saúde.

Isso foi mencionado pela primeira em um estudo publicado em 1982 pela universidade da Nigéria, quando foram descobertas as propriedades do mamão em impedir que microrganismos prejudiciais se proliferassem no organismo, ajudando a prevenir diversos tipos de doenças.(2)

Outro estudo, publicado em 2003, verificou que estes efeitos também são visíveis nas sementes do fruto. Sendo que o extrato dela foi bastante efetivo contra diversos tipos de bactérias.(3)

Veja também: Benefícios das sementes de mamão

2- É hipotensivo

Um outro estudo, publicado nos anos 2000 na Phytotherapy Research por pesquisadores nigerianos, revelou que a polpa do fruto do mamão também tem propriedades hipotensivas.

Ou seja, quando consumida em quantidades moderadas a fruta ajudou a diminuir a pressão não só arterial, mas também a renal em ratos hipertensos. Além disso, o extrato feito com a polpa de mamão também se mostrou ser um relaxante natural para as artérias. Melhorando assim, o funcionamento cardíaco e evitando diversas doenças relacionadas ao mau funcionamento do órgão.(4)

3- Hipoglicêmico e hipolipidêmico

Além de ter a capacidade de ajudar a regularizar a pressão arterial, o mamão também é hipoglicêmico e hipolipidêmico. Isso é, a fruta consegue atuar diretamente na redução da glicose e do colesterol no sangue de pessoas que convivem com a diabetes mellitus.

A diabetes mellitus é dividida em dois tipos e é caracterizada pelo excesso crônico de açúcar no sangue, o que pode acarretar em diversos problemas. Além disso, pessoas que sofrem com a doença também são propensas a apresentar níveis de colesterol ruim mais altos que o recomendado.

Sendo assim, consumir o mamão com regularidade pode ajudar a controlar esses dois problemas e agir em conjunto com a medicação normal.(5)

4- Rico em antioxidantes

Outro benefício encontrado pela ciência no mamão é que ele é rico em substâncias antioxidantes. Os principais são os chamados de compostos fenólicos, compostos polifenóis, como os taninos e os flavonoides. Sendo que estes últimos são considerados os mais poderosos antioxidantes encontrados nas plantas.(6)

Além disso, a fruta também é rica em carotenoides, que são compostos de lipídios que se dissolvem na água e são os responsáveis pelas cores amarelo, laranja e vermelho na natureza.

No organismo, esses compostos são responsáveis por proteger o organismo contra diversos tipos de doenças e degeneração dos músculos e do coração. Atuando também como um poderoso antioxidante.(7)

5- Melhora o funcionamento do intestino

O mamão possui grandes quantidades de uma enzima chamada de papaína. No organismo ela atua como um anti-inflamatório e cicatrizante poderoso. Mas, além disso, essa enzima melhora o processo de digestão e o funcionamento do intestino.

Por exemplo, um estudo publicado em 2017 no World Journal of Pharmaceutical Sciences mostrou que pessoas que possuem alergia ao glúten não apresentaram nenhum sintoma ao comer produtos processados com o mamão.

Além disso, os frutos também são ricos em fibras, que ajudam a melhorar o funcionamento do trato intestinal. Ajudando, então, a prevenir problemas com constipação.(8)

6- Tem propriedades hepatoprotetoras

O consumo dos frutos maduros do mamoeiro também ajudam a proteger o fígado dos danos causados por agentes tóxicos externos. Como por exemplo do acúmulo de gordura na região, abuso de álcool e de alguns medicamentos que também são metabolizados pelo órgão. Sendo que este é um dos usos principais da fruta em algumas regiões do Brasil e da Ásia.(9)

7- Ajuda a prevenir o câncer

O mamão também tem compostos fitoquímicos que ajudam a prevenir diversos tipos de câncer e até mesmo inibir o crescimento de tumores malignos. Principalmente quando se trata de câncer de mama, cervical e no pâncreas.(10)

Além disso, a fruta também possui efeitos anti-inflamatórios que ajudam a reduzir os casos de necrose, que é quando ocorre a morte e apodrecimento do tecido celular. Dessa forma, essa fruta melhora a qualidade de vida de pacientes com a doença.(11)

Esse benefício é derivado da grande quantidade de antioxidantes que estão presentes na polpa da fruta e também da papaína, que é uma enzima resistente ao calor e ajuda a dissolver fibras musculares, que envolve diversos tipos de cânceres e dificultam o tratamento.(8)

8- Pode prevenir o aparecimento de úlceras

O consumo do mamão regularmente também pode ajudar a prevenir e tratar úlceras estomacais. Isso acontece porque os compostos fitoquímicos presentes na fruta ajudam a prevenir a destruição das células do sangue e também protegem o estômago de possíveis danos.(10)

Além disso, como já foi mencionado a fruta possui efeitos anti-inflamatórios e bactericidas. Sendo assim, o consumo dela impede a proliferação de bactérias causadoras de úlceras e ajuda a diminuir a inflamação das lesões.(2)

9- Estimula o sistema imunológico

O mamão também é responsável por ajudar a fortalecer o sistema imunológico, que é a defesa do organismo contra diversas doenças aproveitadoras, ou seja, que aparecem quando as defesas do corpo não estão trabalhando da maneira correta.

Parte disso é decorrente da ação antioxidante da fruta, que impede a degeneração celular e também da grande quantidade de vitamina C presente na polpa. Sendo que esta vitamina é conhecida por ajudar a melhorar as defesas do organismo.(10)

10- Trata problemas de pele

Por fim, a polpa do mamão maduro também pode ser aplicada diretamente na pele. Sendo muito usada no tratamento de lesões, inflamações e até ressecamento da região.

Essa frutas é considerada muitas vezes mais efetiva que os tratamentos convencionais, principalmente por conta da ação anti-inflamatória e bactericida da fruta.(9) Por causa disso a polpa do mamão maduro também é usada como uma máscara natural contra acne e protetor solar.

Além disso, ele também possui propriedades clareadoras, reduz a oleosidade e retira o excesso de pele morta. Podendo ser aplicado diretamente sobre a pele, como uma máscara facial.(10)

Veja também: Creme de mamão papaia para revigorar a pele do seu rosto

Tabela Nutricional e propriedades do mamão

Como já foi dito anteriormente, o mamão é uma fruta rica em diversos nutrientes e outras substâncias fitoquímicas essenciais para manter o organismo saudável.

Os frutos maduros contêm boas quantidades de proteínas, gordura boa e fibras que auxiliam o funcionamento do trato gastrointestinal. Além disso, o mamão também é rico em carboidratos, antioxidantes e aminoácidos benéficos para a saúde.(9)

Uma porção de 100 gramas de mamão contém em média apenas 43 calorias. Com altas quantidades de vitamina C, A, E, K e algumas que pertencem ao complexo B.

A mesma porção entrega quase 10% do consumo diário de fibras alimentares e contém cerca de 90 gramas de água. Por fim, a fruta madura também é rica em diversos minerais, tais como cálcio, ferro, magnésio, potássio, zinco e cobre.(11)

Receitas com a fruta

O mamão é uma fruta apreciada em todos os estados brasileiros. Sendo consumida na maioria das vezes ao natural ou na forma de doces ou geleias. No entanto, é possível usar a fruta de maneiras diferentes e variar um pouco o cardápio. Ao mesmo tempo em que aproveita todos os benefícios do mamão.

Pensando nisso, o Remédio Caseiro separou algumas receitas simples e práticas com mamão, que você pode fazer em casa e gastando pouco. Confira e aproveite.

Vitamina de mamão

Um dos modos mais tradicionais de se consumir o mamão maduro é fazendo as famosas vitaminas. Essa aqui leva como ingrediente principal a fruta e é rica em vitaminas, minerais e fibras. Além disso, não é preciso adicionar açúcar, já que o mamão já supre a necessidade por doces.

Ingredientes

  • Meio mamão bem maduro
  • 200 ml de leite da sua escolha. Pode ser integral, desnatado ou vegetal
  • Uma colher (de sopa) de aveia em flocos

Modo de preparo

O modo de preparo é bem simples, basta colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater até que tudo esteja homogêneo. O ideal é que ela seja consumida logo após o preparo, já que o mamão estraga fácil.

Salada de mamão verde

Não é apenas a fruta madura que pode ser consumida, já que os frutos verdes também contêm nutrientes e podem ser usados em receitas saborosas. O mais comum é que eles sejam os ingredientes principais de geleias, mas é possível preparar uma salada refrescante e saudável usando o ingrediente, confira.

Ingredientes

  • Quatro xícaras de mamão verde, descascado e ralado
  • Duas xícaras de tomate picado em cubos
  • Uma xícara de cebola picada em cubos
  • Duas colheres (de sopa) de folhas frescas de hortelã
  • Uma xícara de aveia em flocos finos
  • Suco de um limão
  • Duas colheres (de sopa) de azeite de oliva
  • Sal a gosto para temperar

Modo de preparo

Em primeiro lugar é preciso deixar o mamão ralado escorrer por alguns minutos. Após toda a água da fruta ser retirada, coloque todos os ingredientes em uma saladeira e misture bem. Por fim, tempere com o azeite, o limão e o sal e sirva logo em seguida.

Sopa fria de mamão

Além das saladas, o mamão também vai bem em outros pratos salgados. Essa receita aqui é de uma sopa fria, também chamada de gaspacho, que é bem refrescante e pode ser consumida durante o verão.

Ingredientes

  • 400 gramas de mamão maduro
  • Dois tomates médios
  • Um pepino pequeno
  • Coentro ou salsinha a gosto
  • Um quarto de suco de um limão

Modo de preparo

Corte o mamão, os tomates e o coentro de maneira grosseira e bata tudo em um liquidificador. Quando tudo estiver uma mistura homogênea, coloque em um prato para servir e finalize com cubos pequenos de pepino, que adiciona uma crocância extra a receita.

Veja também: Suco de mamão e pêssego atua contra problemas digestivos

Mamão cozido

Por fim uma receita para quem não dispensa algo doce como sobremesa, que além de ser deliciosa é bastante simples e irá agradar a todo mundo. Confira como preparar um doce de mamão cozido.

Ingredientes

  • Um mamão médio maduro, mas firme
  • Um terço de xícara de açúcar
  • Uma xícara e meia de água
  • Duas canelas em pau
  • Casca e sumo de um limão

Modo de preparo

Em primeiro lugar tire a casca do mamão e corte a fruta em pedaços médios. Logo depois o coloque em uma panela com a água, o açúcar, os paus de canela e o suco de limão.

Cozinhe tudo em fogo médio até começar a levantar fervura, mas não deixe ferver demais. Feito isso, retire do fogo, acrescente as cascas de limão e está pronto para servir quente ou gelado. Além disso, ele pode ser mantido na geladeira ainda com a calda.

Quais os principais tipos de mamão?

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) todas as árvores conhecidas como mamoeiro pertencem a uma única espécie que teria se originado entre a América Central e do Sul, a Carica papaya.

No entanto, dentro deste grupo, existem diversas variedades da fruta que possuem características próprias. No Brasil, que é um dos maiores produtores mundiais, são cultivadas nove variedades do mamão, que estão divididas entre dois grupos: o grupo solo e o grupo formosa.

No grupo solo estão as variedades Sunrise solo, conhecida popularmente como mamão Havaí ou papaya. Ele tem a polpa mais escura e a parte onde ficam as sementes tem formato de estrela.

Outra variedade é a golden, que possui um tom de salmão, o improved sunrise solo line, que tem as mesmas características que o mamão Havaí, mas é mais resistente e o baixinho de Santa Amélia. Essa última costuma ter os frutos menores, mais macios e em um tom de vermelho-alaranjado.

Outras variedades bastante comuns são a taiwan, kapoho solo, waimanalo e higgins. Todos eles costumam dar frutos de peso médio e são os mais comuns do mundo.

Já no grupo formosa está inserida a espécie híbrida Tainung nº 1, que é conhecida popularmente como mamão formosa. Sendo que esta variedade costuma ser maior, saborosa e mais resistente ao transporte que as outras já citadas.(12)

Como escolher a melhor fruta?

Assim como qualquer fruta ou vegetal é preciso ter alguns cuidados na hora da escolha do mamão. Já que através de uma boa avaliação superficial é possível verificar a qualidade da fruta.

Por exemplo, de acordo com a Embrapa, a fruta deve estar firme, com a casca verde-amarelada e sem nenhum machucado ocasionado pelo transporte ou mau armazenamento. Isso porque o mamão termina de amadurecer após a colheita. Caso ele seja comprado já muito maduro, pode estragar rápido se não for consumido no dia da compra.

Frutas com muitos machucados na casca podem estar muito moles ou já estragadas. Por isso devem ser evitadas a qualquer custo.

Além disso, mesmo quando guardado na geladeira, o mamão tem pouca vida útil, já que é delicado e estraga muito rápido. Sendo assim, deve ser consumido em pouco tempo após a compra.(12)

Veja tambémVai para a feira? Veja então como escolher o melhor mamão

Usos para as sementes do mamão

Como já foi mencionado, não é apenas a polpa do mamão que é comestível e tem benefícios para a saúde, as sementes da fruta também são bastante usadas em algumas regiões. Principalmente por serem ricas em proteínas, fibras, óleo de mamão e algumas enzimas que fazem bem ao organismo.

Sementes de mamão

As sementes do mamão podem ser usadas como tempero, uma vez que possuem sabor picante (Foto: depositphotos)

Além disso, quanto torradas e moídas elas podem ser usadas como um tempero, pois possuem um sabor picante, sendo muitas vezes utilizada como um substituta da pimenta do reino.(8)

As sementes também são usadas na medicina popular de alguns países como um tratamento caseiro para lesões na pele ou nos órgãos internos e como um anticoncepcional masculino natural.

Um estudo publicado em 2014 no International Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences indicou que o consumo do extrato das sementes da fruta diminui a contagem de esperma em ratos adultos.(11)

Por fim, as sementes também contêm grandes quantidades de antioxidantes e efeitos anti-inflamatórios e bactericidas, sendo usadas como um tônico para dar energia e aumentar a imunidade do organismo.(9)

Cuidados e contraindicações

O consumo da polpa do mamão maduro é seguro. Sendo assim, ele pode ser introduzido na alimentação de crianças, gestantes e idosos sem qualquer efeito nocivo para o organismo. Exceto nos casos em que exista alguma alergia a fruta.(13)

No entanto, o consumo da fruta verde e das sementes deve ser evitado por mulheres grávidas. Isso porque neste estado o mamão é abortivo, já que estimula a contração uterina, por causa da ação da papaína, que atua induzindo a produção de hormônios que são liberados apenas durante o parto.(10)

Referências

(1) IKRAM, Emmy Hainida; et al. Phytochemicals of papaya and its traditional health and culinary uses – A review. Journal of Food Composition and Analysis, v. 41, p. 201-211, agosto de 2015. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S088915751500085X. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(2) EMERUWA, A. C. Antibacterial Substance From Carica papaya Fruit Extract. Journal of Natural Products, v. 45, n. 2, p. 123-127, 1982. Disponível em: https://pubs.acs.org/doi/abs/10.1021/np50020a002?journalCode=jnprdf. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(3) G, Dawkins et al. Antibacterial effects of Carica papaya fruit on common wound organisms. West India Medical Journal, v. 52, n. 4, p. 290-292, 2003. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15040064. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(4) AE, Eno; et al. Blood pressure depression by the fruit juice of Carica papaya (L.) in renal and DOCA-induced hypertension in the rat. Phytotherapy Research, v. 14, n. 4, p. 235-239, 2000. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/10861964. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(5) ADENEYE, Adejuwon; OLANGUNJU, JA. Preliminary hypoglycemic and hypolipidemic activities of the aqueous seed extract of Carica papaya Linn. in Wistar rats. Biology and Medicine, v. 1, n.1, p. 1-10, 2009. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/26627506_Preliminary_hypoglycemic_and_hypolipidemic_activities_of_the_aqueous_seed_extract_of_Carica_papaya_Linn_in_Wistar_rats. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(6) ANNEGOWDA, H.V. et al. Influence of Drying Treatments on Polyphenolic Contents and Antioxidant Properties of Raw and Ripe Papaya (Carica papaya L.). Internation Journal of Food Properties, v. 17, n. 2, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1080/10942912.2011.631248. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(7) RIVERA-PASTRANA, Dulce M.; YAHIA, Elhadi M.; GONZÁLEZ-AGUIAR, Gustavo A. Phenolic and carotenoid profiles of papaya fruit (Carica papaya L.) and their contents under low temperature storage. Journal of Science of Food and Agriculture, v. 90, n. 14, p. 2358-2365, 2010. Disponível em: https://doi.org/10.1002/jsfa.4092. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(8) PINNAMANENI, Rajasekhar. Nutritional and Medicinal Value of Papaya (Carica Papaya LINN.). World Journal of Pharmaceutical Sciences, v. 6, n. 8, p. 2559-2578, 2017. Disponível em: 10.20959/wjpps20178-9947. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(9) KRISHNA, K.L; PARIDHAVI, M.; PATEL, Jagruti A. Review on nutritional, medicinal and pharmacological properties of papaya (Carica papaya Linn.). Natural Product Radiance, v. 7, n. 4, p. 364-373, 2008. Disponível em: http://nopr.niscair.res.in/handle/123456789/5695. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(10) VIJ, Tarun; PRASHAR, Yash. A review on medicinal properties of Carica papaya Linn. Asian Pacific Journal of Tropical Disease, v. 5, n. 1, p. 1-6, 2015. Disponível em: 10.1016/S2222-1808(14)60617-4. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(11) SUDHAKAR, Natarajan; VIDHYA, Theivanai. Potential medicinal properties of carica papaya LINN. – A mini review. International Journal of Pharmacy and Pharmaceutical Sciences, v. 6, n. 2, p. 1-4. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/261170404_POTENTIAL_MEDICINAL_PROPERTIES_OF_CARICA_PAPAYA_LINN_-_A_MINI_REVIEW. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.
(12) DANTAS, Jorge Luiz Loyola; JUNGHANS, Davi Theodoro; LIMA, Juliana Firmino de. Mamão. Coleção 500 perguntas, 500 respostas. Brasília, DF, Embrapa, 2013.
(13) ADEBIYI, Adebowale; ADAIKAN, P. Ganesan; PRASAD, R. N.V. Papaya (Carica papaya) consumption is unsafe in pregnancy: fact or fable? Scientific evaluation of a common belief in some parts of Asia using a rat model. British Journal of Nutrition, v. 88, n. 2, p. 199-203, 2002. Disponível em: https://doi.org/10.1079/BJNBJN2002598. Acesso em: 5 de janeiro de 2019.

Sobre o autor

Jornalista (Mtb-PE: 6770) com formação completa no curso de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo (UniFavip-DeVry). Experiência prática de dois anos em produção jornalística para TV e rádio. Atualmente atua na área de redação para web, nas áreas de educação, beleza e saúde alternativa. Além da formação no curso superior, possui experiência em produção de vídeo, diagramação de livros e revistas e marketing.