Óleo de semente de romã e seus benefícios para a circulação

O óleo de semente de romã é um antioxidante eficaz e pode ser usado para tratar problemas dermatológicos e capilares. Conheça os benefícios deste produto


A romã é uma infrutescência da romãzeira e, de acordo com pesquisadores russos, é originária da Grécia, Síria, Chipre e também de regiões pertencentes ao centro do Oriente Próximo.

Rica em vitaminas A, do complexo B, C e E, além de substâncias antioxidantes, como os flavonoides, e outros nutrientes, a romã fortalece o organismo e auxilia na prevenção de diversas doenças. De suas sementes, é extraído um óleo bastante poderoso e que pode ser usado como um remédio natural.

O óleo de semente de romã

A romã é composta por nutrientes que auxiliam a circulação, melhoram a aparência da pele, ajudam a visão e melhorar a saúde cardiovascular. As partes utilizadas são as sementes, as cascas do fruto e do tronco e a casca da raiz.

Óleo de semente de romã e seus benefícios para a circulação

Foto: Pixabay

O óleo extraído de suas sementes contém elevada concentração de ácido púnico, um ácido graxo que possui efeitos antiaterogênicos, isto é, que dificultam a formação de placas nas artérias. O óleo de semente de romã também é um antioxidante eficaz e pode ser usado para tratar problemas dermatológicos e capilares.

As sementes de romã contêm propriedades antioxidante, regenerativa, antiaterogênico, hidratante, antidiabético e anticancerígeno.

Benefícios do óleo de semente de romã:

Prevenção de doenças cardiovasculares

Uma pesquisa realizada em pacientes com altos índices de colesterol e triglicérides apontou que, com a ingestão do óleo de romã, houve uma redução dos níveis dessas substâncias na corrente sanguínea. Além disto, também foi observado o aumento no índice do colesterol bom.


Nutre a pele

Devido ao gás carbônico extraído do óleo de semente de romã, este produto também serve para hidratar e nutrir a pele. A elevada concentração das substâncias denominadas polifenóis atua como antioxidante, protegendo a pele da ação maléfica dos radicais livres e evitando o aparecimento dos sinais de envelhecimento na pele.

Prevenção do câncer

De acordo com pesquisas realizadas, o óleo de semente de romã possui ação antimicrobiana e anticancerígena que atuam, principalmente, na inibição do desenvolvimento de células que provocam o câncer de próstata e mama.

Um estudo divulgado pelo Instituto Israelita de Tecnologia afirma que o óleo de semente de romã teria a capacidade de favorecer um processo de autodestruição de células cancerígenas.

As cápsulas de romã

A romã também pode ser encontrada em cápsulas, forma bastante comercializada pela indústria farmacêutica. Estas cápsulas são ricas em propriedades antioxidantes e vitaminas A, B, C e E.

As cápsulas de romã possuem ação antimicrobiana, tem a capacidade de prevenir doenças cardiovasculares, previne diabetes do tipo 2, previne o envelhecimento e rejuvenesce a pele, atenua os sintomas da menopausa, reduz o acúmulo de tecido adiposo no corpo, atenua rugas e manchas e retarda a ação de radicais livres.

Além disso, esta cápsula também é um poderoso hidratante dermatológico, diminui o colesterol ruim, nivela as taxas de sangue e pode impedir que as células cancerígenas se proliferem no organismo.

A indicação de consumo deste produto é de 2 a 4 cápsulas ao dia, dependendo do caso e finalidade. Lembre-se que, para alcançar resultados positivos, o consumo – do óleo e das cápsulas – deve ser acompanhado por um especialista.


Reportar erro