Cure a inflamação da garganta com gargarejos!

Por Daiane Silva

Garganta inflamada

Vermelhidão e aumento de volume pode ser inflamação! | Imagem: Reprodução

A garganta abriga estruturas de proteção do organismo, responsáveis por bloquear a penetração e a ação de vírus ou bactérias invasoras que entram pelo nariz ou boca. As amígdalas e as adenóides são parte desse sistema de defesa e estão localizadas nas entradas dos tubos digestivo e respiratório, combatendo os invasores. A princípio, as amígdalas sofrem um processo de inflamação, que funciona como um mecanismo para que o sistema imunológico produza anticorpos para futuros ataques.

Por isso, as amigdalites são bastantes comuns em crianças, já que estas costumam ter contato com brinquedos, que podem ser levados à boca, se expondo à bactérias e vírus todos os dias. As amígdalas inflamadas costumam inchar e bloquear a passagem de ar e também otites médias, por isso, é comum a retirada cirúrgica desses tecidos. A imunidade de uma pessoa que tem as amígdalas retiradas não sofre danos porque existem “cordões linfáticos” por toda a laringe, então, a proteção está garantida!

As infecções bacterianas causam amigdalites ou faringites, que ocasionam os seguintes sintomas

  • vermelhidão na garganta;
  • placas brancas;
  • aumento de volume;
  • ulcerações na superfície das amídalas.

O que pode causar dor, além das bactérias?

  • Embora as viroses possam também afetar a garganta, não tem intensidade para criar placas esbranquiçadas ou pus nas amígdalas.
  • Quando o nariz está obstruído, a respiração pela boca impede que o ar seja filtrado e aquecido, então, este se choca com a garganta, causando dor.
  • refluxo gástrico.
  • bebidas alcoólicas, principalmente as destiladas.
  • bebidas quentes, como chás, café e chimarrão, em temperatura elevada.

Como pode ser o tratamento?

Após exames de coleta, ou de sangue, identificando a bactéria, normalmente são receitados  pastilhas, analgésicos e antibióticos,que devem ser ministrados por sete dias, mesmo após os sintomas começarem a desaparecer, o que costuma acontecer em três dias.

Além desses, também podem ser aplicados tratamentos caseiros para aliviar a dor, como os gargarejos, que produzem bons resultados e não oferecem riscos de efeitos colaterais, como os medicamentos tradicionais.

Veja receitas de gargarejos eficientes para tratar as dores de garganta

Cura natural

Cura natural para inflamação | Imagem: Reprodução

  • ROMÃ: corte uma romã em quatro partes, ferva em três xícaras de água com uma pitada de sal. Deixe em repouso por dez minutos e depois pode usar. Faça gargarejos três vezes ao dia. O alívio é imediato.
  •  MALVA: Faça uma infusão com as folhas de malva e deixe esfriar, gargareje duas ou três vezes ao dia.
  •  MARACUJÁ: ferva uma xícara de chá de água e acrescente 2 colheres de sopa de flores de maracujá picadas e deixe descansar por dez minutos. Após esfriar, gargareje e faça isso quatro vezes ao dia.
  • VINAGRE: Aqueça um copo médio de água com três colheres de sopa de vinagre e duas colheres de chá de sal.