Quer ter dentes branquinhos? Evite comer esses alimentos

Quem deseja ter dentes brancos precisa evitar alguns alimentos que podem amarelar a arcada dentária. Seja por vaidade ou por cuidado com a saúde, a verdade é que é quase unânime o desejo de se ter dentes bonitos e saudáveis. O sorriso é o nosso cartão de visitas e é através dele que as pessoas formarão sua primeira impressão sobre nós. Por isso, dentes bem cuidados são uma ótima apresentação!

No entanto, é normal que, ao longo do tempo, quando começamos a envelhecer, os dentes comecem a perder o seu tom de branco natural. E existem agentes que podem acelerar ainda mais esse processo, já que podem deteriorar o esmalte.

Além dos cigarros, há uma série de alimentos que contribuem para que os dentes fiquem amarelados e muitas vezes nós nem imaginamos que eles são capazes disso. Confira a seguir, alguns dos principais alimentos que utilizamos no nosso dia a dia que contribuem para o amarelado dos dentes.

Quais são os alimentos que deixam os dentes amarelados?

Café, refrigerante, colorau, beterraba e açaí são alguns dos alimentos e bebidas que podem contribuir para o amarelamento dos dentes. De acordo com a dentista Bruna Galvão, “alimentação rica em corantes artificiais, a idade avançada, fumo, falta de higiene bucal e a genética” são as principais justificativas para dentes amarelados. Por isso, entenda mais sobre os alimentos citados e outros produtos que podem prejudicar a cor branca dos dentes.

Dentes brancos e amarelados

Café, vinho, e refrigerantes são verdadeiros inimigos dos dentes brancos (Foto: depositphotos)

Café

Segundo o Governo do Brasil, o café está presente em 98% dos lares do país. Por essa razão, é considerado a segunda bebida mais consumida pelos brasileiros. (1) Mas, apesar de seus inúmeros benefícios, o famoso cafezinho pode se tornar um vilão se não for consumido com moderação.

Se consumida demasiadamente, a cor escura da bebida pode dar um tom cada vez mais amarelado aos dentes. Além de causar insônia, aumentar a ansiedade e até causar dependência.

Refrigerante

Na lista da cirurgiã dentista o refrigerante também é colocado como um dos vilões para os dentes brancos. Isso porque, esse líquido tão consumido no país possui diferentes corantes em sua composição. E são essas substâncias capazes de provocar o escurecimento da arcada dentária.

Vinho

Mesmo sendo considerado saudável para o organismo, quando consumido com moderação, o vinho tinto também apresenta riscos para um sorriso branco. Infelizmente, por sua coloração forte, o consumo excessivo dessa bebida pode causar manchas ou um tom amarelado nos dentes.

Colorau

De acordo com Bruna Galvão, colorau é um perigo para os dentes brancos. Muito utilizado na culinária brasileira, esse tempero possui uma coloração vermelha que pode prejudicar a cor natural dos dentes. Por essa razão, é recomendo utilizar esse produto com moderação durante o preparo dos pratos.

Extrato de tomate

Conhecido por dar uma nova cara para massas, carnes e vários tipos de alimentos, o molho de tomate pode não ser uma boa pedida para quem deseja ter dentes branquinhos.

Além de sua cor forte, o condimento ainda possui altas concentrações de ácido, o que contribui não só para o amarelamento do sorriso, como também para o desgaste dos dentes.

Beterraba

Mesmo sendo um alimento natural, a beterraba possui uma coloração escura que pode prejudicar um sorriso branquinho. A cor roxa que caracteriza esse vegetal é oriundo de uma substância chamada betacianina, em excesso essa raiz é capaz de contribuir com o escurecimento dos dentes.

Açaí

Além da cor natural do açaí, muitos dos produtos comercializados em supermercados e lanchonetes possuem corantes artificiais. A junção dessas substâncias pode prejudicar o clareamento dentário. Dessa forma, é recomendado consumir o açaí com moderação e dar preferência aos tipos mais naturais.

Quais os alimentos que protegem os dentes?

Além de moderar os itens citados anteriormente, para proteger os dentes é preciso manter uma higiene bucal correta e apostar em produtos que podem fortalecer a arcada. Por exemplo, as comidas e bebidas ricas em cálcio, pois essa substância é essencial na manutenção da massa óssea do organismo, incluindo os dentes. (2)

Sendo assim, entre os alimentos que protegem os dentes por serem ricos em cálcio estão (2):

  • Peixes, como pescada frita
  • Leite dos tipos desnatado e integral
  • Bebida à base de soja enriquecida
  • Espinafre
  • Rúcula
  • Ricota
  • Couve
  • Gergelim
  • Tofu

Como clarear os dentes

De acordo com dentista Bruna Galvão, o clareamento dos dentes deve ser feito no consultório ou em casa, mas com o acompanhamento do profissional da área. Entre os tipos de clareamentos que existem estão o feito a laser, com LED, convencional, caseiro e o com fitas adesivas, canetas ou pastas especiais.

Segundo a profissional, esse primeiro tipo “tem como função diminuir a sensibilidade depois do procedimento e não há necessidade de gel clareador.”  Enquanto que o com LED é usado após a aplicação do gel com o intuito de intensificar o poder desse clareador. Além disso, o de LED é menos agressivo que o feito com laser.

“O clareamento profissional ou convencional consiste na aplicação apenas do gel clareador em uma dose mais alta, dividido em 3 sessões no mínimo. Não há necessidade do laser ou LED. É uma das técnicas mais simples e menos agressiva aos dentes, mas que traz resultados tão bons quanto as outras técnicas”, explica a profissional.

Já o clareamento dental caseiro é feito no conforto do lar, porém com a orientação do dentista. Bruna informa que antes do tratamento, o paciente deve ir ao consultório para realizar as moldagens das arcadas dentárias superior e inferior. Com os moldes de silicone prontos, o profissional deve recomendar um gel clareador diferente do utilizado no consultório.

Em seguida, passa as orientações necessárias para o paciente dar continuidade ao clareamento em casa. ” É um tratamento menos agressivo mas é bem mais demorado para chegar ao resultado desejado”, ressalta Bruna.

Por fim, a especialista explica que o clareamento com fitas adesivas, canetas ou pastas especiais não apresentam eficácias duradouras. Para Bruna Galvão, “servem como uma maquiagem que sai rapidamente. Além disso, causam maior sensibilidade nos dentes.”

Como limpar os dentes amarelos?

Além dos tratamentos mencionados anteriormente, o paciente pode limpar os dentes amarelados realizando a higiene bucal corretamente. “Escovando os dentes no mínimo três vezes ao dia, durante cerca de 30 minutos após as refeições. Usando pastas, cremes e enxaguantes sem corantes”, recomenda a dentista.

Mas claro, é necessário evitar o fumo e consumo de bebidas e alimentos pigmentados que deixam os dentes amarelos. Como já mencionados, alguns deles são: café, vinho, refrigerantes, molho de tomate, beterraba, açaí. Por fim, é recomendado ir ao dentista periodicamente para a realização de limpeza de tártaros, cáries e aplicação de flúor.

*Artigo feito com a colaboração da cirurgiã dentista, Bruna Galvão (CRO-11069/PE).

Referências

1. Governo do Brasil. “Café é a segunda bebida mais consumida no Brasil”. 2017. Disponível em: http://www.brasil.gov.br/noticias/educacao-e-ciencia/2015/03/cafe-e-a-segunda-bebida-mais-consumida-no-brasil/cafe.jpg/view#wrapper. Acesso em 17 de janeiro de 2019.

2. FRANÇA, Natasha Aparecida Grande de; MARTINI, Lígia Araújo.”Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes Cálcio”. Força-tarefa Alimentos Fortificados e Suplementos Comitê de Nutrição, 2014, Brasil International Life Sciences Institute do Brasil (ILSI, sigla em inglês). São Paulo, 2ª Edi. rev. Disponível em: http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/Fasci%CC%81culo-1-Seg-Edic%CC%A7a%CC%83o-Ca%CC%81lcio.pdf. Acesso em 17 de janeiro de 2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.