Como fazer vinagre de maçã com receita rápida

Para esta receita, você vai precisar apenas de maçãs, água e açúcar

Quer aprender como fazer vinagre de maçã com receita rápida? Então você chegou ao lugar certo. Aqui vamos te mostrar todo o processo de produção desse condimento que traz muitos benefícios para a saúde.

O vinagre de maçã se popularizou como um dos melhores alimentos para emagrecer e turbinar a saúde. Isso se deve às inúmeras vantagens que ele traz para o organismo. Além disso, seu sabor e cheiro são bastante atrativos.

Aprenda como fazer vinagre de maçã caseiro de forma fácil e descubra curiosidades sobre esse alimento. Veja mais abaixo também a receita do vinagre de maçã com mel, mistura exótica que cada dia conquista mais adeptos.

Como fazer vinagre de maçã caseiro?

Em primeiro lugar, é importante avisar que a receita é fácil, mas demora para ficar pronta. Contudo, vale cada minuto de espera! Uma das vantagens desse alimento feito em casa é que você vai consumir um vinagre natural de alta qualidade que você mesmo produziu.

Vinagre de maçã

Entre as vantagens de se fazer a receita é poder consumir um vinagre natural de alta qualidade (Foto: depositphotos)

Veja o passo a passo da produção:

  1. Lave e corte em pedaços médios 1 quilo e meio de maçãs vermelhas. Não precisa descascar, mas tire as sementes. Opte pelas maçãs sem manchas e brilhosas. Coloque em um pote de vidro bem limpo.
  2. Em outro recipiente, misture 1 copo de água filtrada e 1 colher de açúcar e mexa até dissolver. Cubra as maçãs com a mistura. Se precisar de mais água, faça mais uma mistura de 1 copo de água filtrada para 1 colher de açúcar.
  3. Cubra o recipiente com um pedaço de gaze, filtro de café ou pano fino e limpo para que moscas e formigas não interfiram na receita. Se possível use um elástico ou cordinha para amarrar as arestas do pano para que ele não solte.
  4. Deixe fermentando à sombra por 1 mês. Mas sempre dê uma olhada olhadas e mexidinhas na mistura a cada 2 ou 3 dias. Um pouco de espuma na superfície da mistura é um bom sinal. Já se aparecerem fungos, sua receita está perdida e vai ter que começar tudo de novo, dessa vez com mais cuidado na higiene e assepsia dos utensílios utilizados.
  5. Depois desse tempo, coe e separe apenas o líquido. Pode jogar os pedaços de maçã fora. Volte o líquido para o pote, tampe da mesma maneira com um pano e deixe fermentando por mais 3 semanas. Agite o frasco a cada 2 dias.
  6. Pronto! Vinagre caseiro e natural prontinho! Você deve armazenar em uma garrafa ou recipiente de vidro bem fechado.

Como armazenar

O vinagre de maçã caseiro deve ser armazenado em um recipiente ou garrafa de vidro. Se você optar por plástico, o material pode reagir com o ácido do vinagre e estragá-lo.

Importante! Em temperatura ambiente, o vinagre vai continuar o processo de fermentação, o que vai deixá-lo mais ácido e mais potente com o passar do tempo. Se você quer evitar isso, guarde o líquido na geladeira. Isso desacelera o processo de fermentação.

Além de consumir em sua própria casa, você pode dar o vinagre de maçã caseiro de presente ou mesmo vender o produto. O custo de produção é baixo e pode ser uma opção de lucro no fim do mês.

Veja também: Vinagre de maçã com mel, confira a receita

Para que serve o vinagre de maçã?

O vinagre de maçã é rico em propriedades medicinais que ajudam a combater males e prevenir doenças. Seu uso regular pode trazer inúmeras vantagens para o organismo. Veja:

  • Ajuda a emagrecer
  • Protege o fígado
  • Melhora a digestão
  • Previne a diabetes
  • Deixa os cabelos mais fortes
  • Combate espinhas e acne
  • Ajuda a definir os músculos
  • Lubrifica as articulações
  • Previne o câncer
  • Deixa a pele mais bonita

É importante ressaltar também que o sabor desse vinagre é uma delícia para marinar carnes e como tempero de saladas.

Quais os benefícios do vinagre de maçã

Já que citamos os benefícios, está na hora de explicá-los. Aqui você vai saber mais detalhes sobre a capacidade e propriedades do vinagre de maçã.

Ajuda a emagrecer

O vinagre de maçã ajuda a acelerar o processo de emagrecimento. Isso acontece devido ao ácido acético presente na sua composição. O ácido acético inibe a ação de enzimas que digerem os carboidratos, como os que estão presentes em frutas e no leite.

Dessa forma, é como se o vinagre de maçã bloqueasse a absorção de amidos e açúcares da alimentação. Assim, os carboidratos passam direto na digestão e são eliminados nas fezes.

Quando esses carboidratos não são bloqueados, eles são absorvidos e guardados pelo corpo para serem usados como energia no futuro. Isso aumenta o nível de gordura e, claro, o aumento do peso.

Veja mais informações no tópico abaixo “Vinagre de maçã emagrece?”.

Protege o fígado

Além do ácido acético, o vinagre de maçã também tem ácidos málicos, lático e cítrico na sua composição. Essas propriedades são fundamentais para o bom funcionamento do corpo, mas em especial, fazem bem ao fígado.

Os ácidos citados ajudam no processamento das toxinas, o que diminui o trabalho do fígado e o torna mais eficaz. A eliminação das toxinas também aumenta, deixando o corpo mais limpo e saudável.

Melhora a digestão

O vinagre de maçã é um alimento fermentado e rico em enzimas que estimulam a digestão. Dessa forma, o alimento fica menos tempo no estômago e é melhor aproveitado. Além disso, esse fator ajuda a combater a azia e o refluxo.

Previne a diabetes

O vinagre de maçã reduz os níveis de glicose e picos de insulina após refeições ricas em carboidratos. É isso mesmo que você leu! É como se esse alimento funcionasse como uma versão mais leve da insulina farmacêutica.

Dessa maneira, o consumo do vinagre de maçã é eficaz para diminuir o risco de resistência à insulina. Assim, é prevenida a diabetes tipo 2.

Deixa os cabelos mais fortes

O vinagre de maçã potencializa o tratamento de cabelos quebradiços, o frizz e opacidade do cabelo. Ele, por si só, não consegue beneficiar os fios, mas quando usado junto com cremes e produtos específicos para esse problema, faz o efeito mais que dobrar.

Isso acontece porque cabelos danificados ficam com o pH alcalino e os danos podem impedir a penetração dos cremes e produtos de restauração e força. O vinagre de maçã, então, ajuda a selar os fios com os produtos, potencializando e acelerando o tratamento.

Dessa forma, a acidez do vinagre vai fechar as cutículas dos fios, dar mais brilho e regular a oleosidade em excesso.

Veja mais detalhes sobre os usos do vinagre de maçã no cabelo no tópico abaixo “Como usar esse produto no cabelo”.

Combate espinhas e acne

O ácido acético do vinagre é uma substância antibacteriana que possui efeito antisséptico. Em contato com a pele, o vinagre de maçã previne o surgimento de espinhas causadas por sujeira nos poros e elimina as bactérias que provocam a acne.

Além desse serviço, o vinagre de maçã ainda regula o pH da pele e restabelece a síntese de proteínas e ácidos graxos. Isso ajuda no controle da oleosidade.

Se quiser mais detalhes sobre o uso do vinagre de maçã na pele, temos um tópico abaixo só falando sobre isso. É só rolar o artigo até o tópico “Como usar na pele”.

Ajuda a definir os músculos

Parece mentira, não é? Mas a verdade é que o consumo regular do vinagre de maçã ajuda a estimular e definir os músculos. Dessa forma, pode ser um grande aliado dos marombeiros de plantão!

De início, é importante explicar que essa contribuição é indireta. Ela acontece porque o ácido acético do vinagre contribui para converter a glicose em glicogênio, substância que é armazenada nos músculos e fígado para ser usada como energia.

A vantagem disso é que transformando a glicose em glicogênio, ela queima mais rapidamente e não vira gordura. Além disso, os músculos ficam mais eficientes, o que ajuda a malhar e a se recuperar de atividades físicas.

Veja também: 10 benefícios do vinagre de maçã

Lubrifica as articulações

Graças também ao ácido acético, o vinagre de maçã age no corpo eliminando cristais de minerais que ficam nas articulações. Essa ação é chamada de ‘ação quelante’. Dessa forma, o alimento limpa as articulações e age como “lubrificante” natural.

É ótimo para quem tem problemas ou sente dor constantemente em locais como joelhos, cotovelos, pulsos e ombros. Mas vale lembrar que é necessário consultar um médico se as dores nesses locais forem intensas.

Previne o câncer

Esse benefício ainda está sendo estudado, mas pesquisas apontam resultados do uso do vinagre de maçã na prevenção do câncer. Isso porque a concentração de ácidos desse alimento é capaz de eliminar e retardar o desenvolvimento de células cancerosas.

Mas é importante não usar o vinagre de maçã com esse propósito, pois ainda não há nada oficial sobre essa capacidade. E vale lembrar que o excesso do consumo desse alimento pode acabar fazendo muito mal.

Deixa a pele mais bonita

O vinagre de maçã diluído com água serve como um tônico para a pele, que ajuda a reduzir a oleosidade, manter a saúde e a qualidade da pele. Além de eliminar espinhas e acne, como já citamos.

Em um recipiente, coloque 1 e ½ xícara de água e 1 colher de sopa de vinagre de maçã. Com um algodão, passe a mistura no rosto limpo duas a três vezes na semana.

Vinagre de maçã faz mal?

Se usado da forma errada, faz mal sim. Não devemos esquecer que o vinagre é a base de ácido acético, e todo ácido em excesso faz mal. Mas vale ressaltar que todo ser vivo precisa de alimentos ácidos para realizar funções natural do corpo, como a digestão.

Mas no geral, se o vinagre de maçã for tomado da maneira correta, em quantidades adequadas, ele só traz vantagens. Está em dúvida sobre como consumir esse alimento? Veja o nosso próximo tópico:

Como consumir esse alimento

O vinagre de maçã deve ser consumido sempre diluído em água. A medida é sempre pelo menos 1 colher de água pura para 1 colher do condimento. Evite consumir o condimento puro, pois faz mal.

O mais indicado é ingerir 2 colheres de vinagre de maçã ao dia (seja com água ou com água e mel). Os melhores horários são depois do café-da-manhã e no fim da tarde.

Você também pode consumir o vinagre de maçã colocando-o como tempero de saladas. É uma alternativa muito saborosa e saudável. Outra opção é adicionar 1 colher (de chá) do vinagre de maçã no suco. A quantidade não vai alterar o sabor, mas vai adicionar os benefícios desse condimento na bebida.

Cuidados e contraindicações

Primeiramente, pessoas que sofrem com úlcera não podem consumir vinagre de maçã e nenhum outro tipo de vinagre, na verdade. A acidez pode aumentar ainda mais a úlcera e causar dores no estômago.

Quem sofre com problemas gástricos como azia e refluxo deve evitar o consumo também. Só podem consumir de vez em quando. O vinagre de maçã, assim como toda bebida ácida, pode irritar o estômago.

O uso exagerado de vinagre de maçã também pode causar muito mal. O exagero pode causar irritação gástrica e danos irreversíveis no estômago, fígado e duodeno.

Em casos extremos de uso exagerado, o vinagre de maçã (e outros vinagres) pode até mudar o pH do sangue. isso pode causar acidose metabólica, condição que pode levar a morte. Mas para isso acontecer tem que ser ingerido cerca de 1 litro de vinagre por dia.

Outra coisa que deve ser levada em consideração é que o consumo de vinagre de maçã pode alterar o uso de remédios como laxantes, insulina e remédios para o coração. Procure um médico para saber se os dois medicamentos podem interagir.

Como usar esse produto no cabelo?

O vinagre de maçã caseiro é uma opção natural e caseira para combater problemas como fios quebradiços, porosos, caspa e a oleosidade capilarContudo, vale lembrar que o vinagre não traz benefício por si só. Ele só vai ajudar a selar o cabelo com os produtos específicos para os problemas citados.

Quando o cabelo está caindo, muito oleoso ou danificado (por químicas ou malcuidado, por exemplo), o pH dos fios muda para o pH alcalino. Isso é muito ruim para recuperar o cabelo, pois fica muito difícil de produtos penetrarem e consertarem o problema.

É aí que o vinagre de maçã age! Por ser um produto de teor ácido, o vinagre vai selar o cabelo com o produto, o que vai melhorar a penetração dos ativos capilares, combater os danos e ainda controlar a oleosidade.

Veja também: Descubra os benefícios de mergulhar os seus pés em vinagre de maçã

Como aplicar o vinagre de maçã nos fios?

Use sempre a medida de 2 copos de água para 1 colher (de sopa) de vinagre de maçã. Misture bem e lave os cabelos, inclusive a raiz. Não se preocupe, não vai arder pois o vinagre de maçã diluído é menos ácido que ele em sua forma natural.

Com os cabelos ainda úmidos com o vinagre de maçã diluído em água, aplique o produto específico para o seu problema capilar. Deixe agir de 3 a 5 minutos usando touca ou toalha umedecida em água quente. Por fim, enxágue com mais uma mistura de água e vinagre de maçã.

Não se preocupe com o cheiro. Se você usou a quantidade certa (2 copos de água para 1 colher de vinagre) o cheiro não vai ficar no cabelo. Também tem o cheiro do produto capilar, que disfarça de vez o cheiro do vinagre de maçã.

Como usar na pele?

Não se pode aplicar nenhum tipo de vinagre diretamente na pele, pois a acidez pode queimar a epiderme. Dilua 1 colher de sopa em 1 xícara de água e limpe a pele com um algodão umedecido na mistura. Além de higienizar, vai servir como tônico para a pele.

Faça a limpeza 2 vezes por semana, no máximo. Isso melhora a qualidade da pele, elimina o excesso de oleosidade e mata as bactérias presentes na pele. Isso ajuda a se prevenir de espinhas e acne.

Posso consumir vinagre de maçã em jejum?

Por último, agora que você já sabe tudo sobre o vinagre de maçã, inclusive benefícios e receitas, está na hora de responder uma dúvida muito recorrente: “Podemos ingerir esse condimento em jejum”. A resposta é não!

O vinagre, seja qual for, é um alimento ácido, que podem causar danos no estômago, principalmente se for consumido puro. Lembre-se sempre de consumir diluído com água ou suco, ou mesmo de forma natural na salada.

Procure sempre tomar o vinagre após refeições ou pelo menos junto a uma fruta que não seja ácida. Assim, você só vai obter benefícios usando esse alimento tão rico e saudável.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.