Goji Berry, fruta chinesa é a nova queridinha do cardápio fitness

O Goji Berry ganhou fama por ter sido incluído na lista dos produtos milagrosos na luta contra a balança. Mas, será que a fruta ajuda mesmo?


Os adeptos da dieta sabem que, de tempos em tempos, surge um produto com promessas milagrosas para auxiliar na conquista da tão desejada boa forma.

O Goji Berry, produto originário da China, figura na lista dos queridinhos do cardápio fitness. Mas, será que a fruta realmente é um alimento funcional capaz de turbinar a dieta ou é apenas mais um produto do marketing? Saiba mais neste artigo.

Propriedades e benefícios do Goji Berry

Consumido há séculos nos países orientais, o Goji Berry possui alto valor nutritivo, destacando-se pela sua concentração de vitaminas.

Goji Berry, fruta chinesa é a nova queridinha do cardápio fitness

Foto: depositphotos

De acordo com a nutricionista Sinara Menezes, a fruta é uma das melhores fontes de vitamina C (100 gramas de Goji pode conter uma concentração até 50 vezes maior do nutriente do que a presente em uma laranja), em proteínas e sais minerais como cálcio, ferro, magnésio e selênio.

Além disso, a fruta também apresenta elevado poder antioxidante e é rica em betacaroteno, proporcionando benefícios à nossa pele. Uma substância presente no Goji Berry que merece destaque é o beta-sitosterol, um componente vegetal conhecido pelo seu poder anti-inflamatório e de proteção ao coração.


E os benefícios do Goji não param por aí: o superalimento também é rico em luteína e zeaxantina, substâncias conhecidas por reduzir a degeneração ocular e até combater a cegueira causada por lesões na mácula.

Mas, afinal, o Goji Berry emagrece mesmo?

O Goji Berry ganhou maior notoriedade por ter sido incluído na lista dos produtos milagrosos na luta contra a balança. Mas, será que a frutinha vermelha realmente auxilia na perda de peso?

Uma pesquisa norte-americana, publicada no Journal of the American College of Nutrition (JACN), avaliou os efeitos da suplementação de Goji Berry sobre o peso. Ao final de 14 dias de testes, observou-se que os participantes que consumiram um suco à base da frutinha reduziram até 5,5 cm de cintura.

Esse estudo também revelou a influência do Goji sobre o gasto calórico em repouso e após as refeições, sugerindo uma mudança no metabolismo dos indivíduos que utilizaram a suplementação.

A nutricionista explica que, devido às propriedades proteicas e seu baixo valor calórico, o Goji Berry é indicado para dietas de emagrecimento. “O Goji é um alimento de baixo índice glicêmico, ou seja, libera glicose no organismo de forma moderada, mantendo a energia estável, evitando os picos de açúcar no sangue e a fome abrupta. Além disso, por ser rica em fibras e proteínas, prolonga a sensação de saciedade e auxilia no controle da ingestão calórica – fatores essenciais para quem deseja emagrecer”, explica a profissional.

Desta maneira, pode-se afirmar que o Goji Berry pode, sim, ser um aliado no processo de perda de peso, mas não faz milagre. Para emagrecer, é necessário aliar uma dieta equilibrada a um estilo de vida saudável, com a prática de atividades físicas.


Reportar erro