Conheça os benefícios do chá de kombucha

Você sabe o que é kombucha? Descoberto na Rússia, no século XIX, tido como chá…


Kombucha, uma bebida muito apreciada no oriente

Uma bebida muito apreciada no oriente | Imagem: Reprodução

Você sabe o que é kombucha?

Descoberto na Rússia, no século XIX, tido como chá de cogumelo por alguns, o kombucha, ou kombuchá, é uma bebida que se tornou popular, nas culturas russa, japonesa e chinesa. Possui inúmeras propriedades benéficas à saúde, é probiótico e antioxidante, entre outras.

Essa bebida é produzida através da fermentação de chás adoçados. Essa cultura simbiótica de fermentos e outros microorganismos parece uma panqueca de borracha e é colocada dentro de chá verde ou chá preto adoçado. O açucar dessa infusão lhe serve de alimento e ela vai enchendo o chá de nutrientes naturais e elementos saudáveis, como:

  • ácido glucurônico;
  • ácido glucônico;
  • ácido lático;
  • vitaminas; substâncias antibióticas;
  • aminoácidos e outros.

Possui em sua composição, inúmeras espécies de bactérias e leveduras, polifenóis, enzimas, e ácidos, além de pequenas quantidades de álcool e vitaminas do complexo B. Esse chá possui baixa toxicidade, porém, os cuidados com a higiene no preparo são importantes, já que a contaminação poderá causar reações alérgicas.

O que fazem as substâncias do kombuchá ao organismo?

O ácido glucurônico é produzido em grande quantidade no fígado humano saudável para desintoxicar o corpo, onde sequestra todos os venenos e toxinas tanto ambientais quanto metabólicos e os despacha ao sistema excretório. Essas toxinas, sequestradas pelo ácido glucurônico, não são reabsorvidas pelo sistema, consequentemente estamos livres delas.

Há quem garanta que essa bebida um tanto exótica para alguns tem poder de tratar e curar câncer! Segundo os adeptos do kombuchá, além de todos os benefícios para quem bebe o chá todos os dias, essa importante propriedade de combatente de câncer vem da capacidade do kombuchá em impedir que se forme um ambiente favorável aos micróbios e a instalação do câncer. Levando o organismo a recuperar seu estado natural.

As ações da bebida ao organismo tem a vantagem de aparecerem após poucas semanas de uso diário.


Como a bebida tem propriedades probióticas, ela infesta o intestino de bactérias “do bem”, que, além de auxiliarem a destruir microorganismos maléficos, ainda promovem a dissolução de gorduras.

Como deve ser preparado?

Aprenda como fazer a kombucha em casa

Aprenda como fazer em casa | Imagem: GNT

O preparo para quem possui a cultura de kombuchá é muito simples:

  1. deve-se preparar chá preto ou chá verde em infusão na água fervente, como de costume. Fervendo dois litros de água e acrescentando 10 g (2 colheres de sopa) do chá escolhido e um pouco de açúcar e colocar essa mistura em um recipiente (pode ser cerâmica, louça, vidro, ou outro que não ofereça risco de contaminação, evite inox e nunca use alumínio!) onde será acrescentada a cultura de kombuchá.
  2. Mantenha esse recipiente coberto por um pano, evitando a contaminação de microorganismos, de preferência fino apenas o suficiente para a mistura respirar e fixo com um elástico.
  3. Após uma ou duas semanas, o líquido formado pela mistura do chá com a cultura poderá ser consumido. Após a retirada do líquido pronto, mais água poderá ser acrescentada e assim, sucessivamente.

Obs.: A infusão deve ser coada, o açúcar deve ser acrescentado com a infusão quente e deve ser bem misturado até dissolver bem. A cultura de kombuchá deverá ser acrescentada à insfusão após esta esfriar, caso contrário, morrerá.

Quando a bebida estiver no ponto certo, a cultura deve ser removida com as mãos limpas e esta deve ser lavada com água fria. A bebida deve ser acondicionada em garrafas limpas e completamente cheias, bem fechadas e a cultura deve ser recolocada em um chá recém preparado, junto com 1 décimo do líquido já pronto anteriormente, reservado para esse ponto de partida.

As garrafas bem vedadas devem ser deixadas assim por mais cinco dias, em lugar fresco. Após esse tempo, uma bebida efervescente estará pronta! O sabor é agradável e lembra maçã, com leve azedinho.

A dose indicada é de três copos ao dia, o primeiro em jejum, o segundo após o almoço e o último antes de deitar-se. O consumo do líquido, apesar de todos os benefícios oferecidos, deverá ser gradual, inicialmente, meia xícara de chá, aumentando aos poucos, até que seu intestino se acostume.


Reportar erro