Caqui – Benefícios dessa fruta

Conhecido como a fruta do outono, o caqui além de saboroso possui muitos nutrientes e,…


Conhecido como a fruta do outono, o caqui além de saboroso possui muitos nutrientes e, consequentemente, muitos benefícios. Originário da China, o caqui se espalhou pelo Japão e depois pelo mundo conquistando muitos consumidores não apenas quando consumida na forma de fruta, mas também como doce e suco, por exemplo.

O fruto deve ser consumido maduro e, sempre que você comprar, procure consumir em poucos dias, armazenando sempre na geladeira. As folhas, assim como o fruto, podem ser secos à sombra para consumo ou preparo de chá.

Caqui – Benefícios dessa fruta

Foto: Reprodução

Os benefícios

O caqui é rico em antioxidantes e fitonutrientes, que são responsáveis por combater os radicais livres. Estes causam doenças degenerativas como o câncer, catarata, degeneração muscular, além de provocarem o envelhecimento precoce da pele. Além disso, é rico em fibras, de forma que seu consumo ajuda a regular o intestino e a perder peso, pois proporciona a saciedade e reduz o desejo de consumo de açúcar.


A fruta é rica ainda em vitamina C, sendo eficaz no combate a gripes e resfriados, além de melhorar e fortalecer o sistema imunológico. Seu consumo ajuda na desintoxicação do corpo, removendo todas as substâncias tóxicas que ficaram armazenadas no cólon e, consequentemente, protege contra o câncer de cólon.

Com propriedades alcalinizante, antioxidante, estomáquica, fortificante, laxante, nutritiva e tônica, o consumo da fruta é indicado para catarro na bexiga, constipação intestinal, febre, problemas do fígado e do estômago, auxiliar no tratamento de tuberculose e de problemas das vias respiratórias.

Receitas

Um caqui maduro, para tratamento da diarreia, pode ser amassado com uma banana-maçã e consumido como único alimento durante dois dias ou mais. Já quando for usado para cicatrizante de feridas, prepare com uma colher de sopa da casca do tronco picada em um copo de água em fervura em um recipiente. Desligue o fogo, cubra e espere esfriar. Coe e aplique nas regiões lesadas da pele com um algodão ou pano higienizado.

Contraindicações e precauções

Apesar de seus benefícios, o caqui possui contraindicações e precauções. Por ser rico em açúcares, pacientes que tenham diabetes não devem consumir o fruto. Além disso, a presença em grande quantidade de taninos faz com que, quando consumida em grandes quantidades, a fruta provoque diarreias.


Reportar erro