Chá de poejo – Benefícios e propriedades

Essa planta pode ser usada com fins medicinais nas formas de chás, compressas e banhos

Cientificamente chamada de Mentha pulegium, o poejo é uma planta muito popular da medicina alternativa devido às suas diversas propriedades e benefícios para à saúde.

A planta é usada como tratamento natural desde os séculos passados, em todo o Mediterrâneo e Ásia Ocidental, podendo ser encontrada também em hortas e jardins por todo o nosso país.

Mas, apesar de servir como um tratamento natural para diversas doenças, o chá de Poejo não deve substituir nenhum tratamento indicado por um profissional médico, servindo apenas como um adjuvante. Caso os sintomas persistam, procure novamente a orientação de um especialista.

Propriedades e benefícios do chá de poejo

O chá de poejo é um grande aliado para combater problemas de azia

A compressa feita com esse chá alivia dores reumáticas (Foto: depositphotos)

Combate doenças respiratórias

Conhecida como “hortelã dos pulmões”, uma das principais utilidades do chá de poejo é ser um poderoso expectorante natural. O chá feito a partir da planta é indicado como um tratamento caseiro para quem sofre de problemas como tosse, gripe, asma e outras doenças respiratórias.

“Se misturar o poejo com a canela, gengibre e com o guaco, tem muita gripe que irá correr só de ouvir falar desses nomes”, brinca o especialista Paulo Guilherme.

Veja tambémDrinks que muito se parecem com chás gelados

Controla a acidez no estômago

Pessoas que sofrem de uma grande produção de ácido no estômago e possuem sintomas como azia e refluxo, têm uma alimentação muito restrita. Muitas comidas e bebidas, até mesmo naturais, como os chás, podem agravar esses tipos de problemas. Mas o chá de poejo é, na verdade, um grande aliado para combater problemas como a azia, desde que seja consumido com moderação e acompanhado por um profissional médico.

Faz bem para a digestão

Por ter propriedades carminativas, o chá de poejo possui a função de ajudar o organismo a eliminar os gases produzidos durante a digestão. Somente a ingestão do chá de poejo é capaz de não apenas a flatulência, como também o inchaço. A bebida também contém propriedades antiespasmódicas, ajudando a amenizar sintomas como dores no estômago.

Combate dores reumáticas

O chá de poejo possui inúmeros benefícios para quem o ingere, entretanto, o uso de compressas feita com a planta podem ajudar a aliviar as dores reumáticas.

Alivia cólica

Além disso, a compressa de chá de poejo também ajuda a amenizar dores como cólicas menstruais. Mas é importante lembrar que a bebida possui propriedades emenagogas, contribuindo para o aumento do fluxo menstrual.

Veja também: Saiba quais os chás para induzir o parto

Reduz a febre

A bebida natural possui uma ação que estimula a produção do suor, sendo um excelente remédio caseiro para contribuir com a diminuição da febre.

Elimina afta

A ação antisséptica do chá também serve para tratar aftas. Para isso, basta usar a receita da bebida feita com a erva como um bochecho (colutório), lembrando sempre de cuspir depois.

Trata insônia, estresse e ansiedade

Por servir com um sedativo e relaxante natural, o chá de poejo tem uma importante função para combater problemas como a insônia e até mesmo o estresse. Além de ajudar a ter uma boa noite de sono, a bebida combate sintomas de nervosismo e ansiedade.

Ajuda a eliminar vermes

O chá também é um vermífugo, o chá de poejo também serve como um tratamento natural para expulsar os vermes do organismo.

Para que serve banho de poejo

Além de servir para ser tomado e como compressa, o chá de poejo também serve para aplicação externa como banhos. Devido às suas propriedades antissépticas e cicatrizantes, a receita ajuda a higienizar ferimentos e promove a cicatrização adequada a eles, evitando futuros danos maiores como infecções.

Como fazer chá de poejo

Ingredientes

1 colher (de chá) de poejo fresco ou seco;
200ml de água.

Modo de preparo

Pique todas as folhas e coloque-as no fundo de uma xícara. Depois, coloque a água para ferver e quando começar a levantar fervura, despeje as folhas de poejo no recipiente. Quando ferver, desligue o fogo e abafe a mistura por cerca de dez minutos. Antes de consumir a bebida, coe-a.

Veja também: Plantas tóxicas e venenosas e que não devem ser usadas em chás

Em casos de doenças respiratórias, o consumo indicado é de uma xícara do chá de poejo a cada seis horas. Já para problemas digestivos, procure ingerir a mesma quantidade da bebida, sempre alguns minutos antes das refeições.

Contraindicações do chá de poejo

Mulheres que estão grávidas não devem fazer o consumo do chá de poejo durante os 9 meses da gestação. Por ser uma bebida que estimula o fluxo da menstruação, consumi-la pode trazer sérios riscos para a saúde da mulher e do bebê.

É preciso ter cuidado com o excesso do consumo do chá. A bebida possui uma substância chamada pulegona que, quando é consumida em grande quantidade, pode ser tóxica para o organismo.

Segundo Paulo Guilherme, crianças com menos de dois anos também devem evitar o consumo da bebida. “O poejo pode, em crianças muito pequenas, chegar a causar convulsões”, alertou.

*Revisado por Maria Júlia Pereira Reis
Graduada em Farmácia pela Universidade Federal de Alagoas – UFAL
Mestranda em Ciências Farmacêuticas

Sobre o autor

Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School, em Bournemouth (UK) e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.