Descubra quem mais usufrui dos benefícios dos suplementos

Todo mundo sai ganhando com a ingestão dos suplementos. Mesmo os já bem vitaminadas. Mas existe aquela parcela que se beneficia ainda mais com o seu uso


Manter uma dieta equilibrada é algo que requer muito esforço e determinação. E muitas vezes, mesmo com tanto foco, é difícil possuir uma alimentação que supra todos os nutrientes que o organismo necessita. O estilo de vida do ocidente, por exemplo, é propício a deixar as pessoas com um déficit maior de ferro, cálcio, magnésio, ácido fólico, vitaminas B6, B12, C e D. Por isso a importância da ingestão dos suplementos, que, em níveis ideais, ajudam a preencher a lacuna entre a necessidade e a quantidade normalmente ingerida de nutrientes e vitaminas.

Suplementos são seguros?

Primeiramente lembre-se de consultar um nutricionista antes de começar a tomar suplementos de laboratório. Mesmo que sejam bem conceituados, isso vai variar de acordo com o organismo e as necessidades de cada indivíduo.

Preciso obrigatoriamente tomar suplementos?

Antes de recorrer ao uso de suplementos, descubra qual a necessidade maior do seu corpo (se é potássio ou cálcio, por exemplo) e busque aumentar a ingestão de alimentos ricos naquilo que seu organismo mais carece.


Imagem de cápsulas e potes de suplementos

Foto: Depositphotos

Quem se beneficia mais com os suplementos?

Todo mundo sai ganhando com a ingestão dos suplementos, até mesmo aquelas pessoas bem vitaminadas e saudáveis. A adesão desse complemento só trará ainda mais benefícios. Mas existe aquela parcela que se favorece ainda mais com o seu uso. Confira:

  • Pessoas que perderam muito peso e ficaram com um grande déficit de vitaminas e minerais;
  • Vegetarianos têm uma maior tendência a possuir deficiências de vitaminas B12, ferro, vitamina D, zinco, iodo, riboflavina, cálcio e selênio;
  • Os veganos têm uma probabilidade ainda maior de possuírem deficiências de proteínas, selênio e B12;
  • Pessoas com mal hábitos alimentares serão grandes beneficiados ao aderirem o suplemento em sua dieta;
  • Idosos frequentemente apontam uma falta de vitaminas A , D, E, B1 e B2, cálcio e zinco;
  • A probabilidade dos fumantes possuírem uma deficiência de vitamina C e zinco é imensa;
  • Mulheres na pré-menopausa costumam ingerir quantidades insuficientes de cálcio, ferro e vitaminas A e C;
  • Para as grávidas é recomendável um aumento no consumo de ácido fólico. Suplementos multivitamínicos ajudam na gestação e saúde do bebê;
  • Pessoas que possuem pouco contato com o sol terão a baixa adesão da vitamina D, que futuramente pode desencadear em uma incidência maior de câncer de mama, intestino, depressão, osteoporose, Parkisson, doenças cardíacas entre outras enfermidades;
  • Quem vive em constante estresse se beneficiará ao uso do suplemento de vitaminas de complexo B;
  • Homens e mulheres que portarem alguma dificuldade de fertilidade, recomenda-se o consumo de zinco.

Reportar erro