Os benefícios da vitamina E para a saúde

A vitamina E possui forte ação antioxidante, combatendo os radicais livres, o envelhecimento celular e várias doenças. Conheça os benefícios do nutriente


A vitamina E é lipossolúvel e se destaca pela sua forte ação antioxidante, combatendo os radicais livres que podem provocar o envelhecimento precoce das células e diversas doenças.

Esta vitamina é normalmente encontrada em multivitamínicos e fórmulas antioxidantes, sendo que a forma natural (d-alfa-tocoferol) é a mais recomendada.

O poder antioxidante da vitamina E

Devido às suas propriedades antioxidantes, os benefícios proporcionados pela vitamina E envolvem, principalmente, a proteção das células do organismo. Esta vitamina protege as células do pulmão que estão constantemente em contato com o oxigênio e os glóbulos brancos, que auxiliam no combate a diversas doenças.

De acordo com algumas pesquisas, a vitamina E oferece proteção contra doenças cardíacas e desacelera a deterioração associada ao envelhecimento. Este nutriente também atua na defesa das membranas celulares do organismo contra o estresse oxidativo e proporciona o funcionamento adequado do sistema imunológico.

Outros benefícios da vitamina E

Além de prevenir o envelhecimento celular e de suas funções antioxidantes, a vitamina E também age diretamente na inflamação, regulação das células sanguíneas e controle genético da divisão celular.

Alimentos ricos em vitamina E

Foto: Depositphotos

Esta vitamina auxilia no crescimento e desenvolvimento, participa na formação dos glóbulos vermelhos e ajuda a prevenir doenças como o câncer e doenças cardíacas. O nutriente protege as células e o DNA das lesões que possam se tornar cancerosas e reduz o crescimento de tumores.


A vitamina E também proporciona benefícios à pele, tornando-a mais firme, pois auxilia na formação de colágeno. Assim sendo, o nutriente também favorece a cicatrização, por ajudar na formação de fibras elásticas essenciais nos casos de queimaduras. Os óleos e cremes que contêm vitamina E são ótimos para a pele, principalmente para hidratação.

A vitamina E protege as paredes das artérias, impedindo que o colesterol “ruim” (LDL) seja oxidado, fator que marca o início das artérias obstruídas. Níveis adequados de vitamina E no organismo também podem diminuir o risco de um infarto ou derrame não-fatal.

As mulheres que sofrem de displasia mamária (caracterizada por dores nas mamas, às vezes, com nódulos benignos ou inchaços) costumam sentir alívio dos sintomas com a suplementação de vitamina E.

Esta vitamina também proporcionar benefícios às pessoas que sofrem com diabetes, pois a substância melhora a ação da insulina e o metabolismo da glicose no sangue, reduzindo o estresse oxidativo.

O nutriente mantém o sistema nervoso saudável, pois protege as camadas de mielina que cercam os nervos.  Muitas mulheres relataram que a vitamina E auxilia na diminuição das ondas de calor e outros sintomas do período da menopausa.

Alimentos ricos em vitamina E

Boas fontes de vitamina E incluem os óleos vegetais (amendoim, soja, palma, milho, cártamo, girassol e o gérmen de trigo), as castanhas (nozes, amêndoas, avelã e castanha do Pará), sementes, grãos inteiros e os vegetais de folhas verdes. Ingerir duas castanhas do Pará ao dia já garante a quantidade necessária do nutriente.

A carência de vitamina E no organismo pode causar insônia, colesterol alto, queda de cabelo, pele e cabelos secos, cistos na mama, cansaço excessivo, infarto do miocárdio, trombose, dentre outros problemas de saúde.


Reportar erro