Tratamento natural bom para enjoo

As receitas naturais ajudam a combater os sintomas de enjoo, mas caso o problema persista, um médico deve ser consultado

Viagens, doenças, gravidez e até o consumo de algo que o estômago não recebeu tão bem, podem resultar em sintomas como o enjoo. Veja alguns bons tratamentos naturais para acabar com o problema.

As receitas caseiras irão ajudam no combate ao sintoma, mas caso seja sequela de alguma doença é importante existir o acompanhamento de um médico para avaliar de perto a causa do problema.

Mulheres que estão em processo de gravidez precisam sempre ficar atentas às contraindicações das receitas. Apesar de serem naturais, algumas ervas podem fazer mal para à gestação.

Remédios caseiros para enjoo

Além de ajudar a tratar enjoos, os chás também servem para aliviar as dores

O gengibre é uma ótima forma natural de combater enjoos (Foto: depositphotos)

Gengibre

O gengibre é uma ótima forma natural de combater enjoos e outros problemas relacionados ao sistema gastrointestinal. Além de melhorar o enjoo, o chá de gengibre também ajuda na digestão e pode ser consumido por gestantes.

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de raiz de gengibre;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo

Rale o gengibre, misture com a água e leve para ferver. Depois de fervido, desligue o fogo e deixe o recipiente abafado por aproximadamente dez minutos. Antes de beber, coe o chá e ingira a bebida aos poucos ao longo do dia, sem adoçá-lo.

Hortelã e erva-doce

Além de ajudar a tratar enjoos, o chá também é uma excelente forma de aliviar as dores de cabeça, que muitas vezes aparecem junto com o mal-estar.

Veja também: Se livre da náusea! Veja 7 receitas de chás para enjoo

Ingredientes

  • Meio litro de água;
  • 2 colheres (de sopa) de folhas frescas de hortelã;
  • 1 colher (de sopa) de sementes de erva doce.

Modo de preparo

Coloque a água para ferver e, em seguida, acrescente os outros ingredientes. Deixe ferver por alguns minutos e depois desligue o fogo e deixe o recipiente abafado. Quando a bebida estiver morna, coe-a e consuma sem adoçar. Procure ingerir duas xícaras por dia.

Poejo

O poejo é uma planta que ajuda a tratar o enjoo, melhora a digestão e ainda ajuda a reduzir a acidez estomacal. Gestantes devem evitar o consumo do chá de poejo, especialmente nos primeiros meses da gravidez, pois a ingestão da bebida pode prejudicar a saúde do feto e da mãe.

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de ramos frescos ou da planta.

Modo de preparo

Ferva a água e acrescente a erva. Deixe em infusão por cinco minutos, desligue o fogo e deixe abafado até que amorne. Antes de consumir o chá, coe a bebida, que pode ser ingerida de duas em duas horas.

Macela

Os vômitos, náuseas, sensações de enjoo e desconforto do estômago podem ser tratados através do consumo do chá de macela.

Ingredientes

  • 200 ml de água;
  • 1 colher (de sopa) de flores de macela.

Modo de preparo

Ferva a água e acrescente as flores de macela, deixando em infusão por cinco minutos. Coe antes de consumir.

Veja tambémEnjoo na gravidez – Alimentos que evitam essa sensação

Alimentos para evitar enjoo

Gengibre

O gengibre é uma raiz que ajuda a combater o enjoo, tanto na forma crua como com condimentos que levam o alimento na composição.

Chá de camomila

A camomila trata o enjoo, principalmente quando ele é causado pelo emocional, devido ao seu efeito calmante.

Para preparar o chá, basta ferver uma xícara de água e, depois que começar a borbulhar, acrescentar três colheres de flores secas de camomila. Deixe a bebida em infusão por cinco minutos e coe antes de consumir.

Banana

A banana é uma fruta que beneficia a digestão, aliviando sensações de mal-estar, como dores abdominais e enjoo. Ela ainda ajuda a proteger o sistema imunológico.

Frutas ácidas

O consumo de frutas como laranja, limão, kiwi, abacaxi, entre outras, ajudam a aliviar os sintomas de enjoo.

O que fazer durante o enjoo

Muitas vezes os episódios de enjoos e náuseas costumam passar em poucas horas. Mas, segundo o site ABC da Saúde, é extremamente importante manter-se hidratado enquanto os sintomas persistirem, principalmente idosos e crianças.

Além do consumo dos chás citados acima, o paciente também deve ingerir bastante água, sopa e suco, para ajudar tanto na hidratação como na recomposição de nutrientes perdidos durante o vômito.

Caso o paciente sinta vontade de comer algo, devem ser oferecidos alimentos com pouquíssima gordura, como sopas fervidas com cereais dentro (arroz, por exemplo).

Se os sintomas não sumirem em poucos dias ou o paciente não conseguir manter a ingestão de líquidos, um médico deve ser urgentemente procurado.

Veja tambémSurpreendente receita com Coca-Cola é capaz de tratar enjoo. Aprenda

Sobre o autor

Formada em Jornalismo pela Unicap, pós-graduada em Comunicação Empresarial e Mídias Digitais pela Devry, fez intercâmbio na ETC School, em Bournemouth (UK) e tem experiência nas áreas de assessoria de comunicação, produção de vídeo e foto e redação.