Saiba como eliminar o odor de cigarro das suas peças de roupa

Basta borrifar solução por toda a peça de roupa e deixar a mesma tomar ventilação durante uma noite. Posteriormente, é só lavar de forma habitual. Aprenda

Os malefícios que o cigarro pode causar ao organismo podem ser irreversíveis e, certamente, se você é fumante já deve saber disso. Entretanto, se você ainda não conseguiu deixar o vício de lado, é importante atentar-se para algumas técnicas caseiras que irão evitar que suas peças de roupa fiquem com o odor da nicotina. O mesmo vale para quem não é fumante, mas que convive em um mesmo ambiente com fumantes.

Lavar diretamente a peça com o odor de cigarro não resolve

Se você acredita que colocar a peça a qual está impregnada com odor de cigarro imediatamente para lavar irá resolver o problema, engano seu. Ainda que você utilize os sabões ou amaciantes mais cheirosos. O mesmo vale para quem imagina aplicar perfume sobre a roupa. Isso só irá piorar a situação, uma vez que a mistura de odores irá provocar um cheiro ainda pior.

Imagem de cigarros e isqueiro em bolso de calça jeans

Foto: Depositphotos

O recomendado mesmo é deixar a peça antes da lavagem exposta ao ar livre em um ambiente com bastante ventilação natural.

Solução para remover o odor de cigarro da roupa

Caso a ventilação não seja capaz de eliminar o odor, aposte em fazer uma solução caseira natural que irá auxiliar na remoção do mesmo. A receita é simples. Basta misturar bem 100 ml de água, 200 ml de vinagre de vinho branco e outros 200 ml de álcool 70%. Feito isso, borrife por toda a peça de roupa e deixe a mesma tomar ventilação durante uma noite. Posteriormente, leve-a como de forma habitual.

Sobre o autor

Jornalista (MTB-PE: 5833), formado em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelo Centro Universitário UniFavip/Wyden, com experiência em rádio, TV, impresso, web, assessoria de comunicação política e Marketing. Além da iHaa Network, já atuou no portal G1, no Sistema Jornal do Comércio de Comunicação (na TV Jornal/SBT, Rádio Jornal e portal NE10), e também no antigo Jornal Extra de Pernambuco.