Soro caseiro: como fazer, para que serve e como usar

Você sabe o que é o soro caseiro? Veja como fazer, para que serve e como usá-lo a favor da saúde e do bem-estar. Na lista dos tratamentos naturais, o soro caseiro aparece como um dos mais usado. Caso você tenha algumas perguntas sobre esse tratamento, já é um bom motivo para ler este artigo até o fim.

O soro caseiro é obtido a partir da combinação de água, açúcar e sal. Dependendo do caso de saúde em questão, ele pode ser um perfeito aliado. Porém, nem sempre somente a utilização dele é capaz de resolver o problema.

No que diz respeito aos benefícios, já para adiantar, o soro caseiro serve para repor os fluidos do corpo perdidos em quadros de diarreia e vômito. Além do mais, ele repõe sais minerais importantes para o bom funcionamento do corpo.

Antes de mostrar o modo de preparo do soro caseiro, é bom frisar que ele é visto pelo Ministério da Saúde como uma importante ferramenta para acabar com a desidratação, sobretudo entre crianças, sendo utilizado desde a década de 1970.

Como é feito o soro caseiro?

Para preparar o soro caseiro você pode usar uma colher específica criada pelo Fundo das Ações Unidas para a Infância (Unicef), ou uma colher (de sopa) e outra de café. Veja agora a forma de preparar o soro a partir da utilização dos diferentes utensílios.

Como preparar o soro caseiro com colher padrão da Unicef

Separe 200 ml de água mineral, fervida ou filtrada, 2 medidas (lado maior) de açúcar e 1 medida de sal (lado menor). Misture bem todos os ingredientes, até que eles sejam dissolvidos por inteiro. Tome em doses pequenas, várias vezes ao dia.

Como preparar o soro caseiro com colher comum

Para usar as colheres comuns você vai precisar de 1 litro de água mineral, fervida ou filtrada, 1 colher (de sopa) bem cheia de açúcar (20g) e 1 colher (de café) de sal (3,5g). Misture bem e tome em pequenas doses, várias vezes ao dia.

Essas duas maneiras de preparar o soro caseiro são as mais usadas e conhecidas, sobretudo quando o tratamento está vinculado a pacientes adultos. Porém, quando se refere a crianças ou animais, o soro caseiro é preparado de forma diferente.

Como fazer soro caseiro para bebê de 6 meses

Para preparar o soro caseiro para as crianças, você vai seguir qualquer uma das receitas passadas anteriormente. Porém, o que vai fazer com que o remédio caseiro atue contra a desidratação é a quantidade ingerida por elas.

Só para recapitular, para preparar o soro caseiro você vai precisar de 200 ml de água mineral, fervida ou filtrada, 2 medidas (lado maior) da colher padrão para soro caseiro de açúcar e 1 medida de sal (lado menor). Misture bem e pronto.

A proporção para dosagem deve ser seguida de acordo com a indicação abaixo:

  • Até três meses – De 50 a 100 ml
  • Até seis meses – De 100 a 150 ml
  • Mais de seis meses – De 150 a 200 ml

Como preparar soro caseiro para cachorro

Você sabia que o seu bichinho de estimação também pode ser tratado com soro caseiro? O tratamento é recomendado mediante problemas de saúde relacionados a desidratação, vômito e diarreia.

Para preparar o soro caseiro, você vai precisar de 1 litro de água fervida, 3 colheres (de sopa) de açúcar, 1 colher (de chá) de sal, ½ colher (de chá) de bicarbonato de sódio e suco de ½ limão. Mexa bem e espere esfriar.

Como você deve ter percebido, o modo de preparo é um pouco diferente. Isso é para que o paladar dos cachorros seja agradado. Lembrando que o soro não combate a doença, ele só vai aliviar os sintomas e repor os nutrientes perdidos com os episódios de vômito ou diarreia.

Como preparar soro caseiro para gato

O soro caseiro também pode ser preparado para ajudar a resolver os casos de desidratação e diarreia entre os gatos. O preparo é um pouco diferente, porém, a utilização do açúcar e sal representam unanimidade.

O preparo segue de acordo com os ingredientes: 200 ml de água fervida ou filtrada, 1 colher (de sobremesa) de açúcar e uma pitada de sal. Coloque a água para ferver, desligue o fogo e acrescente todos os ingredientes de uma vez. Mexa e espere esfriar.

É bom deixar claro que, ao identificar qualquer problema de saúde com o seu animalzinho, o mais recomendado é procurar o veterinário. O soro caseiro é uma forma de evitar a desidratação e perda de nutrientes nos animais, mas não vai curar a doença.

Qual a receita de soro caseiro para virose?

Para os problemas de saúde que trazem como consequência enjoos, episódios de vômito e diarreia, eles são mais conhecidos por virose. Geralmente tudo está ligado a ingestão de alimentos estragados.

Uma das maneiras de evitar a desidratação e a perda acelerada de nutrientes do corpo através das fezes e do vômito é preparando um soro caseiro. É importante destacar que não existe uma receita específica para as viroses, já que o soro é único.

Veja também: Aprenda a acabar com sintomas de náuseas e vômito

Para prepará-lo, basta separar 200 ml de água mineral, fervida ou filtrada, 2 medidas (lado maior) da colher padrão para soro caseiro de açúcar e 1 medida de sal (lado menor). Misture bem e pronto.

Qual a função do soro caseiro para o organismo?

O soro caseiro serve para combater a desidratação e a perda de sais minerais

Essa solução deve ser consumido durante crises de diarreia e vômito (Foto: depositphotos)

O soro caseiro é uma bebida bastante benéfica para o corpo, sobretudo quando este passa por alguns problemas específicos de saúde. Uma das suas principais funções é combater a desidratação e a perda de sais minerais importantes para o bom funcionamento do mesmo.

Na maioria dos casos, esses problemas estão relacionados a vômitos e diarreias. Por ser um remédio caseiro bastante recomendado, não existe muita preocupação quanto a sua ingestão. Exceto em casos de doenças pré-existentes, como o diabetes ou hipertensão.

De acordo com o site Médico Responde, a fórmula simples do soro caseiro “simula a concentração de substâncias comuns nos líquidos do corpo”. Por isso ele é eficaz contra a desidratação por diarreia ou vômitos.

Muita gente confunde a ação do soro caseiro quanto ao tratamento da doença. Mas é bom deixar bem claro que ele não tem essa função. O soro apenas ajuda a evitar consequências mais sérias para o corpo, como a alta desidratação e a perda acentuada de nutrientes.

Veja também: Saiba como controlar a diarreia usando taninos. Chás são opção

Em todo caso, não hesite em procurar um médico quando for atingido por enjoos e diarreia. Apesar de não parecer muito perigoso de início, essas condições podem trazer sérios problemas quando não tratadas da forma correta.

Soro caseiro engorda?

Apesar de ser um remédio caseiro preparado com a utilização de açúcar, o soro caseiro não prejudica quem está de regime. Objetivamente falando, ele não engorda. Isso porque, a quantidade de açúcar usada é muito baixa para interferir na dieta.

Outro ponto positivo em relação ao soro caseiro, quando relacionado ao emagrecimento é que ele é feito com propósito de reposição de eletrólitos, no caso, perdidos com os episódios de vômito ou diarreia. Ele induz a hidratação do corpo.

O soro caseiro em benefício do corpo

Nesse artigo você teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre o soro caseiro, assim como os benefícios, modo de preparo para diferentes pacientes e as vantagens para quem faz uso dele para resolver alguns problemas de saúde.

Porém, como foi dito também no decorrer do texto, o soro caseiro não pode ser usado com o propósito de tratar a doença. Ele funciona como uma forma de repor o líquido e os nutrientes do corpo quando há episódios de vômito ou diarreia.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.