Aprenda a preparar incrível tônico de chá verde

A infusão não deve ficar muito concentrada, pois pode ser irritante para a pele

Sabia que é possível preparar um incrível tônico de chá verdeO chá verde é um dos chás mais conhecidos e consumidos atualmente. Ele é resultante da infusão de folhas verdes da planta Camellia sinensis. Suas propriedades medicinais ajudam a combater uma série de doenças, mas, o que pouca gente sabe é que os benefícios do chá verde também se estendem à pele.

Segundo a dermatologista Luíza Archer, o chá verde possui ação antioxidante e, por isso, atua prevenindo o envelhecimento precoce da pele. Além disso, ele tem propriedades antissépticas e adstringentes e também atua como tônico vascular e anti-inflamatório. “O chá verde pode ser utilizado em receitas caseiras como tônico, para controle da oleosidade excessiva, prevenção do envelhecimento precoce e alívio de bolsas ao redor dos olhos”, diz a médica.

Como preparar o tônico de chá verde?

Para não errar na hora de preparar o seu tônico, confira o passo a passo de Luíza para fazer a receita corretamente:

  • Mergulhe 100 gramas de folhas de chá verde em meio litro (500ml) de água fervida;
  • Depois, deixe descansar na geladeira por 1 hora;
  • Em seguida, é só coar e aplicar diretamente no rosto todo com um algodão.

Se o problema for bolsas abaixo dos olhos, a médica recomenda aplicar compressas na região por 15 minutos. Já sobre a frequência de uso, ela diz que depende de cada pessoa. “Por isso, é importante consultar um médico de confiança que possa avaliar as características da pele e orientar adequadamente o uso do chá verde”, afirma.

Mulher com xícara de chá verde

Esse chá pode ser usado em forma de compressas para aliviar bolsas ao redor dos olhos (Foto: depositphotos)

A especialista indica ainda outra receita caseira com chá verde para quem deseja prevenir o envelhecimento precoce da pele. Ela é feita da mistura do chá com máscara de argila amarela: “Misture a argila amarelada com a infusão de chá verde gelada e aplique no rosto. Deixe agir até começar a secar, e enxague com água fria. Essa receita pode ser feita de uma a duas vezes por semana, dependendo de cada pele”, ensina Luíza.

Cuidados e contraindicações

Antes de preparar e usar o tônico de chá verde na pele é preciso tomar certos cuidados. Uma das recomendações mais importantes é em relação ao não reaproveitamento da receita, já que a mistura deve ser descartada logo após o uso, e feita sempre na hora em que for utilizada. “Não é recomendada sua conservação, mesmo em geladeira, tanto pelo risco de perder suas propriedades terapêuticas, quanto pelo risco de contaminação”, explica Luíza.

Além disso, a médica afirma também que seu uso não é recomendado em peles sensíveis ou em caso de doenças de pele ativas no local da aplicação, como dermatites e rosácea. Outra contraindicação é alergia ou sensibilidade ao chá verde. “Fique atento para que a infusão não fique muito concentrada, e não seja irritante para a pele. Caso apresente coceira, ardência e vermelhidão após a aplicação, suspenda o uso e lave bastante com água fria”, orienta a médica.

Veja também: Para que o chá verde serve? Descubra e aumente sua qualidade de vida

Outros benefícios do chá verde

O chá verde é reconhecido há séculos pelas suas extensas aplicações terapêuticas e preventivas. Ele não não é fermentado e, por isso, tem as propriedades mais conservadas do que outros tipos de chás derivados da mesma planta, como o chá branco e o chá preto.

Super versátil, é adequado tanto para uso interno, quanto para uso externo, além de ser reconhecido como uma das plantas medicinais mais poderosas do mundo, há quase 5.000 anos.

Xícara com chá verde

Combinado com exercícios, o chá verde é um grande aliado na perda de peso (Foto: depositphotos)

Segundo uma pesquisa feita por alunos e professores da Esalq, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP, o chá verde pode ser utilizado por todas as pessoas, se consumido com moderação. Seus efeitos foram comprovados na redução de doenças cardiovasculares, o que torna a bebida excelente para hipertensos. Isso ocorre porque os antioxidantes do chá são capazes de inibir a oxidação do chamado colesterol ruim. Quando ingerido, esse chá também é capaz de melhorar a circulação sanguínea.

As pesquisas comprovaram ainda que o chá verde é um grande aliado na perda de peso, quando consumido em conjunto da prática de exercícios físicos, principalmente a musculação. O estudo constatou que consumir chá verde solúvel dez minutos antes das atividades físicas ajuda a reduzir a gordura e aumentar a massa muscular.

Também é possível usar o chá verde em compressa para tratar feridas ou para lavar os cabelos, cuidando do couro cabeludo, reduzindo a seborreia, controlando a caspa e a oleosidade.

Cuide sempre da sua pele

Além dos benefícios do tônico de chá verde, a nossa pele precisa de outros cuidados para ficar sempre bonita e saudável, principalmente a do rosto. Uma das principais recomendações é usar sempre filtro solar, pois a radiação favorece o surgimento de doenças de pele, manchas, flacidez e rugas. Por isso, é fundamental lembrar de aplicar o protetor diariamente nas áreas expostas ao sol.

“O ideal é aplicá-lo em torno de 15 minutinhos antes de sair de casa. Uma boa dica é já deixar o filtro solar dentro da necessaire, na pia do banheiro e na bolsa, para aplicá-lo sempre que for escovar os dentes, retocar a maquiagem ou só dar aquela checada no espelho. É importante que isso se torne um hábito.” explica Luíza.

Outra dica fundamental é manter a pele sempre hidratada. Por isso, é importante lembrarmos de fazer a hidratação todos os dias após o banho, usando um bom hidrante, de acordo com o tipo de cada pele. “Vale lembrar que a hidratação da pele do rosto é diferente da do corpo. Portanto, não é bom utilizar o mesmo hidratante nas duas regiões”, ressalta a dermatologista.

Veja tambémSerá que a vitamina A serve para acne na pele? Descubra

A médica sugere também evitar banhos muito quentes, pois a água quente colabora com o ressecamento da pele. Além disso, o uso excessivo de sabonetes e esfoliações intensas não são recomendados porque também prejudicam a hidratação. “Para quem tem a pele mais oleosa, o ideal é investir em hidratantes oil free, com toque seco e rápida absorção, próprios para peles oleosas. Quem tem a pele mais seca, precisa caprichar na aplicação das loções ou cremes hidratantes específicos para pele seca, de preferência 3 a 4 vezes por dia”, ensina.

Além dos cuidados externos, a hidratação interna também é muito importante para a pele. Por isso, a especialista diz que é fundamental beber pelo menos 2 litros de água por dia. “Uma boa hidratação é capaz de manter a integridade da camada de proteção da pele, evitando o ressecamento. Dessa forma, prevenimos o envelhecimento precoce, doenças, irritações e descamações cutâneas e, ainda, ajudamos a preservar a elasticidade. Além disso, a pele hidratada apresenta um aspecto mais suave e macio”, reforça Luíza.

*Informações sobre a especialista entrevistada

Dra. Luiza Archer
Formada em medicina pela Faculdade Souza Marques
Pós-graduação em dermatologia pelo Instituto IMS no Hospital Nossa Senhora da Saúde do Rio de Janeiro
Na área da Dermatologia, abrange a saúde e os cuidados estéticos relacionados à pele, unhas e cabelos.
Se dedica ainda, aos estudos de cosmecêuticos em geral, com ênfase nos cosméticos naturais e orgânicos
Participa da Websérie AnaSpa, como médica e coordenadora técnica do conteúdo dermatológico
Atende na Clínica Nutrindo Ideais em Ipanema no Rio de Janeiro

Sobre o autor

Jornalista (MTB-RJ: 36167), formada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela PUC-Rio e especialização em Jornalismo Cultural, pela UERJ. Como redatora web, escreve matérias sobre assuntos diversos. Também atua na área de marketing de conteúdo e produção audiovisual.