Trate a estomatite aftosa à base de enxaguantes e chás caseiros

Hidraste, cravo-da-Índia e própolis são alguns dos ingredientes usados para conter esse problema


A estomatite aftosa ocorre quando várias feridas, conhecidas como aftas, se desenvolvem na boca, língua, gengivas, interior das bochechas ou se espalham pelo esôfago, causando problemas na garganta. Seu período dura em média 10 dias, e os sintomas mais comuns, além das dores por conta das pequenas úlceras, são: febre, cansaço, ressecamento e vermelhidão da região lateral da boca. Ocorre em todas as idades, mas costuma aparecer com mais frequência em crianças. Suas causas variam, podendo surgir em períodos de intenso estresse ou imunidade baixa. Fatores como o HIV, traumas profundos, alergias ou deficiência nutricional também facilitam a manifestação dessas aftas.

A ingestão de bebidas alcoólicas e o consumo abusivo de cigarros são outras das causas de estomatite aftosa. O tratamento para aliviar os sintomas até que o ciclo das feridas esteja completo pode ser caseiro. Em junção com uma higiene bucal correta, derivada de uma boa escovação e uso de antisséptico, essas receitas naturais são bastante eficazes. Se mesmo assim as feridas não sumirem, é aconselhável que se procure um médico.

Enxaguantes bucais

Ótimos no tratamento da estomatite aftosa são os enxaguantes bucais naturais. Coloque 60 gramas de carqueja em um litro de água, aguarde 15 minutos e faça bochechos com o líquido. Use sempre que escovar os dentes ou quando achar necessário.

Trate a estomatite aftosa à base de enxaguantes e chás caseiros

Foto: Reprodução/ internet

Pode ser feita também uma solução de 50 gramas de alfavaca seca misturada em um litro de água. Aguarde também por 15 minutos e então use-a para lavar a boca, com bochechos, várias vezes ao dia.


Chá de hidraste

A hidraste é uma planta com propriedades antimicrobianas, adstringentes e anti-inflamatórias. Por isso, seu uso é recomendado contra as aftas. Coloque uma xícara da raiz de hidraste em uma panela de água fervente, tampe e espere por aproximadamente 15 minutos. Depois, coe e com o chá ainda morno, gargareje de forma que ele fique sobre a área afetada. Repita esse procedimento várias vezes ao dia.

Fermentos e própolis

A mistura de fermentos láticos (bactérias originadas do leite), com própolis é também indicada no tratamento dessa doença. Aplique sobre as lesões e note que tanto a dor diminui como as aftas somem em pouco tempo.

Cravo-da-índia

O cravo possui diversas propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e antissépticas, o que permite que o local fique livre de microrganismos e bactérias, além de eliminar a dor. Mastigue o cravo algumas vezes durante o dia.

Sal marinho

Esse remédio caseiro é apenas para aqueles que têm muita coragem. O sal marinho vai limpar todas as feridas e auxiliar na cicatrização, mas vai arder bastante. Misture um pouco desse sal com água morna e realize bochechos de duas a três vezes ao dia.


Reportar erro