Os melhores alimentos pré e pós-treino para pessoas veganas

Há duas opções de refeições antes de treinar, uma líquida e outra sólida. Ambas devem ser leves. Já o pós deve ser preenchido com uma refeição completa


Praticar exercícios é um hábito que faz bem não só para o corpo, mas também para a mente. Quem deseja realizar uma série de atividades físicas, precisa também equilibrar a saúde para que assim seja possível alcançar os resultados esperados. Por exemplo, há quem opte pelos treinos com o objetivo de emagrecer, mas tem quem os faça querendo tonificar os músculos. O segredo, porém, é o mesmo para qualquer meta: comer bem antes e depois dos treinos.

Para quem está mudando a alimentação, esta tarefa parece ser complicada, mas se colocada em prática todos os dias acaba se tornando fácil. Os veganos, por exemplo, que não comem e nem consomem nada de origem animal ou que realize testes em animais, têm uma certa dificuldade em encontrar dicas sobre refeições que devem ser feitas pré e pós-treino. Para tanto, neste artigo você encontrará opções naturais e saudáveis para complementar as atividades físicas e conseguir o corpo desejado.

Alimentação pré-treino

Os melhores alimentos pré e pós-treino para pessoas veganas

Foto: Reprodução/ internet

Há duas opções de refeições antes de treinar, uma líquida e outra sólida. Todavia, ambas devem ser leves, para que o processo de digestão não atrapalhe os ganhos das atividades física e nem que ocorra o inverso. Opte por se alimentar pelo menos uma hora antes do treino. A sugestão de lanche líquido vai ajudar na queima de gorduras. Enquanto que o sólido ajuda a tonificar os músculos.


Opção 1: Shake

Bata no liquidificador os seguintes ingredientes: uma fatia de mamão, 200 ml de água de coco, duas fatias de gengibre e um scoop de proteína vegetal. Beba o shake logo depois de pronto. O que ajuda na queima da gordura é a ação termogênica que o gengibre possui, por isso, utilize os itens corretamente. Outra dica é que você pode substituir a proteína vegetal por flocos de quinoa, sem perder a qualidade e benefícios da bebida.

Opção 2: combo de frutas, proteínas e nozes

Com uma fatia de abacate, um scoop de proteína vegetal e três castanhas do Pará, você consegue preparar um lanche saudável e ainda assim ter uma fonte segura para ajudar na tonificação dos músculos.

Alimentação pós-treino

Depois dos exercícios físicos, o metabolismo está acelerado. Assim o corpo estará pronto para fazer uma absorção rápida de nutrientes. Desta forma, busque se alimentar com refeições que atuem como cicatrizante dos músculos, isto é, que eles possam ajudar na recuperação das pequenas lesões que os músculos sofrem nos exercícios.

Alimentação completa

Prepare uma salada quente com os seguintes alimentos: quinoa cozinhada, cogumelos e espargos salteados em azeite, pasta de grão de bico e legumes cozidos a vapor. Você ainda pode salpicar o prato com flocos de quinoa e amaranto. Uma ótima dica para o preparo é deixar os alimentos integrais de molho, em média oito horas antes de cozinhar.


Reportar erro