Os alimentos possíveis de provocar gases

O aumento de gases intestinais está relacionado a diversos fatores, como comer rapidamente e ingerir certos alimentos. Veja quais alimentos podem causar gases


Os gases intestinais são formados no estômago e no intestino durante o processo de digestão e fermentação dos alimentos, que é realizado pelas bactérias lá presentes, ou pelo excesso de ingestão de ar. Trata-se de um processo normal do organismo, no entanto, algumas vezes os gases podem se tornar extremamente incômodos, provocando inchaço, fortes dores intestinais e desconforto.

O aumento de gases intestinais está relacionado a diversos fatores, como a ingestão de grande quantidade de alimentos em uma única refeição, comer muito rapidamente, falar enquanto se alimenta, não mastigar direito, consumir determinados alimentos e outros.

Alimentos que provocam gases

Os alimentos que causam gases contêm uma elevada quantidade de fibras e carboidratos que fermentam muito durante a digestão. No entanto, a intolerância do intestino a esses alimentos é pessoal e, por este motivo, nem todos os indivíduos podem ter gases ao ingerir tais alimentos.

Mulher com as mãos próximo do umbigo

Foto: Depositphotos


Confira a seguir a lista de alimentos que provocam gases:

  • Carboidratos refinados – Alimentos feitos com farinha refinada, como pães e massas brancas, fornecem um carboidrato suscetível à fermentação, aumentando a produção de gases;
  • Leite e derivados – Estes alimentos são fontes de lactose, um tipo de açúcar que depende de uma enzima denominada lactase para ser digerido. Com os anos, a produção da enzima diminui, causando intolerância à lactose, provocando flatulência e diarreia quando esses alimentos são consumidos;
  • Alimentos ricos em sal – A ingestão de alimentos com excesso de sal pode causar retenção de líquidos e, ainda, aumentar a sensação de estufamento;
  • Repolho, brócolis e couve – Estes alimentos possuem um tipo de açúcar que é fermentado pelas bactérias intestinais, o que produz gases e provoca a sensação de estufamento. Ao consumi-los, não exagere na porção, dê preferência aos cozidos e mastigue bem;
  • Lentilha, feijão, ervilha e soja – Contêm açúcares e fibras que não são absorvidos ou digeridos pelo organismo e, por isso, estes alimentos são fermentados pelas bactérias presentes no intestino, o que pode causar gases;
  • Outros alimentos – Milho, ovos, abacate, melão, melancia, couve de Bruxelas, pepino, nabo, cebolas; couve-flor, soja, adoçantes à base de sorbitol e batata-doce.

Ao ingerir os alimentos citados, o indivíduo poderá apresentar sintomas como barriga inchada, dor abdominal e gases. Para solucionar o problema, recomenda-se o consumo de bastante água e um chá de erva-doce.

Hábitos que causam gases

Além dos alimentos em si, como os da lista acima, a forma como comemos também pode influenciar na produção de gases. Os erros mais comuns são os seguintes:

  • Falar muito durante a refeição – Este hábito aumenta o volume de ar deglutido, o que pode aumentar a produção de gases;
  • Não mastigar bem os alimentos – Não mastigar direito ou comer rápido demais atrapalha o processo de digestão, fazendo com que o bolo alimentar chegue ao intestino sem ter sido digerido da maneira correta. Isto também aumenta a chance de formação de gases;
  • Consumir muita fibra e pouco líquido – Uma dieta rica em fibras, porém com baixa ingestão de água, causa prisão de ventre e contribui para o aumento das flatulências;

Reportar erro