Métodos para prevenir o contágio da frieira

A frieira, também conhecida como pé de atleta, é a infecção de pele mais comum…


A frieira, também conhecida como pé de atleta, é a infecção de pele mais comum causada por fungos, atacando preferencialmente os espaços entre os dedos e a sola dos pés, com o surgimento de bolhas, rachaduras, muita coceira e ardor na área afetada. Mais incidente em homens do que em mulheres e mais comum em climas quentes e úmidos, as frieiras são facilmente transmitidas através do contato direto com a pessoa infectada ou com pisos de vestiários e banheiros, piscinas e praias contaminadas. A maior parte dos casos de frieiras pode ser evitada e/ou tratada com medidas básicas de higiene. Confira a seguir algumas dicas para evitar contrair a frieira.

Métodos para prevenir o contágio da frieira

Foto: Reprodução


Métodos naturais para prevenir as frieiras

  • Após lavar os pés, enxugue-os muito bem com uma toalha limpa e seca ou secador de cabelo, especialmente entre os dedos;
  • Evite utilizar meias de tecido sintético, pois estas não absorvem o suor, mantendo a pele úmida;
  • Troque as meias com frequência e deixe que os pés tomem um pouco de ar entre uma troca e outra;
  • Não use tênis muito fechados e com pouca ventilação, pois estes aumentam a produção de suor nos pés;
  • Opte por utilizar calçados bem ventilados;
  • Ao utilizar banheiros e vestiários de escolas, clubes e outros espaços públicos e privados com grande circulação de pessoas, calce chinelos;
  • Observe as unhas dos dedos dos seus pés com atenção: caso se apresentem grossas, esbranquiçadas ou descoloridas, pode ser que tenham sido infectadas pelo fungo;
  • Mantenha as unhas sempre limpas e curtas;
  • Evite compartilhar sapatos e meias com outras pessoas;
  • Após praticar exercícios físicos, lave bem os pés e troque as meias e os calçados úmidos;
  • No decorrer do dia, mantenha os pés em contato com o ar durante o máximo de tempo possível e evite manter os pés em calçados fechados durante várias horas, principalmente em ambientes quentes.

Geralmente, o tratamento para frieiras é feito com o uso de cremes ou pomadas antifúngicas, como terbinafina, isoconazol ou cetoconazol. Porém, o recomendado é não aplicar talco ou creme antifúngico algum por conta própria, pois alguns produtos não agem de acordo com o que prometem. Antes de aplicar qualquer medicamento, procure um dermatologista para obter uma melhor orientação do tratamento.


Reportar erro