Inclua na dieta, alimentos e chás que podem diminuir sua barriga!

Por Redação

Inclua na dieta, alimentos e chás que podem diminuir sua barriga!

Fique com a barriga chapada | Imagem: Reprodução

Alimentos funcionais são os que, além da nutrição, tem outras propriedades que beneficiem nossa saúde e, em alguns deles, encontramos aliados na perda daquela que nos causa desânimo por ser tão resistente, a barriga!

Uma barriga inchada pode ter diversas causas, incluindo problemas como as doenças do trato urinário ou do aparelho reprodutor feminino, que são bastante comuns, causando inchaço. As mulheres tem maior facilidade em apresentar um abdômen dilatado, já que, em função dos hormônios, todos os meses sofrem os efeitos da menstruação e também tem mais problemas com o intestino preguiçoso, tendo prisão de ventre e assim, muitas passam dias com a barriga dilatada e com o desconforto de não ir ao banheiro.

Dependendo da causa, não sendo motivada por uma das doenças mais graves, que devem ser tratadas o mais rápido possível, a barriguinha saliente quando é resultado de gordurinhas acumuladas, pode ter solução se adotarmos os alimentos certos e, além deles, chás que também ajudam a eliminar os excessos!

Como fazer um tratamento “murcha barriga” com chás e alimentos específicos?

Começando com a questão do intestino preso, para melhorar essa questão, que também é muito importante para garantir uma barriga chapada, temos que ingerir muita água e também fibras, todos os dias. Algumas pessoas ouvem dizer que as fibras são as responsáveis pelo bom funcionamento do intestino e então se “entopem” (literalmente!) de todas as fontes de fibras conhecidas e… QUASE NÃO BEBEM ÁGUA! Eis o X da questão: as fibras sozinhas, além de não ajudarem, ainda atrapalham, já que ressecam e endurecem o bolo fecal, dificultando o processo! Então, beba muita água! As fibras são SOLÚVEIS ou INSOLÚVEIS e devem ser ingeridas 25 ou 30 gramas delas por dia para um perfeito funcionamento do intestino.

FIBRAS SOLÚVEIS: são encontradas em leguminosas frescas ou secas como: feijão, grão-de-bico, soja, fava, lentilha, etc.; em frutas frescas como: mamão, laranja (inteira, com parte branca e bagaço), maçã, uva, pera, figo, manga, ameixa fresca, mexerica, abacaxi, banana, etc; e em frutas secas. O QUE ELAS FAZEM: elas absorvem água, amaciando a consistência e aumentando o bolo fecal.

FIBRAS INSOLÚVEIS: são encontradas em verduras como: alface, aipo, acelga, agrião, rabanete, espinafre, escarola, nabo, repolho, pimentão, cenoura, mostarda e brócolis, entre outros; além de cascas de frutas, nas cascas de cereais integrais e no farelo e gérmen de trigo. O QUE ELAS FAZEM: também aumentam o bolo fecal, ajudam nos movimentos peristálticos e impedem a reabsorção da água pelo intestino.

Algumas frutas são consideradas laxantes naturais e podem ser consumidas regularmente sem problemas. Elas contém uma substância que, embora seja laxativa, não causa nenhum dano ao intestino. são elas:

Mamão, tamarindo e ameixa. Outros alimentos mantém a lubrificação do intestino, são as sementes oleaginosas, que por isso, também são importantes para reduzir a barriga. São elas: nozes, avelãs, amendoim, sementes de gergelim, castanhas, pistache e linhaça.

Visto estes que auxiliam nosso intestino, veremos agora como acrescentar outros hábitos e também alimentos em nossa dieta diária para diminuir a barriga:

Barriga chapada!

  • Não beba líquidos junto com as refeições;
  • As saladas cruas, além de ajudarem o intestino, também controlam o colesterol e mantém o peso, colaborando com a redução da barriga;
  • Peixes como o salmão, as sardinhas e o atum, possuem ômega 3 que protegem as artérias e impedem o acúmulo de gordura abdominal;
  • Apenas uma taça de vinho ao dia, possui inúmeros benefícios para o organismo de forma geral. Mais do que essa quantidade, pode ser nociva à saúde;
  • Manter a postura correta e o abdômen contraído, pode ser tão benéfica quanto vários abdominais!
  • Evite as bebidas gasosas, elas acumulam gases e dilatam a barriga;
  • Evite chope e cerveja, essas bebidas também fermentam, acumulam gases e dilatam o abdômen; também as frituras, além de dilatarem o abdômen, aumentam os níveis de gorduras no sangue;
  • Leite e seus derivados fermentam, produzem gases e dilatam, reduza seu consumo;
  • Alimentos gordurosos e frituras são acumuladores de gordura no corpo inteiro;
  • Inclua em sua dieta, chás digestivos e diuréticos: erva doce, camomila, carqueja, hortelã e maracujá, por exemplo.