Benefícios do óleo de rosa e semente de erva-doce

O composto atua no alívio dos sintomas da menopausa e da TPM, protege contra inflamações e contribui para a saúde da pele


Poder contar com o benefício de ingredientes naturais para ajudar a tratar incômodos do organismo é sempre uma boa saída. E o que dizer, então, daqueles sintomas tão temidos pelas mulheres, como é o caso da Tensão Pré-Menstrual (TPM). Pois bem, para tratar esse e outros males, o óleo de rosas e semente de erva-doce é o mais indicado. Ele é composto de ingredientes naturais e seu preparo é bem facilitado.

O óleo de rosa e semente de erva-doce atua no alívio dos sintomas da menopausa e da TPM, protege contra inflamações e contribui para a saúde da pele. Isso porque, com a idade, o organismo perde a capacidade de converter as gorduras consumidas em ácido gamalinolênico (GLA). Para combater essa deficiência, esse óleo é perfeito, pois contém uma quantidade significativa de GLA.

Com características bem funcionais, o óleo de rosas e semente de erva-doce é mesmo “o pulo do gato” para as mulheres. Sendo a erva-doce um dos seus principais componentes, ela ajuda a relaxar a musculatura, tonificar e cicatrizar, além de ser um poderoso calmante natural. Entre as suas propriedades benéficas para a saúde também está associada uma boa dose de vitaminas, que atuam desde a fortificação até a recuperação da pele.

Benefícios do óleo de rosa e semente de erva-doce

Foto: Depositphotos

Óleo de rosas e semente de erva-doce

Preparar o composto é fácil, rápido e benéfico para a saúde. Por isso preste atenção nos ingredientes e na forma de preparo.


Ingredientes

150 ml de óleo de girassol
10 gramas de tomilho seco
5 gramas de flor seca de calêndula
5 gramas de pétalas secas de rosa
5 gramas de sementes de erva-doce

Para o óleo-base

Ingredientes

2 colheres (de sopa) de óleo de semente de linhaça
3 colheres (de sopa) de óleo de prímula
1 colher (de sopa) de óleo de cominho-preto (este pode ser substituído por óleo de linhaça ou azeite aromatizado com cominho)

Modo de preparo

Triture grosseiramente os ingredientes secos com a ajuda de um pilão. Na sequência, transfira para um pote de vidro limpo e cubra com o óleo de girassol.

Preaqueça o forno a 50º C, depois desligue. Envolva a base do vidro com um pano, evitando que ele quebre com o calor. Feito isso, coloque o recipiente aberto no forno. Os ingredientes secos precisam macerar a cerca de 40º C, no período de 6 a 8 horas. É bom que se preste atenção no forno, pois ele precisa ser ligado e desligado de tempos em tempos, para não perder a temperatura.

Coe o óleo e descarte os ingredientes secos. A mistura deve render 100 ml de óleo. Para guardar, opte por uma garrafa de vidro escura e esterilizada. Nessa fase você deve juntar os óleos de prímula, borragem, linhaça e cominho-preto. Feche bem, agite e coloque uma etiqueta com a data. Ele pode ser conservado na geladeira por três semanas.


Reportar erro