Gestantes devem ter atenção com os chás que podem causar o aborto

Está gravida ou pretende engravidar? Confira a lista de alguns chás que podem ser prejudiciais para a gestação


Ervas e medicamentos fitoterápicos costumam sempre ser utilizados por qualquer pessoa e, dentre esses, o mais consumido é o chá, que é uma das bebidas mais populares do mundo. Cada chá tem sua peculiaridade, seja o sabor, a cor ou o seu aroma, e possuem vários tipos de benefícios, desde um emagrecedor até um calmante.

Apesar de trazer inúmeros benefícios, alguns tipos de chá podem vir a trazer alguns perigos para a gestação em decorrência dos seus princípios ativos e podem até provocar um aborto. O risco é maior quando estes forem consumidos nos primeiros três meses de gestação.

Não necessariamente, essas bebidas irão fazer com que a gestante aborte, mas podem causar algumas complicações na gravidez, tais como: má formação do feto, dificuldades na hora da amamentação e até fazer a futura mamãe ter algumas sérias complicações de saúde para o resto da vida.

Pensando no assunto, o Remédio-Caseiro pesquisou e mostra não só quais os chás que são prejudiciais para a saúde da gestante e do bebê, mas também alguns chás que são benéficos e que farão o período de gravidez ser bem mais tranquilo.


Gestantes devem ter atenção com os chás que podem causar o aborto

Foto: Reprodução/ internet

Chás que devem ser evitados no período de gestação:

  • Aloe Vera (Babosa)
  • Angélica
  • Arnica
  • Artemísia (Losna)
  • Azedaraque
  • Beldroega
  • Buchinha do Norte
  • Canela
  • Carqueja
  • Catuaba
  • Cravo dos Jardins
  • Cáscara Sagrada
  • Copaíba
  • Erva de Santa Maria
  • Trombeta
  • Erva Grossa
  • Erva Andorinha
  • Erva de Macaé
  • Erva de Bicho
  • Guaco
  • HeraHortelã
  • Ipê
  • Jaborandi
  • Jarrinha
  • Jurubeba
  • Lágrima de Nossa Senhora
  • Mata Pasto
  • Mirra
  • Noz Moscada
  • Peônia
  • Pessegueiro
  • Quebra Pedra
  • Romã
  • Ruibarbo
  • Salsaparrilha
  • Sene

Os chás listados acima elevam a pressão arterial, podendo provocar contrações uterinas, o que, dependendo da intensidade, pode dar início a hemorragias que podem levar ao aborto, ou, caso contrário, uma série de problemas para o feto em formação.

Chás benéficos para a gestação:

  • Capim limão
  • Camomila
  • Erva doce
  • Erva cidreira

Os chás de camomila, erva cidreira e capim limão são permitidos e indicados por possuírem propriedades calmantes e digestivas que promovem o relaxamento tanto da mãe como do bebê. O chá de erva doce é benéfico pois proporciona um aumento na produção de leite materno.

Mesmo com todas as dicas, o ideal é que a futura mamãe consulte um especialista para poder se informar melhor a respeito de quais chás ela pode consumir.


Reportar erro