Saiba o que pode acontecer com quem tem uma dieta gordurosa

A alimentação saudável é a chave para evitar problemas de saúde. Optar por uma dieta rica em gordura é a porta de entrada para as doenças


A saúde é um bem dos mais valiosos. Muita gente só aprende a dar valor quando é atingido por algum problema. Muitos desses problemas dependem, sobretudo, das escolhas que elas fazem para o dia-a-dia.

A alimentação, por exemplo, pode ser um fator que pode proporcionar boa saúde, caso a pessoa siga uma dieta regrada, como também pode trazer problemas, quando não se presta atenção a ela.

Entre as tentações que são verdadeiras bombas de gordura, destaque para o combinado hambúrguer e batata frita. Mas, não é só essa dupla que aterroriza a saúde e a dieta das pessoas, ainda tem uma grande variedade de frituras, comidas gordurosas e refrigerantes.

Porém, as consequências para todos esses excessos podem ser catastróficas para a saúde.

saiba-o-que-pode-acontecer-com-quem-tem-uma-dieta-gordurosa

Foto: Pixabay

Males vinculados a ingestão frequente de alimentos gordurosos

Pelo pouco que já foi dito, já deu para perceber o quão prejudicial é a ingestão desregrada de alimentos gordurosos. A partir de agora, confira mais consequências para essa irresponsabilidade com a saúde.

Falta de saciedade

Você já comeu um hambúrguer e não se satisfez? A resposta para esse estado vem da falta de comunicação do estômago com o cérebro, quando esse tipo de alimento é ingerido.


Esse tipo de alimento, rico em gordura, inibe a ação do lipídio OEA, responsável por enviar a mensagem de saciedade. Daí a explicação para a vontade que você sente de comer cada vez mais esse tipo de alimento.

Doenças cardiovasculares

Com a ingestão regular de alimentos gordurosos, os ateromas, placas compostas de gorduras e lipídios, estreitam e enrijecem os vasos sanguíneos. A consequência para isso é o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e acidentes vasculares cerebrais.

Junto a isso, a pessoa pode começar a desenvolver uma série de sintomas, a exemplo de dores no peito, falta de ar, palpitações e cansaço.

Gordura no fígado

O acúmulo de gordura no fígado, causado devido ao consumo de frituras, pode originar uma doença chamada esteatose hepática. Dependendo da forma com que a doença atinge o paciente e dos hábitos ostentados por ele, pode evoluir para uma cirrose.

Em um grau avançado, o paciente pode apresentar quadros de enjoos, vômito, dor e inchaço no abdômen e pele.

Danos ao cérebro

Segundo pesquisa realizada pela Escola Médica de Harvard, nos Estados Unidos, a gordura causa sérios danos ao cérebro. Esses altos índices de gorduras impede que alguns neurônios funcionem de forma correta.

Isso acontece porque uma proteína conhecida como UCP2 aumenta, regulando negativamente a sensibilidade dos neurônios à glicose. O resultado para tudo isso é o desenvolvimento da diabetes tipo 2.


Reportar erro