Quixaba possui poderes que agem contra Diabetes

Por Anna de Cássia

Quixaba

Imagem: Reprodução

Nativa do Brasil, em especial dos estados do Piauí e Minas Gerais, a Quixaba é uma árvore que pode atingir até 15 metros de altura e entre as suas características físicas estão as flores bem aromáticas, as folhas coriáceas, a madeira bem dura e os espinhos fortes. A árvore apresenta ainda uma baga comestível, de coloração roxo-escura e de sabor doce. Em épocas de seca, a árvore é usada para alimentar o gado. As propriedades medicinais da planta estão presentes em sua casca, que é antidiabética, adstringente e tônica.

Propriedades benéficas da quixaba

  • Ajuda na prevenção e no controle da diabete*
  • Alivia as dores e demais problemas na coluna
  • É ótima no tratamento de problemas renais**
  • Apresenta propriedades tônicas e adstringentes

* Existem 3 tipos de diabetes: tipo 1, tipo 2 e gestacional. A do tipo 1 é o caso de diabete mais grave, onde o diabético precisa tomar injeções diárias de insulina. A do tipo 2 ocorre principalmente em obesos e pessoas que consumem muito doce. Nele, o corpo produz sua própria insulina, mas ela é insuficiente para digerir todo o carboidrato consumido. Pode ser controlada apenas com uma dieta correta. A diabete gestacional acontece quando a mulher apresenta a taxa de glicose elevada durante a gestação e precisa passar todo este período sem comer açúcar. Mas depois do parto suas taxas voltam ao normal e a diabete desaparece.

** Entre os problemas renais, podem estar a insuficiência renal aguda, insuficiência renal crônica e disfunção renal. Quando estão em níveis muito avançados, é necessário ficar fazendo hemodiálise até que consiga fazer uma cirurgia de transplante de rim. Doenças como diabete e hipertensão podem contribuir para a o agravamento destas situações.

Como fazer o chá de Quixaba

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de casca de quixaba
  • 1 litro de água

Como fazer:

  1. Coloque um litro de água e duas colheres de sopa de casca de quixaba em uma chaleira e leve ao fogo;
  2. Deixe ferver;
  3. Depois que a água levantar fervura, marque 15 minutos no relógio;
  4. Quando passar os 15 minutos, desligue o fogo e deixe o chá descansar por 10 minutos;
  5. Depois dos 10 minutos de repouso é só coar e já está pronto para consumo;
  6. Aconselha-se beber de duas a três xícaras de chá por dia.

Dica

Ao invés de fazer o chá de Quixaba, os antigos preferem usufruir de seus benefícios de outra maneira. Costumam lavar as cascas com água e vinagre e depois deixá-las de molho apenas em água morna, durante toda a noite. No outro dia de manhã é só tomar um copo da água em que a quixaba ficou mergulhada a noite toda, de preferência em jejum.