Benefícios da avelã para a saúde

A avelã, muito usada em confecções de doces como Nutella e trufas de chocolate, vem…


A avelã, muito usada em confecções de doces como Nutella e trufas de chocolate, vem de uma árvore que recebe o mesmo nome e possui um sabor muito peculiar que é popularmente usado para acrescentar sabor aos cafés e licores. A Turquia, seguida da Itália e dos Estados Unidos, são os três países que mais produzem avelã no mundo todo.

A árvore pertence à família das Betulaceae, e também é conhecida como aveleira. Com altura entre 3 e 8 metros, a árvore produz o fruto, que pode ser consumido ao natural, na forma de óleo, ou ainda como adição à pratos e sobremesas. A noz, produzida em cachos que podem ter até 5 delas, é usada no consumo, trazendo muitos benefícios para a saúde de quem as insere na alimentação.

Benefícios da avelã para a saúde

Foto: Reprodução

Os benefícios e as propriedades

A avelã atua como um excelente adstringente, antidiarreico, cicatrizante, nutritivo e depurativo. Graças à essas propriedades, pode ser usada no tratamento de convalescença, desnutrição, diarreia, inflamação intestinal, feridas, ulceração e na cicatrização de úlceras, chagas e ferimentos da pele.


Quando consumida, devido à riqueza em gorduras insaturadas – a gordura boa – é excelente para o coração. Ajuda a reduzir o colesterol ruim e a aumentar o bom, além de fornecer magnésio – responsável por regular os níveis de cálcio que, quando desregulados, podem causar batimentos irregulares do coração. Além disso, com a quantidade de cálcio regulada, as contrações musculares são estimuladas, fazendo com que os músculos relaxem quando não são necessários. Esse processo é auxiliar no alívio de tensões musculares, dores, espasmos, fadiga e câimbras.

Por ser rico em vitamina E, o fruto pode ser usado ainda como método de prevenção contra o câncer na bexiga. Essa vitamina, em uma xícara de avelã, tem 86% da dose diária recomendada, atuando ainda na proteção da pele contra a radiação ultravioleta – que, em seus efeitos nocivos, pode causar câncer de pele e envelhecimento precoce.

São ricas ainda em manganês, vitaminas B1, B2, B3, B5, B6 e B9, e ajudam no combate às doenças do sistema nervoso, como a depressão, a ansiedade e o estresse, além de melhorar o funcionamento da memória e de todo o sistema nervoso.

Como consumir?

A avelã deve ser consumida em sua forma natural, torrada ou ainda com mel, mas pode ser usada ainda na fabricação de pastas, bombons, sorvetes, tortas e muitos outros doces. O óleo é frequentemente usado na indústria dos cosméticos na fabricação de hidratantes para a pele e shampoos.


Reportar erro