1 em cada 3 brasileiros sofre com dor. Trate com remédios naturais

A expectativa do especialista é que mais pessoas busquem uma melhor qualidade de vida, livre da dor

Infelizmente, a dor é algo tão frequente que existe até um Dia Mundial de Combate a Dor, que acontece anualmente no mês de outubro. Cerca de 60 milhões de pessoas, somente no Brasil, sofrem com as dores crônicas, que são aquelas que persistem por mais de três meses.

Os pacientes com câncer são os que mais sofrem. 50% sentem dores nos estágios iniciais da patologia, contra 90% em casos mais avançados. Diante dessa realidade 40,4% afirmaram que sentem desânimo, 35,6% ficam angustiados e em 17,5% bate o desespero.

Entendendo a dor, segundo especialista

De acordo com o médico João Marcos Rizzo, sentir dor não é algo que deve ser considerado normal. “Há vários tipos de dor, cada uma com suas características, e existem diversas formas de amenizá-las. Médicos e pacientes tendem a não colocar a dor como prioridade, afetando de maneira negativa o tratamento. Por isso a importância de se conversar sobre o tema para buscar sempre a melhora na qualidade de vida”, explica.

1 em cada 3 brasileiros sofre com dor. Veja como tratar com remédios naturais

Foto: depositphotos

O nosso país, segundo o médico, negligencia muito a dor como sintoma. “O paciente que sofre com dor, hoje no Brasil, enfrenta uma série de obstáculos até vencer o problema: a falta de comunicação com o médico, preconceito com os analgésicos opioides e, ainda, barreiras de acesso. Por exemplo: estamos aguardando parecer do Ministério da Saúde sobre a revisão do documento que padroniza o tratamento da dor crônica na rede pública – o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas (PCDT). No início do ano, foi realizada uma enquete pública que possibilitou o envio de sugestões para ampliar a diversos tipos de analgésicos opioides, como a oxicodonade liberação lenta,o fentanil transdérmico, a buprenorfina transdérmica, o tramadol, fármacos essenciais em situações específicas mas bastante frequentes”.

A expectativa do especialista é que mais pessoas busquem uma melhor qualidade de vida, livre da dor. Por isso, o médico acredita que o Dia Mundial de Combate a Dor é importante.

Remédios naturais contra dor

Algumas dores causadas por problemas de saúde podem ser aliviadas com o consumo de remédios naturais. Veja algumas indicações:

Dor de garganta

Utilize uma colher (de chá) de mel, meia xícara de água quente e uma colher (de chá) de suco de limão. Beba quente para aliviar as dores da inflamação.

Dor muscular

Tome vinagre de maçã com água morna e uma colher de mel para acabar com as dores provocadas por câimbras.

Dor de cabeça

Faça um chá de camomila e despeje-o em uma tigela com pedras de gelo. Molhe um pano na mistura e repouse sobre as pálpebras por 20 minutos.

Dor de dente

Masque cravo-da-índia ou as folhas de losna. Ambas possuem propriedades antissépticas que evitam a proliferação de bactérias. Isso vai diminuir a dor e amenizar a inflamação.

Dor de estômago

Rale uma batata crua e enrole-a dentro de um pano limpo. Em seguida, esprema-a e beba o sumo como suco, logo em seguida.

Dor menstrual

Prepare um suco de salsa e beterraba para combater a dor menstrual. Beba até dois copos por dia nos dias em que a TPM estiver mais forte.