Repelente natural para se proteger do mosquito do zika vírus

Segundo o Ministério da Saúde subiram para 1.761 os casos suspeitos de microcefalia no Brasil, doença relacionada com o zika vírus. Saiba como se proteger


O zika vírus é recente no Brasil, datando abril de 2015. Mesmo tendo sintomas menos agressivos que os constatados em casos de dengue, por exemplo, a doença se torna preocupante, uma vez que o Ministério da Saúde confirmou a relação do zika com a microcefalia, isto é, uma doença caracterizada pelo tamanho da cabeça e do cérebro de bebês que são menores do que o normal.

Para combater este vírus, é preciso mudar alguns hábitos. Eliminar todo objeto que esteja acumulando água parada, a exemplo de pneus, garrafas, pratos de vasos de planta etc; tampar devidamente caixas d’água e ter como medida de proteção o uso de repelentes. Estes últimos são vendidos em farmácias, mas também podem ser feitos em casa.

Zika vírus: transmissão, sintomas e consequências

O mosquito que transmite o zika vírus é o mesmo transmissor da dengue e da chikungunya, isto é, o aedes aegypti. Os sintomas são quase que os mesmos nas três doenças, mas no caso do zika os sinais são menos intensos, são eles:

  • Febre intermitente;
  • Erupções na pele;
  • Coceira;
  • Dor muscular.

No geral, o zika é menos perigoso que a dengue. Entretanto, a relação que esta doença está tendo com a microcefalia agrava o quadro. As grávidas que adquirem esse problema de saúde, acabam gerando filhos com essa malformação congênita. De acordo com o Ministério da Saúde subiram para 1.761 os casos suspeitos de microcefalia no Brasil. Bebês que nascem com a cabeça e o cérebro menores que o normal possuem essa condição neurológica.


Receita de repelente natural

Repelente natural para combater o mosquito da zika vírus

Foto: Reprodução/ internet

Além de eliminar os locais onde o mosquito aedes aegypti pode se desenvolver, as pessoas devem se proteger usando repelentes no corpo. Estes podem ser encontrados em qualquer farmácia, mas também podem ser produzidos em casa de forma natural. Algumas pessoas ao fazerem uso dos industrializados, apresentam reação alérgicas, por essa razão o caseiro é indicado. A dica é passar depois de ter aplicado outros produtos, como protetor solar e hidratante, tendo em vista que ele forma uma barreira para o mosquito e o afasta dos pacientes.

Ingredientes

  • 150 ml de glicerina líquida;
  • 150 ml de tintura de citronela;
  • 350 ml de álcool;
  • 350 ml de água.

Modo de preparo

Para fazer esse repelente caseiro, basta juntar todos os ingredientes em um recipiente escuro e deixá-los armazenados por um curto período de tempo. Quando for utilizá-lo, aplique diretamente na pele. Faça uso desse produto sempre que sair de casa ou estiver em um ambiente de risco, á exemplos de espaços sem saneamento básico, água parada etc.


Reportar erro