Propriedades da planta Carapa Guianensis, a Andiroba

Propriedades e detalhes Essa árvore tem o nome andiroba, do tupi-guarani andi-roba, referente às suas…


Propriedades e detalhes

Essa árvore tem o nome andiroba, do tupi-guarani andi-roba, referente às suas sementes, significando “gosto amargo”. É uma das árvores nativas da nossa imensa e rica Floresta Amazônica e tem grande utilização pela população da região norte, mas não só por esta, pois suas propriedades já são conhecidas em todo o país. Ela é utilizada na cosmética e também como tratamento fitoterápico para infecções respiratórias, úlceras e dermatites, já que é cicatrizante e antitérmico.

Andiroba

Ilustração do fruto da andiroba | Fonte: smartkids.com.br

São extraídos o óleo e as gorduras dessa planta e fabricados com eles, além de repelentes de insetos, também cicatrizantes, antiinflamatórios e antissépticos. Na indústria cosmética vem sendo largamente utilizados na formulação de sabonetes, cremes e óleos de banho e massagem, shampoo, entre outros.


Usos típicos

A população costuma usar o óleo para massagear o local de contusões,  de reumatismo, inchaços e até para a cicatrização de machucados. Também como repelente, aplicando o óleo puro no corpo, ou queimando o bagaço para espantar os insetos. Usado como um regenerador e reconstituinte da pele, o óleo é aplicado, acabando com inflamações e também dores superficiais. Também é usado como vermífugo.

O Ministério da Saúde do Brasil reconheceu os poderes fitoterápicos dessa planta e, recentemente, um pesquisador americano registrou patente sobre a utilização da andiroba no tratamento da celulite, já que, segundo pesquisas, os lipídios presentes na planta tem o poder de impedir o acúmulo de gordura e a mudança das células em adipócitos.

A andiroba, além do uso do óleo, também na indústria cosmética e farmacêutica, pode ser utilizada na forma de infusão de folhas ou decocção da casca, em diversos tratamentos, desde febres até úlceras, mas não se esqueça: os tratamentos fitoterápicos são poderosos, mas a consulta a um médico também se faz importante para saber exatamente do que se tratam as doenças, por isso, não se descuide!


Reportar erro