Benefícios e propriedades da planta rosmaninho

Conheça a planta rosmaninho e descubra suas utilizações. Saiba quais são os benefícios e propriedades e formas de cultivo


Rosmaninho é uma planta pertencente à família das lamiaceae cujo nome científico é lavandula stoechas L., a qual é bastante comum na região mediterrânica. A planta é arbustiva de pequeno porte, tendo entre 20 e 40 centímetros de altura. A planta, aromática, tem caule direito, ascendente ou prostrado, e suas folhas têm coloração verde-acinzentada e são inteiras e estreitas. Suas flores, por sua vez, são abrigadas em uma espécie de espiga e podem ter coloração entre branco e roxo e possuem um aroma bastante parecido com o da alfazema.

A planta é bastante confundida com o alecrim devido o nome científico deste (rosmarinus officinalis) e a maior parte de sua produção, atualmente, é proveniente da Espanha, do Marrocos e da França. Uma das mais antigas presentes tanto na medicina quanto na astronomia, a planta já é estudada quanto aos seus benefícios há muitos anos.

Floração e plantio

As flores aparecem no começo da primavera e duram até setembro. Seu plantio é feito por meio de uma parte da planta que, normalmente, é a raiz, e deve ser retirada das plantas que estão saudáveis, bem desenvolvidas e com boas características.

Benefícios e propriedades da planta rosmaninho

Foto: Reprodução/ internet


É necessário que sejam plantadas no local definitivo ou em canteiros com espaçamento entre 40 e 50 centímetros entre elas. A planta, bastante rústica, não exige muitos cuidados: não precisa de muita água e nutrientes, sendo inclusive espontânea em terrenos pobres em nutrientes. A adubação ao final do outono e no começo da primavera, ajuda a estimular o crescimento. Já o florescimento é a melhor época de colheita, uma vez que é neste período que o aroma e sabor estão mais intensos.

Benefícios e propriedades

A planta pode ser usada como um excelente anti-inflamatório por meio de massagens, além de possuir efeito relaxante com a mesma forma de aplicação nas costas, braços ou pernas. Atua também como um ótimo e potente antioxidante natural e ajuda a inibir a peroxidação lipídica da membrana celular.

Devido a presença de um ácido conhecido como ácido rosmarínico e sua ação anti-inflamatória, a planta atua ainda como os anti-inflamatórios industrializados, na formação das prostaglandinas. A planta pode ser usada ainda como tonificante, energética, estimulante do crescimento capilar, fortalecedor do couro cabeludo, combatente da acne, além de ser indicado para caspa seborreica e tratamentos contra cabelos gordurosos.

É indicada ainda para limpar o fígado em casos de excessos de bebidas alcoólicas, no tratamento de bronquite, asma e enxaqueca.


Reportar erro