Benefícios da lavanda e seu óleo essencial

A lavanda, também chamada de alfazema, é uma planta nativa da região mediterrânea e é…


A lavanda, também chamada de alfazema, é uma planta nativa da região mediterrânea e é a mais conhecida da Aromaterapia, sendo ampla e historicamente utilizada nas indústrias de perfumaria, medicamentos e alimentos.

Devido à sua composição química, a lavanda possui diversas propriedades terapêuticas, dentre as quais podemos citar as seguintes: analgésica, antidepressiva, antirreumática, cicatrizante, antiespasmódica, anti-inflamatória, inseticida e tônica. Apresentando flores lilás e folhas cobertas com um revestimento prata, a lavanda pode ser cultivada dentro de casa.

Benefícios da lavanda e seu óleo esencial

Foto: Reprodução

O óleo essencial de lavanda

O óleo essencial de lavanda é um líquido extraído por meio da destilação das flores frescas da planta e, de todos os óleos essenciais, é o mais usado na medicina, na cosmética e na perfumaria. De aroma bastante agradável, este óleo possui variadas propriedades que ajudam na melhoria da saúde e na conquista do bem-estar corporal e mental.

Este óleo essencial é excelente para desinfeccionar feridas e também pode ser utilizado para massagens no alívio de dores no corpo. Nos tratamentos de beleza, o óleo essencial de lavanda também é bastante utilizado para cuidar de pele oleosa e acnes.


As propriedades e os benefícios da lavanda

Devido às suas propriedades terapêuticas, a lavanda pode ser usada para tratar várias condições de saúde: problemas de pele, como acne, pé-de-atleta, bolhas e caspa; dores musculares e reumatismo; asma e bronquite; cólicas abdominais e TPM, ansiedade, estresse, dentre outros problemas.

O benefício mais conhecido do óleo essencial de lavanda está relacionado com os seus efeitos anti-inflamatórios. Devido a essa propriedade, a planta é excelente no tratamento de queimaduras, inflamações, psoríase e feridas.

Além dos já citados, a lavanda também proporciona os seguintes benefícios:

  • Trata problemas respiratórios, como gripe, bronquite, tosse, asma, laringite e congestão nasal;
  • Excelente relaxante, esta planta ajuda a baixar a tensão arterial e na melhora da regulação da função cardíaca;
  • As propriedades relaxantes da lavanda também auxiliam no tratamento de problemas do sistema nervoso, como dor de cabeça, insônia, depressão e fadiga nervosa;
  • Devido às suas propriedades diuréticas, o óleo essencial de lavanda favorece a eliminação de líquidos e substâncias nocivas para o organismo;
  • Alivia cãibras e ajuda a restabelecer desequilíbrios hormonais;
  • O óleo essencial de lavanda também atua no aumento do movimento intestinal e no estímulo da digestão;
  • Reduz a tensão muscular.

Como utilizar a lavanda?

Além do óleo essencial da planta, também são utilizados o vinagre de lavanda e as suas flores. O chá de lavanda é indicado para tratar ansiedade, dores de cabeça e reumatismo; já o seu vinagre é útil no tratamento de constipações e febres.


Reportar erro