,

Chá de inhame para engravidar; veja como fazer e seus benefícios

Entre as tantas propriedades que o inhame apresenta, ele é capaz de prevenir alguns tipos de câncer

Para aquelas mulheres que tem o sonho de engravidar e querem dá aquela forcinha aos tratamentos receitados pelo obstetra, apostar nos ingredientes naturais pode ser uma excelente saída. Nesse sentido, o chá de inhame possui muitos benefícios.

Porém, antes, é bom que o médico esteja ciente de toda e qualquer mudança na rotina, mesmo com a utilização de ingredientes naturais. Apesar de não parecer, eles podem atrapalhar o efeito dos medicamentos, no lugar de ajudar.

Se alguma vez você se questionou quanto as propriedades naturais que o chá de inhame apresenta quanto a ajudar as mulheres a engravidar, chegou a hora de esclarecer todas as dúvidas.

Chá de inhame ajuda a engravidar

O chá de inhame é conhecido por conter incríveis propriedades fitoterápicas, como as substâncias que podem estimular a ovulação, melhorar a aparência da pele e fortalecer o sistema imunológico.

Para aumentar as chances de engravidar, a mulher deve começar a ingerir o chá do inhame ou incluir o próprio tubérculo cozido na alimentação, pelo menos nas duas primeiras semanas do ciclo menstrual.

De acordo com Frederick Naftolin, professor do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da escola de medicina da Universidade de Nova York, o consumo de inhame pode elevar as chances de gravidez.

O biólogo e especialista em plantas medicinais, Daniel Forjaz reitera as propriedades do inhame no que diz respeito aos benefícios para a mulher engravidar. “Mulheres que querem ter filho devem usar o inhame”.

Como exemplo da eficácia do tubérculo, Forjaz cita um exemplo. “Em muitos países da África, mulheres que consomem muito inhame, já que ele é um alimento bem comum, possuem muitos filhos, inclusive com maior incidência de gêmeos”.

Isso só é possível graças a possibilidade que o corpo tem de converte a diosgenina (estrogênio vegetal que é o precursor da progesterona) em outros dois hormônios essenciais para a ovulação, a exemplo do hormônio luteinizante (LH) e hormônio folículo-estimulante (FSH).

Veja tambémConheça as doenças provocadas pela obesidade durante a gravidez

O hormônio LH provoca a liberação do óvulo através do ovário, enquanto o FSH estimula o crescimento dos folículos. Já a diosgenina também produz outros efeitos positivos, como o alívio dos enjoos matinais durante o período de gestação.

Propriedades do inhame

O inhame possui elevado índice de carboidratos, vitaminas dos complexos A, B e C, amido, cálcio, ferro, fósforo e fibras dietéticas. O tubérculo possui ainda fitoestrógenos e um tipo de progesterona natural, a diosgenina, que ajudam a regular o equilíbrio hormonal.

“O inhame é uma planta alimentícia rica em nutrientes, além de possui dezenas de propriedades medicinais importantíssimas na vida das pessoas”, enfatiza o biólogo e especialista em plantas medicinais, Daniel Forjaz.

O inhame aumenta a saúde do coração, controla a pressão arterial, auxilia o fluxo sanguíneo renal e reduz a hipertensão. Ele também protege e melhora a visão, reduzindo as chances de cegueira e catarata.

O ingrediente também combate a má formação óssea, artrite e osteoporose; melhora o sistema nervoso, principalmente depois de certa idade, e faz bem também para a memória. O controle da glicose é outro benefício associado ao inhame, podendo ser usado, inclusive, por pacientes diabéticos.

O inhame também combate os sintomas de TPM. “Pesquisas demonstram que algumas substâncias que o inhame contém atuam sobre o sistema reprodutor feminino. Essas substâncias aliviam os sintomas da TPM”, diz Forjaz.

Veja também: Conheça algumas sugestões de chás para tratar do enjoo na gravidez

Por ser um alimento rico em fibras, o inhame possibilita o controle e redução do peso. Em relação aos benefícios que o tubérculo proporciona a pele, ele traz hidratação e ainda combate o envelhecimento precoce.

Outras propriedades do inhame são: reforçar o sistema imunológico e combater problemas intestinais como constipação.

Inhame contra o câncer

Entre as tantas propriedades benéficas para o corpo que o inhame apresenta, ele é capaz de prevenir alguns tipos de câncer. Isso acontece pelo fato do ingrediente combater os radicais livres que causam estresse oxidativo, associado a vários tipos diferentes de câncer.

O inhame impede a proliferação do câncer de mama, do câncer do cólon, do pulmão e de osteosacomas, que são cânceres malignos nos ossos. Além do mais, ele impede também a metástase”, afirma o biólogo e especialista em plantas medicinais.

Outra vantagem da utilização do inhame vem do combate a leucemia, um tipo de câncer presente na corrente sanguínea. “No que diz respeito a leucemia, o uso do inhame tem o poder de induzia a célula cancerígena a morrer”, testifica Forjaz.

Como preparar o chá de inhame

Ingredientes

  • 250 ml de água filtrada;
  • Cascas de dois inhames médios.

Modo de preparo

O primeiro passo a ser realizado é lavar bem a casca do inhame. Logo em seguida, com ajuda de uma panela com tampa, coloque a água para ferver e acrescente a casca do tubérculo.

Deixe ferver até que o líquido reduza pela metade. Passado esse tempo, desligue o fogo e deixe a mistura esfriar um pouco. Antes de ingerir, use uma peneira para remover a casca do inhame.

Veja tambémÉ permitido comer sushi durante a gravidez?

Cuidados e contraindicações

Para que a inserção do chá de inhame na sua rotina seja feita de maneira segura, o médico deve ser consultado. De antemão é importante destacar que o tubérculo é contraindicado para mulheres grávidas ou que estejam em processo de amamentação.

Isso se deve ao fato da bebida causar um possível descontrole hormonal. Crianças e pré-adolescentes também devem ficar longe da bebida, assim como pacientes com problemas de intestino.