Benefícios do alfavacão

Alfavacão (Ocimum gratissimum) é uma planta medicinal que apresenta coloração verde escura, pode atingir até…


Alfavacão (Ocimum gratissimum) é uma planta medicinal que apresenta coloração verde escura, pode atingir até dois metros de altura, possui flores grandes, que podem chegar a medir até 10 cm de comprimento, e flores de cor branca com tons levemente arroxeados. Considera-se que a origem desta planta é o Oriente, mas ela tem ampla distribuição no território brasileiro. É importante ressaltar que o alfavacão e a alfavaca (manjericão), embora tenham nomes parecidos, são plantas diferentes.

Devido à presença de um componente de seu óleo essencial, o eugenol, o aroma do alfavacão é bastante similar ao do cravo e, por isto, a planta passou a ser conhecida como “alfavaca-cravo” em algumas regiões.

As propriedades e os benefícios do alfavacão

Desde tempos antigos, quando alguém ficava resfriado e sentia muitas dores no corpo, o chá de alfavacão era indicado pelas pessoas mais velhas, pois combatia o resfriado em si e aliviava as dores do corpo.

O eugenol, componente do óleo essencial da planta, está presente com uma concentração de até 70% e contém propriedades que agem como antisséptico e analgésico, sendo indicado nos casos de resfriado com dores no corpo. O alfavacão também possui propriedades antiespasmódica, diurética, sudorífera e carminativa.

Devido às suas propriedades, o alfavacão é indicado no tratamento de casos de gripes, resfriados, bronquite, febre, inflamações da garganta e tosse. Em algumas regiões, a planta também é muito utilizada como calmante nos casos de nervosismo e até de paralisia. No Nordeste brasileiro, muitas doceiras fervem a água com as folhas do alfavacão antes de preparar os doces, o que proporciona um sabor suave e agradável de cravo.


Benefícios do alfavacão

Foto: Reprodução

Modos de usar o alfavacão

O alfavacão é mais usado nas formas de chá e de tintura, mas também pode ser encontrado no formato de cápsulas de 250mg, em algumas lojas de produtos naturais.

Para aproveitar os benefícios proporcionados pela planta, são utilizadas as suas folhas, sendo que o modo de preparo do chá depende do problema de saúde a ser tratado.

Chá de alfavacão

Para tratar tosse, gripe, bronquite, resfriado, febre, inflamações da garganta e reumatismo, basta colocar uma colher de chá de erva em uma xícara de chá de água fervente. A recomendação é tomar de 3 a 4 xícaras deste chá ao dia.

Para o tratamento de inflamações da boca e garganta, a indicação é preparar um chá por infusão, utilizando a proporção de 2 a 3 colheres de chá por cada xícara de chá de água fervente. Use o líquido para fazer bochechos ou gargarejos ou, ainda, banhar-se com a infusão, de 3 a 4 vezes ao dia.


Reportar erro