Você pode tratar problemas de próstata com chá de vara de ouro

Diante das propriedades de vara de ouro é possível dizer que esta planta pode ser um método preventivo para próstata, areia na urina e pedras nos rins

Tendo como origem o Oriente Médio, a vara de ouro é uma herbácea que pertence a família das Asteraceae e tem como nome científico Solidago virga aurea.

Assim como outras plantas, esta erva também carrega propriedades medicinais e, por isso, é indicada para beneficiar a saúde do corpo, principalmente no que se refere a problemas de próstata.

A planta ganhou tal nome devido a sua flor amarelinha que desabrocha no final do verão. Mas, além de ser conhecida como vara de ouro, a herbácea pode ser chamada de erva dos judeus, solidago e vira aurea.

Propriedades e benefícios desta planta

Você pode tratar problemas de próstata com chá de vara de ouro

Foto: depositphotos

  • Adstringente;
  • Anti-inflamatória;
  • Diurética;
  • Expectorante.

Diante das propriedades de vara de ouro é possível dizer que esta planta pode ser um método preventivo para próstata, areia na urina e pedras nos rins. Além disso, a erva também pode ser usada no tratamento de problemas de pele, gripes, úlceras, diarreia, distúrbios nos rins e dores de garganta. Outro benefício desta planta é o seu combate a aftas em crianças.

Como fazer o chá de vara de ouro?

O primeiro passo é sempre buscar o melhor lugar para comprar esta erva, seja em lojas físicas especializadas em produtos naturais ou online. Basta se certificar que o local é uma fonte segura para adquirir a vara de ouro. Além destas opções, é possível ainda encontrar a erva em algumas feiras livres. Após a compra, é hora de preparar o chá, usando 30 g das folhas e um litro de água.

Com os ingredientes a postos, reserve as folhas enquanto a água está no fogo. Aguarde o líquido ferver e após o processo de ebulição retire a panela do fogo. Despeje a água por cima das folhas, tampe o recipiente e espere a infusão ficar pronta, por aproximadamente 10 minutos. Após o tempo determinado, coe e sirva sem a adição de açúcar, adoçante ou mel. O consumo consciente é de até duas xícaras por dia, para melhorar os problemas do corpo e manter a saúde em dia.

Contraindicações

Vara de ouro é uma planta e por isso não passa por processos industriais, sendo portanto um produto natural. Mesmo com esta característica, não se pode exagerar no consumo desta planta, além de respeitar as contraindicações que ela impõe. Todos estes cuidados precisam ser levados em consideração porque existem componentes em determinadas plantas que não devem ser consumidos por certos pacientes.

Neste caso específico, a vara de ouro não deve ser ingerida por pessoas que apresentem edemas e insuficiência renal ou cardíaca, uma vez que elas podem sofrer o risco de terem uma piora em seus quadros clínicos. Outro ponto importante e que merece ser mencionado é que independentemente do problema enfrentado, o ideal é que o paciente busque por auxílio médico antes de se automedicar, seja por meio de tratamentos caseiros ou não.

Sobre o autor

Jornalista (MTB-PE: 6750), formada em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, pela UniFavip-DeVry, escreve artigos para os mais diversos veículos. Produz um conteúdo original, é atualizada com as noções de SEO e tem versatilidade na produção dos textos.