Vai na feira? Veja então como escolher a melhor graviola na hora da compra

Saiba quais detalhes devem ser observados na hora de levar o melhor exemplar da fruta para casa

Comprar frutas pode não ser tão simples para muitas pessoas, tendo em vista que, se quisermos levar bons exemplares para casa, teremos que observar alguns importantes detalhes no momento da feira. Como selecionar as melhores? Devemos observar a cor, o cheiro ou a firmeza da casca? Cada fruta tem o seu segredinho.

Neste artigo, aprenda a escolher graviola saborosa e no ponto certo na hora da compra.

Benefícios da graviola

A polpa da graviola é bastante fibrosa e uma excelente fonte de vitamina B, além de conter uma boa quantidade de outros nutrientes, como proteínas, carboidratos, vitamina C, fósforo e potássio.

Vai na feira? Veja então como escolher a melhor graviola na hora da compra

Foto: depositphotos

A fruta é pobre em gorduras e os seus principais benefícios incluem o combate à prisão de ventre e o auxílio no processo de emagrecimento. Graças às fibras presentes na graviola, o alimento ajuda a regular o intestino e diminui o apetite.

Devido às suas propriedades terapêuticas, a graviola pode auxiliar no tratamento de diversas condições de saúde, como diabetes, dores de reumatismo e doenças de estômago, como úlcera e gastrite. Além disso, a fruta também contém propriedades sedativas que ajudam a adormecer e, por ser diurética, ajuda a regular a pressão alta.

Apesar dos benefícios proporcionados pela graviola, o seu consumo é contraindicado para mulheres grávidas, pois pode provocar aborto.

Como escolher graviola de qualidade?

A graviola será consumida imediatamente ou não? Se não for para consumo imediato, recomenda-se escolher os exemplares bojudos de coloração verde-clara opaca, com saliências bem afastadas uma das outras, mas firmes. Se quiser comprar graviola madura, escolha o exemplar que estiver macio e com as partes dos espinhos pretos.

Para confirmar se a fruta está madura, pressione gentilmente a casca. Se estiverem maduras, ela não resistirá e se romperá. Procure evitar os exemplares que estiverem com a casca preta, rachada, mole demais e com sinal de mofo. Se levar as frutas verdes para casa, deixe em local fresco e protegido da luz até que fiquem macias.

Sobre o autor

Formada em Letras (Licenciatura em Língua Portuguesa e suas Literaturas) pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), com certificado DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), outorgado pelo Instituto Cervantes. Produz conteúdo web, abrangendo diversos temas, e realiza trabalhos de tradução e versão em Português-Espanhol.