Tratamento caseiro para infecção urinária

Os banhos de assento são algumas das alternativas eficazes no tratamento e prevenção da ITU

Existe tratamento caseiro para infecção urinária capaz de sumir com o problema de uma vez por todas. Na verdade, alguns métodos naturais e remédios caseiros conseguem acelerar bastante o tratamento da Infecção no Trato Urinário (ITU) e previnem que esse problema nunca volte a surgir.

Algumas receitas caseiras, usando propriedades de plantas e substâncias, são capazes de ajudar o organismo a eliminar mais rápido as bactérias que causam males ao sistema urinário.

Existem também algumas dicas sobre como aliviar os sintomas desse problema, principalmente as dores na hora de urinar.

Como todo mundo já sabe, o tratamento de infecções deve ser feito com o uso de antibióticos receitados por um médico. Contudo, essa medicação não impede que a doença volte a surgir. É muito comum a reincidência da infecção urinária, principalmente nas mulheres. Logo, é aí que entram os tratamentos caseiros.

Sendo estes métodos naturais, os mesmos servem para eliminar bactérias, melhorar o funcionamento dos órgãos do trato urinário, tratar a cistite, melhorar a qualidade da urina e mandar embora de vez a infecção urinária. Confira.

3 tratamentos caseiros para infecção urinária

Existem remédios caseiros e tratamentos naturais contra a infecção urinária

A infecção urinária é caracterizada por dor e vontade constante de fazer xixi (Foto: depositphotos)

1- Água com bicarbonato de sódio

Em primeiro lugar, esteja de barriga vazia para tomar essa solução. Só assim a mesma terá alcance para aliviar a infecção urinária. Se você tomar de barriga cheia, o sódio vai parar no bolo alimentar e acabar indo todo para o seu organismo, o que será um excesso de sódio.

Adicione 1 colher (de sopa) de bicarbonato de sódio em um copo de água cheio. Simultaneamente, você já deve ir mexendo um pouco a mistura. Verá que começará a borbulhar, isso é normal. Trata-se da reação do bicarbonato com a água. Quando as borbulhas estiverem prestes a cessar, beba um copo de água pura e depois tome a mistura. Tome 1 vez por dia durante 1 semana.

Esse tratamento caseiro é conhecido por muitos e possui bastante eficácia. O bicarbonato de sódio tem função higienizadora dos rins, o que melhora a qualidade da urina. Além disso, o sódio é capaz de neutralizar a acidez da urina, o que diminui as dores e queimação durante a micção.

Resumidamente, a ingestão da água com bicarbonato de sódio cria um ambiente alcalino na bexiga. O que dificulta muito a proliferação de bactérias nesse local e nos canais por onde passa a urina. Se já estiver curado(a) da infecção urinária, beba a solução apenas 1 vez na semana.

Veja também: Como tratar infecção urinária na gestação naturalmente

2- Banho de assento com bicarbonato de sódio

Para preparar essa receita, use 1 colher (de sopa) de bicarbonato de sódio para 1 litro de água. Geralmente 2 ou 3 litros de água são suficientes. Ferva a água e coloque em uma bacia que dê para você sentar. Adicione o bicarbonato e misture bem. Espere amornar.

Enquanto a água amorna, lave-se no chuveiro ou com o chuveirinho para eliminar a sujeira superficial das partes íntimas. Após isso, sente-se na bacia e comece a passar a mistura pelo ventre e partes íntimas, e pode esfregar se preferir, mas faça isso com as mãos. Não use buchas ou esponjas de banho, ou mesmo escovas.

Fique com o ventre submerso na mistura por cerca de 20 minutos. Em seguida, levante-se, despeje a solução no ralo ou vaso sanitário e enxágue o corpo se lavando no chuveiro. Esse método é ótimo para eliminar bactérias presentes na uretra.

É uma alternativa muito eficaz no tratamento de doenças nas partes íntimas, tanto para homens quanto para mulheres. É benéfica no tratamento de infecções urinárias, candidíase, herpes, hemorroidas, mau-cheiro e higienização de pequenos ferimentos.

No caso das mulheres, especificamente, a alternativa é excelente para manter a higiene vaginal em dia, o que acelera e reforça o tratamento da infecção no trato urinário. O bicarbonato de sódio possui propriedades antibacterianas e antifúngicas, além de ser ótimo para eliminar odores.

Tome esse banho de assento 1 vez por semana para evitar outros quadros de infecção urinária. Esse método é muito eficaz para se prevenir da presença de bactérias na uretra.

3- Banho de assento com vinagre

Ferva 3 litros de água e a coloque numa bacia. Enquanto ela amorna, se lave no chuveiro para eliminar impurezas e sujeira superficial. Quando a água estiver morna, adicione 2 colheres (de sopa) de vinagre e misture bem. Em seguida, se sente na mistura e esfregue as partes íntimas com as mãos. Repita o processo de 3 em 3 dias.

O banho de assento com vinagre é bem similar ao banho de assento com bicarbonato de sódio. Ajuda a higienizar as partes íntimas, em especial, a uretra. Contudo, durante quadros de infecção urinária, esse tipo de banho pode causar leve ardência no canal da urina.

Afinal, o vinagre é um ácido com alta eficácia antibacteriana. As propriedades da substância são responsáveis por eliminar bactérias presentes no fim do canal urinário. Esse banho é muito recomendado após relações sexuais, pois elimina possíveis bactérias nas genitálias.

Se não estiver com infecção urinária, use esse método para se prevenir de problemas. Prepare e tome o banho de assento com vinagre 1 vez por semana.  

Veja também: Banhos de assento – Para que servem e receitas

3 plantas medicinais benéficas

Uva ursi

Faz parte do tratamento caseiro para infecção urinária o uso da uva ursi

É possível usar essa planta em forma de extrato ou cápsulas (Foto: depositphotos)

Uva ursi é um arbusto de pequeno porte que produz folhas com altas propriedades antissépticas, que ajudam na higienização do corpo, em especial, o trato urinário. Alguns livros apontam que o extrato das folhas de uva ursi é utilizado há centenas de anos como remédio para infecção urinária.

Ela pode ser encontrada tanto como extrato quanto como cápsulas. Na versão em extrato ela deve ser ingerida de 125 mg a 250 mg três vezes ao dia. Contudo, não se deve prolongar o seu uso após sentir as melhoras, pois pode fazer mal.

Na versão em cápsulas, o recomendado é ingerir de 500 mg a 1.000 mg também 3 vezes ao dia. Olhe na embalagem do produto quantos gramas possui cada cápsula.

Outro cuidado com o uso dessa planta é que não se deve consumir muita vitamina C durante o seu uso regular. As duas substâncias aumentam a acidez da urina, o que pode provocar queimação e dores durante a micção.

Equinácea

Faz parte do tratamento caseiro para infecção urinária o uso da equinácea

O chá de equinácea é um bom reforço ao sistema imunológico (Foto: depositphotos)

A equinácea é uma planta que pode ser usada contra a infecção urinária por dois motivos. Primeiro, porque é um bom reforço ao sistema imunológico e previne que a infecção se expanda. Em segundo caso, a equinácea faz aumentar a ingestão de líquido, o que aumenta o fluxo urinário e a eliminação das bactérias.

Pode ser consumida em forma de chá. Para isso, adicione 2 colheres (de chá) de raiz de equinácea em 1 xícara de água quente. Deixe por 5 minutos, depois coe e beba. Esse chá pode ser consumido até 3 vezes ao dia.

Hidraste

Faz parte do tratamento caseiro para infecção urinária o uso da hidraste

Essa planta combate principalmente a bactéria E. Coli (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

O hidraste é uma planta super conhecida pelo seu potencial no tratamento de infecção urinária. Alguns livros e especialistas, inclusive, a denominam como “arma natural contra a bactéria E. coli”, a principal bactéria que causa o problema.

As propriedades dessa erva não só ajudam a tratar infecções no trato urinário, como também estimulam o sistema imunológico e ajudam a curar inflamações (como a cistite). Tome de 500 mg a 1.000 mg do extrato da raiz de hidraste 1 vez por dia durante 1 semana.

Veja tambémConheça uma excelente mistura para cólica renal

Qual tipo de chá é bom para infecção urinária

Chá de salsa

Esse chá é recomendado porque a salsa é muito boa para os rins. Além de melhorar o funcionamento desses órgãos, a erva ajuda a purificá-los e eliminar agentes nocivos do trato urinário. Além disso, possui vitamina C, o que ajuda a fortalecer o organismo e combater a infecção.

O chá de salsa é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

A salsa é uma hortaliça amiga dos rins (Foto: depositphotos)

Aqueça 500 ml de água juntamente com 2 colheres (de sopa) de salsa lavada e picada. Assim que a água começar a ferver, conte cinco minutos e desligue o fogo. Deixe descansar por 10 minutos na panela tampada. Beba o chá de salsa logo após. Tome 2 vezes ao dia.

Chá de alho

Esse chá é eficaz devido aos compostos antibacterianos encontrados no alho. Essas substâncias são consideradas pela ciência como poderosas armas de combate aos germes e bactérias que provocam a infecção urinária.

O chá de alho é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

O alho atua como poderoso antifúngico (Foto: depositphotos)

Preparar esse chá é bastante fácil, e seu uso traz inúmero benefícios contra a infecção urinária. Primeiro, leve uma xícara de água ao fogo. Quando atingir o ponto de pré-fervura, descasque dois dentes de alho frescos e os esprema, em seguida coloque-os na água. Deixe por 5 minutos. Depois coe e beba.

Chá de urtiga

O chá de urtiga é benéfico porque é bastante diurético. Seu consumo aumenta a produção de urina pelos rins, o que ajuda a eliminar mais bactérias durante as micções.

O chá de urtiga é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

Por ser diurética, o chá de urtiga ajuda na eliminação das bactérias (Foto: depositphotos)

Para preparar o chá de urtiga, aqueça 1 xícara de água e depois adicione uma colher (de chá) de urtiga desidratada. Mexa um pouco e deixe por 5 minutos. Depois, retire as folhas da erva e beba o chá. O recomendado é o consumo de 1 xícara por dia.

Veja também: Urtiga miúda: propriedades e benefícios do chá dessa planta

Chá de ligústica

A ligústica é uma erva da família da cenoura. É conhecida por ser uma planta de jardim, mas também por possuir propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias.

O chá de ligústica é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

Além de ser anti-inflamatória, a ligústica é antibacteriana (Foto: depositphotos)

Adicione 2 colheres (de chá) de raiz de ligústica desidratada e picada em uma xícara de água quente e deixe apurar por 5 minutos. Por último, coe e beba em seguida. Não adicione açúcar, pois diminui drasticamente os benefícios da erva.

Chá de carqueja

A carqueja ajuda no combate a infecção no trato urinário porque é diurética e anti-inflamatória. Além de aumentar a produção de urina, ajuda a diminuir as dores e queimação proporcionadas pelo problema.

O chá de carqueja é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

A carqueja ajuda a diminuir as dores e queimação decorrentes da ITU (Foto: Reprodução | Wikimedia Commons)

Coloque um litro de água no fogo até entrar em ebulição. Logo após, desligue o fogo e 20 gramas de folhas picadas da carqueja. Tampe a panela e deixe descansar por 10 minutos. Em seguida, coe e beba. Esse chá pode ser preparado e consumido 3 vezes ao dia.

Chá de alfazema

A alfazema é uma erva que traz benefícios contra infecções, graças aos taninos em sua composição. Desse modo, ajuda no tratamento contra a infecção no trato urinário. A alfazema mata as bactérias e germes do organismo.

O chá de alfazema é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

A alfazema ajuda no tratamento contra a infecção no trato urinário (Foto: depositphotos)

Coloque um litro de água para ferver. Quando chegar em ponto de ebulição, desligue o fogo e coloque duas colheres (de chá) das folhas de alfazema, tampando a panela em seguida. Deixe por 10 minutos. Depois abra, espere esfriar um pouco, coe e beba. Esse chá pode ser consumido até 4 vezes ao dia.

Chá de aroeira

A aroeira ajuda a tratar a infecção urinária porque é diurética, antibacteriana e anti-inflamatória. É também uma ótima alternativa para o tratamento de cistite e outras inflamações do trato urinário.

O chá de aroeira é indicado para tratamento caseiro da infecção urinária

Além de tratar inflamações do sistema urinário, a aroeira combate cistites (Foto: depositphotos)

Coloque 20 gramas das cascas da aroeira lavadas dentro de um litro de água e ponha no fogo para ferver. Após a ebulição, deixe por 15 minutos e desligue o fogo. Deixe esfriar e use uma peneira para coar. Conserve na geladeira. Consuma três vezes ao dia.

Veja também: Chá de aroeira para corrimento vaginal

Infecção urinária e as suas causas

Em primeiro lugar é preciso esclarecer que a infecção urinária é unicamente a presença de bactérias no trato urinário. Usualmente, as bactérias que causam essa doença já estão no corpo do próprio paciente, e apenas se deslocam de outras regiões para os órgãos e canais do fluxo da urina. Motivos diversos fazem as bactérias saírem principalmente do intestino e chegarem aos tecidos dos órgãos do trato urinário.

Segundo o médico especialista, Pedro Pinheiro, em artigo publicado no site MD. Saúde, existem 3 categorias de infecções urinárias. A primeira se chama pielonefrite, que é quando acomete os rins. A segunda é chamada de cistite, que é quando o problema ocorre na bexiga. Por último, há a uretrite, que é quando as bactérias estão na uretra.

Por outro lado, as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) também são uma das principais causas da infecção urinária, principalmente nas mulheres. Estas são as mais conhecidas causas da uretrite, em ambos os sexos.

Por último, vale salientar que única maneira de tratar e combater realmente a infecção urinária é com o uso de antibióticos. Alternativas naturais e caseiras trazem benefícios e muita prevenção, mas não são capazes de eliminar as bactérias que causam este mal.

É preciso levar essa doença a sério antes que a infecção se agrave e traga risco de vida ao paciente. Procure um médico em caso de suspeita.

Sintomas do problema

A infecção urinária possui alguns sintomas típicos, mas o importante é ressaltar que os sintomas em si variam dependendo de onde as bactérias se encontram no trato urinário e como está o quadro imunológico de cada pessoa. Quando a infecção se dá na bexiga, há a possibilidade de sintomas que não são comuns na infecção urinária que corresponde a uretra, por exemplo.

De início, o sintoma comum em todos os tipos de infecção é a dor ou incômodo para urinar. Pode se tratar de uma pontada, queimação, ardência ou mesmo a sensação de peso na bexiga (bexiga cheia).

Outro sintoma recorrente em todos os tipos de infecção urinária é o surgimento de sangue na urina. Uma única gota de sangue é capaz de deixar a urina com tonalidade rosada. Por isso, é imprescindível estar atento(a) a coloração da urina, principalmente, se houver dor durante a micção.

Além disso, há uma situação comum durante um quadro de infecção no trato urinário que diz respeito a sentir vontade constante de urinar. Isso acontece devido a inflamação, principalmente na bexiga. Essa vontade não se dá pela bexiga cheia, portanto durante as micções há pouca urina.

Remédio caseiro para tratamento de infecção urinária feminina

As infecções urinárias atingem mais as mulheres do que os homens, isso é um fato. Segundo o livro “1.001 Remédios Caseiros”, da Seleções Reader’s Digest, 1 em cada 5 mulheres apresenta uma infecção urinária pelo menos uma vez no ano. O motivo é que o sistema urinário feminino é mais propenso a entrada de bactérias. Apesar disso, confira como tratar e se proteger desse problema.

Veja também: Cranberry ajuda a tratar infecção urinária

Aumente a ingestão de vitamina C e A

Estudos comprovaram que estas vitaminas são capazes de diminuir a fixação de bactérias na bexiga. Logo, uma boa ingestão de vitamina C ajuda tanto a tratar a infecção urinária quanto a se prevenir desse problema. Entre as principais fontes de vitamina C estão o pimentão amarelo, a acerola e o camu-camu.

A vitamina A pode ser encontrada de forma abundante no fígado, óleos de peixes e na gema de ovo. Verduras como cenouras e espinafre também contém vitamina A em sua composição.

Queijo e iogurte

Pesquisas apontam que a ingestão de queijos e iogurtes (naturais) ajudam na prevenção da infecção urinária feminina. Isto porque esses alimentos contêm bactérias benéficas, que ajudam a diminuir a capacidade das bactérias que fazem mal ao trato urinário.

Não use espermicida e diafragma

Dos métodos anticoncepcionais, os espermicidas e diafragmas são o mais responsáveis por facilitar o surgimento de infecção urinária. Isso porque esses anticoncepcionais causam alterações na flora bacteriana da vagina, possibilitando a entrada de bactérias que podem chegar a uretra.

Cuidados após a relação sexual

Durante a prática sexual, a genitália feminina fica muito exposta às bactérias do ambiente externo. Por isso, ginecologistas recomendam que as mulheres lavem a genitália e urinem logo após o sexo. Esse hábito ajuda a eliminar as bactérias antes que elas se fixem e possam causam problemas, como infecções.

Procure um médico

Tratamento caseiro para combater a infecção urinária são bastante eficazes, mas é ideal ressaltar que esse tipo de problema deve ser tratado também com a supervisão de um médico especialista.

Vale lembrar que infecções devem ser tratadas com uso contínuo de antibióticos. Em alguns casos, quando a infecção se alastra pelo organismo e chega aos rins, principalmente, a vida do paciente pode ficar em risco de morte.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.