Sintomas de sinusite e tratamentos caseiros

A sinusite é caracterizada como sendo uma inflamação do tecido que reveste os seios da face

Você conhece bem os sintomas de sinusite, assim como os tratamentos caseiros? Caso a sua resposta tenha sido negativa, nesse post do Remédio Caseiro você vai ter a oportunidade de aprender mais sobre a doença.

A sinusite é caracterizada como sendo uma inflamação do tecido que reveste os seios da face. Na prática, isso pode resultar em uma infecção, acúmulo de muco e dor, o que acaba representando muitos incômodos para o dia a dia das pessoas.

É importante destacar que, a partir de alguns sintomas em específico, o paciente deve procurar o médico. Porém, para ajudar na resolução, uma série de tratamentos caseiros pode ser realizado para acabar com os principais sintomas da sinusite.

Sinusite: Tratamentos caseiros que aliviam sintomas

Entre os tratamentos que são benéficos contra os sintomas da sinusite, aqueles que podem ser feitos a partir dos ingredientes encontrados em casa são bem eficazes. Confira uma lista com as principais receitas:

Alho

O alho é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

As propriedades antibióticas desse bulbo conseguem resolver esse problema (Foto: depositphotos)

O alho é um ingrediente natural tão benéfico que, além de apresentar propriedades antibióticas vai ajudar no tratamento e na prevenção da sinusite. Veja como o alho pode ser usado no tratamento e prevenção da doença.

Para preparar o tratamento, basta triturar um pouco de alho e diluir em água. Aplique 10 gotas do líquido em cada fossa nasal. Esse tratamento deve ser repetido de duas a três vezes por dia.

Alecrim

O alecrim é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

Essa erva consegue diminuir os sintomas da sinusite (Foto: depositphotos)

O alecrim é uma erva usada para limpar as vias respiratórias, o que vai causar a diminuição dos sintomas da sinusite quase imediatamente. A erva elimina a mucosa que causa a obstrução da região.

O uso do alecrim deve ser na forma de chá. Coloque 200 ml de água para ferver, desligue o fogo e acrescente uma colher (de sopa) de alecrim. Nesse instante, inale a fumaça. Isso vai ajudar a aliviar os sintomas.

Veja também: Descongestionante nasal: conheça o chá que trata sinusite e rinite

Malva

A malva é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

Essa planta cria uma barreira contra os agentes externos que causam a sinusite (Foto: depositphotos)

A malva é uma planta que possui grande poder anti-inflamatório. Ela é ideal para aliviar o inchaço dos seios paranasais, desobstruindo a área. Ela também cria uma barreira contra os agentes externos que causam a sinusite.

Na receita, a malva deve ser usada no preparo de chá. Para isso, ferva 200 ml de água, desligue o fogo e acrescente uma colher (de sopa) de malva. Deixe descansar por cinco minutos, remova a erva utilizada e ingira de forma moderada.

Menta

A menta é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

Essa é uma das principais ervas usadas para acabar com os sintomas da doença (Foto: depositphotos)

A menta pode ser usada por pacientes com sinusite para eliminar a congestão dos seios paranasais. Por ser um ingrediente bastante simples de ser encontrado, aparece como um dos principais usados para acabar com os sintomas da doença.

Para usar a menta, basta preparar uma infusão e inalar o vapor. Dessa forma, ferva 200 ml e água, desligue o fogo e acrescente algumas folhas de menta. Coloque em um recipiente grande e posicione o seu rosto próximo ao recipiente.

Eucalipto

O eucalipto é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

As folhas e o óleo essencial do eucalipto desobstruem as vias respiratórias (Foto: depositphotos)

Conhecido por ser uma erva bastante aromática, o eucalipto desobstrui as vias respiratórias. Para as variações da sinusite que causa dor de cabeça, o eucalipto também atua na resolução desse problema.

Prepare uma infusão com o uso de algumas folhas de eucalipto. Para isso, ferva 200 ml de água, desligue o fogo em seguida e acrescente algumas folhas de eucalipto. Inale a fumaça. Você também pode substituir o uso de folhas pelo óleo essencial.

Suco de ervas

O suco de ervas é um tratamento caseiro capaz de aliviar os sintomas da sinusite

O suco de ervas é ideal para combater os sintomas da sinusite alérgica (Foto: depositphotos)

Essa receita é ideal para combater os sintomas da sinusite alérgica. Para tanto, ingredientes como espinafre e hortelã são utilizados. Por sinal, essas ervas possuem propriedades anti-inflamatórias e descongestionantes.

Na hora de preparar, pegue o liquidificador, adicione de uma só vez 200 ml de água de coco, uma colher (de sopa) de mel de eucalipto, 15 g de hortelã e 20 g de espinafre. Bata tudo e beba até três vezes ao dia, entre as refeições.

Veja também: Inalações poderosas para a sinusite!

Sintomas mais comuns

Na hora de identificar uma doença, prestar atenção aos sintomas que ela apresenta pode ser uma excelente saída. Isso acontece com a sinusite. Porém, procurar orientação médica também deve fazer parte do processo investigatório.

A sinusite desenvolve dores na região da face, secreção nasal e dor de cabeça. É importante destacar que alguns dos sintomas desenvolvidos pode variar de paciente para paciente, assim também quando é levado em consideração a intensidade da inflamação.

“Os sintomas de sinusite podem ser muito semelhantes aos de alergia e, por isso, quando a alergia dura mais de sete dias é preciso que seja avaliada por um clínico geral ou otorrinolaringologista, para iniciar o tratamento adequado”, diz o médico Juliano Pimentel.

Entre os principais sintomas apresentados estão: dor na região da face, principalmente na região conhecida por maçã do rosto, em volta dos olhos e ao redor do nariz; dor de cabeça, principalmente ao abaixar e deitar.

Além do mais, o paciente apresenta corrimento nasal, tosse e febre. Para que esses sintomas sejam apresentados, fatores de risco podem contribuir. Entre eles, destaque para alergia, desvio de septo nasal, traumas, baixa imunidade e tabagismo.

Sintomas de rinite

A sinusite desenvolve dores na região da face, secreção nasal e dor de cabeça

Os sintomas de sinusite podem ser muito semelhantes aos de alergia (Foto: depositphotos)

Pela própria terminação da palavra ou pelos sintomas semelhantes, a sinusite pode ser confundida com a rinite. A rinite é conhecida como alergia nasal. Trata-se de uma reação imunológica do corpo à partículas estranhas, também conhecidas por alérgenos.

A rinite alérgica é identificada como sendo uma inflamação do revestimento interno do nariz. Geralmente ela é causada por agentes externos, como a poeira e os ácaros. O paciente pode apresentar obstrução nasal, coriza, espirros e coceira no nariz.

Já a rinite vasomotora, os sintomas ocasionados pela doença podem aparecer mediante problemas na anatomia das vias nasais. Isso acarreta no desenvolvimento das temidas inflamações.

Veja também: Colocar alho debaixo do travesseiro todas as noites promove benefícios incríveis

Causas da sinusite

Muita gente se pergunta sobre os fatores que causam a sinusite. Nesse ponto é importante destacar que a doença é causada por agentes infecciosos, tais como bactérias, vírus e fungos ou também por fatores alérgicos.

“Exposição a determinados agentes químicos e alterações na anatomia nasal, ou dos seios da face, fazem parte do outro grupo de responsáveis pela sinusite. Há ainda casos mais raros que levam à sinusite, como a presença de um tumor”, detalha Pimentel.

A doença é dividida em dois segmentos, dependendo do tempo de duração dos sintomas. Esse é de até quatro semana para os casos de sinusite aguda e acima de quatro semanas para a sinusite crônica.

Sinusite crônica e aguda, qual a diferença?

A sinusite aguda dura até quatro semanas, já a crônica ultrapassa esse tempo

As dores da sinusite se concentram na área da mucosa dos seios da face (Foto: depositphotos)

Como foi dito anteriormente, o tempo da inflamação vai ser fator imprescindível para diferenciar o tipo de sinusite. Na maioria dos casos ela pode apresentar-se de duas formas distintas: aguda e crônica.

As duas formas da doença vão apresentar os mesmos sintomas, estes concentrados na área da mucosa dos seios da face, região do crânio formada por cavidades ósseas ao redor do nariz, maçãs do rosto e olhos.

A sinusite aguda

Na sinusite aguda, os sintomas duram por volta de quatro semanas. Eles devem melhorar naturalmente ou através do tratamento e acompanhamento do médico. Quando não tratada, a sinusite aguda pode evoluir para uma sinusite subaguda.

“A melhor forma de prevenir a sinusite aguda é manter a mucosa nasal hidratada, tratar a rinite alérgica e procurar um médico para acompanhar gripes e resfriados”, enfatiza o médico Juliano Pimentel.

A sinusite crônica

Diferente da sinusite aguda, na sinusite crônica, os sintomas que caracterizam a doença se estendem por mais de quatro semanas. Geralmente, ela é causada por bactérias mais resistentes.

Em grande parte dos casos, essa condição é desenvolvida pelo paciente devido à falta de cuidado no decorrer do tratamento. Quando este é feito através de antibióticos, a não continuidade pode acarretar no fortalecimento do vírus ou bactéria causadora.

Veja também: Chá natural para tratamento da sinusite

Sinusite causa tontura: mito ou verdade?

Na lista dos sintomas apresentados pelos pacientes com sinusite, a tontura pode estar presente. Porém, ela não é vista como via de regra. Desenvolvê-la ou não, vai depender do grau da inflamação e da condição de cada paciente.

“A tontura pode ser provocada pela intensa dor de cabeça advinda da sinusite”, explica a médica Nicole Geovana. Mediante isso, ela recomenda “que o paciente permaneça em repouso sentado ou deitado até a melhora do sintoma”.

O importante é que o paciente esteja assistido por um profissional. Isso vai garantir que os sintomas sejam controlados da forma correta. Além do mais, ele terá toda certeza que estará sendo orientado da melhor forma.

Como prevenir a sinusite

A sinusite é uma doença relativamente simples e comum, porém, quando não tratada de forma correta, pode trazer muitas outras consequências para a saúde humana, sobretudo no que se refere ao bem-estar.

“Seguir alguns cuidados ajudam os sintomas de sinusite a desaparecer mais rapidamente, como lavar o nariz com soro fisiológico, evitar ficar muito tempo em locais fechados, beber entre 1,2 a 2 litros de água por dia e manter uma alimentação de verdade”, completa o médico.

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.