Saiba para que serve a fruta noni

A fruta noni possui muitas vitaminas e sais minerais e se tornou famosa no Brasil pelo poder emagrecedor

Sabe aquelas frutas que provocam curiosidade nas pessoas? A noni é uma delas. Antes de começar a detalhar mais sobre ela, é bom que você saiba que ela possui muitas propriedades terapêuticas e nutricionais para a saúde humana.

Originária do sudeste asiático, a Morinda Citrifolia, fruta conhecida como noni, faz parte do cardápio de países como Polinésia, Taiti, Malásia e China. Devido a popularização das suas propriedades, a noni se espalhou por outros países.

Essa fruta é encontrada com facilidade na forma de suco. Por sinal, este produto vem se popularizando cada vez mais, justamente pelos benefícios que ele pode proporcionar ao organismo.

Propriedades da fruta noni

A fruta noni é rica em vitaminas A, do complexo B, C e E, além do mais ela possui sais minerais como cálcio, magnésio, potássio, ferro e fósforo. Ela também possui polifenóis, carboidratos, proteínas, ômega 6, óxido nítrico, betacaroteno e ácido fólico.

Proporcionando todas essas substâncias para a saúde, a fruta noni auxilia no combate ao envelhecimento e o aparecimento de doenças crônicas, tais como a diabetes, artrite, artrose, reumatismo e hipertensão.

Fruta noni

O nome científico dessa fruta é Morinda Citrifolia e ela é originária do sudeste asiático (Foto: depositphotos)

Ela também pode ajudar no tratamento de cólicas, convulsões, febre, prisão de ventre e tosse, além de estimular o fluxo menstrual. A fruta também é benéfica para as articulações, constipação, catarata, úlcera gástrica, distúrbios renais, insônia e inchaço.

A fruta também melhora a oxigenação do cérebro e por consequência também a memória. O suco da fruta evita doenças cardíacas, úlceras gástricas e problemas de circulação.

A noni também é usada para combater problemas mais sérios de saúde, como destaca o biólogo e especialistas em plantas do canal Autor da Própria Saúde, Daniel Forjaz. “O grande chamariz da noni é o seu potencial anti-cancerígeno”.

A fruta noni também contém escopoletina, substância antibacteriana, antifúngica e anti-inflamatória. Essa substância dilata os vasos sanguíneos e baixa a pressão arterial. O ingrediente também pode ser usado para combater inchaço causado por infecção parasitária.

Mais sobre os benefícios da fruta noni

O médico e cientista Augusto Vinhólis acredita que essa é uma fruta que representa muito para a saúde humana. “A noni representa a fruta da saúde e da longevidade. Essa fruta já é conhecida há mais de dois mil anos. Em alguns países ela é conhecida como fruta milagrosa e muito respeitada”, afirma.

Sobre os benefícios do suco noni para a saúde, Vinhólis chama atenção para seus nutrientes. “A noni possui 153 nutraceuticos, que são vitaminas, sais minerais e enzimas que ajudam no bom funcionamento do corpo”. Só para se ter ideia, a cenoura apresenta um nutracéutico.

Nutricionalmente falando, 100g de noni apresenta cerca de 2,7 vezes mais vitamina C do que o recomendado para o consumo diário. A fruta também tem o poder de melhorar a função sexual, tanto nos homens quanto nas mulheres.

Para as pessoas que sofrem com insônia, o suco de noni pode ser uma boa alternativa para tratar o problema. “No organismo, a noni eleva a produção de melatonina, o hormônio que facilita o sono”, conta Forjaz.

Veja também: As superfrutas brasileiras descobertas na Mata Atlântica

Cuidado ao consumir a fruta noni

Mesmo se tratando de um produto natural, sendo uma fruta que é amplamente recomendado por profissionais de saúde, o consumo da noni requer alguns cuidados.

Algumas pessoas desenvolveram reações não esperadas ao consumi-la. Entre elas, hepatite aguda, que é uma inflamação do fígado. Porém, esse é um efeito observado nas pessoas que consomem grandes quantidades da fruta por um período prolongado.

Veja também6 frutas que você talvez ainda não tenha provado

“Nos casos que houve toxidade com a noni, ao suspender o consumo, o organismo volta às suas condições normais, seja com a hepatite ou problemas renais”, enfatiza Daniel Forjaz.

Dessa forma, o mais seguro é recorrer a avaliação de um profissional antes de usar a fruta no processo de tratamento e cura de qualquer doença. Essa atitude vai resguardá-lo ainda mais.

“Se durante o tratamento você sentir algum mal-estar ou algo diferente do normal que esteja relacionado ao consumo da noni, suspenda o seu consumo e verifique se os sintomas passam. Caso passe, é sinal que você pode apresentar sensibilidade com a noni”, orienta Forjaz.

Devido à alta concentração de potássio, pessoas com problemas renais devem consumir a noni com moderação. “Nesses casos, a noni pode causar uma doença chamada hipercalemia, que é o excesso de potássio na corrente sanguínea”, alerta Forjaz.

Não custa nada lembrar que as mulheres grávidas ou que estão amamentando não devem consumir a noni sem orientação médica. Isso vale também para as crianças.

Noni emagrece?

Apesar de muitos relatos de pacientes que comprovam a eficiência da noni quanto ao efeito emagrecedor, há uma carência de estudos mais aprofundados para comprovar esses benefícios.

Há quem diga que esse efeito vem a partir do efeito desintoxicante e diurético que a fruta apresenta. Porém, é importante deixar claro que, só a utilização da fruta não tem a capacidade de fazer com que a pessoa perca peso. A dieta e a prática de atividades físicas regulares,  e devidamente orientadas, devem acompanhar o consumo da fruta para melhores resultados.

Veja também: Benefícios e propriedades do chá de noni

Como preparar o suco da noni

A fruta noni é bastante conhecida pelo sabor amargo e marcante. Por esse motivo, uma das formas mais usuais de incluí-la na rotina é através do preparo do suco, por sinal, este é misturado com o suco de uva.

Ingredientes

  • 2 nonis maduros;
  • 1 litro de suco concentrado de uva.

Modo de preparo

O primeiro passo para a preparação do suco da noni é lavar bem as frutas antes de usá-las. Pegue o liquidificador e corte a noni em rodelas. Acrescente 500ml de suco concentrado de uva. Use a função de pulsar do equipamento para evitar que as sementes da fruta se quebrem.

Feito isso, o próximo passo é passar o suco pela peneira. Leve-o novamente ao liquidificador e acrescente o restante do suco concentrado de uva. Bata novamente, dessa vez do modo normal.

A recomendação é de ingerir 100 ml do suco, duas vezes ao dia. Para guardar a bebida, coloque na geladeira. Ela resiste até cinco dias.

*Revisado por Jéssica Raquel Batista da Silva Araújo
Graduada em Nutrição pela Unifavip
Experiência na área de Nutrição e Saúde Coletiva

Sobre o autor

Formado em Jornalismo pela UniFavip | Wyden. Já trabalhou como repórter e editor de conteúdo em um site de notícias de Caruaru e em três revistas da região. No Jornal Extra de Pernambuco e Vanguarda de Caruaru exerceu a função de repórter nas editorias de Economia, Cidades, Cultura, Regional e Política. Hoje é assessor de imprensa do Shopping Difusora de Caruaru-PE, Seja Digital (entidade responsável pelo desligamento do sinal analógico no Brasil), editor da revista Total (com circulação em Pernambuco) e redator web do Remédio Caseiro.