,

Remédios caseiros para queimadura com óleo quente

A principal origem de queimaduras são produtos quentes, como óleo. A distração é uma das principais causas dos acidentes

Na cozinha, o risco de acidentes é maior, principalmente pela quantidade de “armadilhas” em potencial. No fogão, queimaduras no preparo de alimentos são bem comuns, ainda mais quando se manuseia óleo quente. Para amenizar o problema, existem alguns remédios caseiros próprios.

Antes de seguir com as receitas, vale destacar que, no Brasil, estima-se que, no ano, mais de um milhão de pessoas sofram queimaduras. Desse total, metade são registradas no ambiente da cozinha. E o grande causador das queimaduras é justamente o óleo quente.

Veja como tratar queimadura com óleo

Seja por descuido ou acidente, a queimadura provoca muito incômodo e dor. Quando ela acontece através do óleo quente, tudo parece ser intensificado. Mas, a partir de ingredientes natural é possível obter remédios caseiros eficazes para tratar a queimadura, enquanto o socorro médico é providenciado.

Antes de sair por aí colocando qualquer substância para amenizar a dor da queimadura, é bom prestar atenção na dica. “Fuja das receitas de passar pasta de dentre e outras coisas difíceis de serem tiradas, porque é preciso que a pele respire para cicatrizar bem”, orienta a dermatologista Lígia Kogos. Aí vão as receitas:

Se a queimadura por óleo quente for maior do que sete centímetros, vá a um posto de saúde

Prestar atenção na hora de cozinhar pode evitar acidentes dessas proporções (Foto: depositphotos)

Folha de Aloe vera

Devido às suas propriedades adstringente e curativa de tecidos, a Aloe vera é bastante indicada para ajudar no tratamento e cura de muitos problemas relacionado a pele. Para isso, basta utilizar a própria folha da planta recém-cortada. Dessa forma, aplique o gel da folha sobre a região afetada.

Veja tambémUse folha santa e babosa para tratar queimaduras solares

Água fria, gelo e sal

A água é uma substância que pode ser usada para aliviar a dor causada pela queimadura. Segundo especializas, assim que acontecer a queimadura, a indicação é lavar o local em água corrente por 15 ou 20 minutos.

No que diz respeito ao tratamento natural, basta colocar um pouco de sal na região. Apesar de causar um pouco de ardência, a substância vai matar germes e bactérias. Logo na sequência, para aliviar a sensação de ardência, aplique, cuidadosamente, um pouco de gelo.

Azeite de oliva

O azeite de oliva é considerado um poderoso antisséptico. Dessa forma, quando o assunto está relacionado ao tratamento das queimaduras de óleo quente ele tem o poder de acelerar o processo de cicatrização da mesma.

Para isso, basta aplicar o azeite de oliva durante duas semanas no local da queimadura. Você vai precisar deixar o ingrediente agir na área por, pelo menos, uma hora. Passado esse tempo, remova todo o azeite com água corrente em abundância.

Casca de banana

A casca da banana possui algumas substâncias que podem ser usadas no tratamento de queimaduras. Ela acelera a cicatrização e evita a formação de bolhas. Para tanto, basta colocar a parte interna da casca da banana sobre o local da queimadura. Logo em seguida, cubra com uma gaze esterilizada. Repita o processo várias vezes por dia, deixando cerca de duas horas.

Pepino

Considerado um agente para refrescar a pele, o pepino é um excelente ingrediente para tratar queimaduras decorrentes de óleo quente. Para tal, corte rodelas do vegetal e aplique-as sobre a área afetada.

Tipos de queimadura

Dependendo do tipo de queimadura, nem todo remédio natural é eficaz. Sendo assim, o mais aconselhável é procurar atendimento médico e evitar a utilização de ingredientes que possam ser difíceis de remover.

Veja tambémQueimaduras cutâneas: trate-as facilmente em casa

Para saber mais sobre as queimaduras, seja as causadas por óleo quente ou qualquer outra forma, preste atenção no grau de incidência. Dependendo da capa da pele que ela atinja, a queimadura pode ser classificada em primeiro, segundo e terceiro grau. Veja mais sobre cada uma delas:

Primeiro grau

A queimadura de primeiro grau atinge uma camada superficial, deixando a pele avermelhada e dolorida. Você vai perceber que, para esse tipo de queimadura não será identificada a formação de bolhas.

Segundo grau

Este tipo de queimadura é um pouco mais profunda, causando inchaço da região afetada, dor e vermelhidão. A pele pode se desprender ou ocorrer a formação de bolhas. É importante lembrar que você nunca deve estourar essas bolhas.

Terceiro grau

As queimaduras de terceiro grau afetam todas as camadas da pele e as estruturas abaixo dela. Os nervos também são destruídos. Nesses casos não há como recorrer a tratamentos caseiros, sendo o mais indicado a remoção imediata para uma emergência hospitalar.

Como proceder após uma queimadura com óleo quente

Geralmente as queimaduras com óleo quente na cozinha é fruto de distração ou descuido. Prestar atenção na hora de cozinhar pode evitar acidentes dessas proporções. Também é importante conservar o cabo das panelas para o lado de dentro do fogão, principalmente quando está cozinhando.

Se por acaso o incidente acontecer, a primeira providência é manter a calma, pois o seu estado pode acarretar no agravamento do acidente ou até provocar outros. Logo em seguida, se a panela com o óleo quente ainda estiver no fogo, se preocupe em apagar a chama do fogão.

A área atingida pela queimadura também é fator de preocupação. Se ela for maior do que sete centímetros, não hesite em recorrer a um posto de saúde. Quando o óleo quente atinge o rosto, região pélvica ou até crianças, dê mais importância, pois quanto mais rápido você procurar ajuda, mais eficaz é o tratamento.

Caso você tenha percebido respingos de óleo quente na roupa, providencie a sua remoção. Preste atenção também no chão, pois você pode acabar queimando outras partes do corpo, como os pés.

Caso alguma parte da sua roupa tenha ficado grudada no local da queimadura, evite tentar retirar, pois pode piorar a lesão. Caso tenha aparecido bolhas na área da queimadura, evite lavar com água, já que as bolhas podem estourar e infeccionar o local da queimadura.

O que não fazer em caso de queimadura

Caso a área esteja muito danificada, tome cuidado em protegê-la. Para isso, você pode utilizar gaze úmida. “O que não deve ser feito em hipótese nenhuma é a colocação de congruentes, pomadas, pasta de dente, cabelo, pó de café, manteiga, margarina e clara de ovos. Tudo isso pode levar a um processo inflamatório e consequentemente, infeccioso”, afirma o médico Marcos Barreto.

Já no processo de cicatrização, a dermatologista Lígia Kogos orienta. “Quando vem surgindo a pele nova, é indicado o uso de filtro solar para impedir que a região fique castanha escura, especialmente nas pessoas morenas. Então, nos 30 dias após a queimadura, use bastante filtro solar para evitar manchas”, completa Lígia.