Remédios caseiros para afastar mosquitos

Citronela, alho e cravo-da-índia são eficazes para afastar mosquitos. Veja também uma receita de repelente caseiro

Existem muitas doenças transmitidas por picadas de insetos. Entretanto, há também diversos remédios caseiros para afastar mosquitos. São os conhecidos repelentes naturais. Além de ser um enorme incômodo, as picadas de alguns mosquitos podem causar doenças graves, que inclusive podem levar à morte de um adulto saudável.

Antes de começarmos a falar sobre como repelir os mosquitos e evitar as picadas, precisamos reforçar o quão importante é se prevenir de algumas doenças transmitidas por mosquitos. No Brasil, todos os anos são reforçadas as campanhas contra a dengue. O foco sempre é evitar que o mosquito Aedes Aegypti se reproduza.

A dengue, mais conhecida, é comprovadamente transmitida por esse tipo de mosquito. Contudo, estudos recentes apontam que o Aedes também é capaz de transmitir outras doenças, como zika e chikungunya. Outra doença famosa e perigosa transmitida por mosquitos é a malária.

Essas são apenas algumas das doenças que atingem o ser humano através da simples picada de mosquitos. São doenças que causam dor, estados de mal-estar sérios, alterações no corpo e podem se desenvolver para estados severos.

A citronela, o alho e o cravo servem de remédio caseiro para afastar mosquitos

As picadas de insetos causam vermelhidão, pequenos inchaços e coceira (Foto: depositphotos)

Além disso, ainda que não transmita doenças, a picada de mosquitos comuns, como o pernilongo (muriçoca, como também é chamada em algumas regiões do Brasil) já é bastante incômoda por si só. Causa vermelhidão, pequeno inchaço na região e coceira.

Por isso, para te ajudar a se proteger de doenças e evitar os incômodos de uma picada de mosquito comum, separamos aqui alguns remédios caseiros para afastar mosquitos. Também dicas e truques para que nunca mais tenha problema com esses bichinhos. 

3 remédios caseiros para afastar mosquitos

Citronela

A citronela é a opção natural mais potente e conhecida no combate aos mosquitos

O aroma desse inseticida natural é o que consegue afastar os mosquitos (Foto: depositphotos)

A citronela é a opção natural mais potente e conhecida no combate aos mosquitos. A planta é usada na maioria dos repelentes que se encontram nas farmácias. É possível ter a citronela como fonte proveniente das principais propriedades repelentes que existem no mercado industrial e natural.

Possui mais de 80 componentes em sua composição, entre eles, um forte inseticida. É uma planta resistente, com bastante óleo em suas folhas. Sua principal “força” contra os mosquitos é o seu aroma, que os afasta.

Veja tambémEstudo comprova eficácia de óleos no combate ao mosquito Aedes

De acordo com a bióloga Renata Mundim, em vídeo publicado no canal da Global Relva, a citronela possui semelhanças com o capim-cidreira na aparência, mas possuem cheiros bem diferentes. Ela ainda explica que o cultivo da planta em casa, por si só, já ajuda a afastar mosquitos e insetos.

Como usar a citronela

O professor e osmólogo, Fernando Amaral, em vídeo no canal da WNF, explica que o uso do óleo essencial de citronela é a forma mais eficaz contra os mosquitos. O especialista ainda esclarece que a melhor maneira de usar o óleo é através de difusores de aroma, junto ao uso de água.

Quando a preferência for usar o óleo da citronela na pele, é preciso misturar com outro óleo que fixe na pele, como o de semente de uva ou de amêndoa.

Se preferir usar a própria planta, cultivando-a em casa, lembre que é uma planta que necessita de muita luminosidade. Os melhores locais para colocá-las são nas entradas da casa. De preferência em janelas ou espaços mais abertos e que recebam muita luz.

Como o aroma é o responsável por repelir os mosquitos, uma dica para quem tem a planta em casa é cortar as pontinhas das folhas de citronela no fim da tarde. Dessa forma, as folhas liberarão mais cheiro durante a noite. Coloque as pontas cortadas em um recipiente com água e deixe no quarto, isso afastará os mosquitos.

Alho

O recomendado é comer de um a dois dentes de alho por dia para evitar os mosquitos

Comer o alho evita a picada dos mosquitos (Foto: depositphotos)

O alho também possui efeito repelente contra insetos, e maneira eficaz, porém indireta. O uso desse método é muito antigo e tradição para pessoas que gostam de acampar ou moram em locais de grande incidência de mosquitos.

Quando dizemos que o alho age indiretamente contra os insetos, o que queremos dizer é que não se deve passar alho na pele ou usá-lo em repelentes caseiros. Simplesmente devemos comê-lo um dia antes de entrar em exposição a mosquitos.

As propriedades do alho são conhecidas por permanecer no corpo e serem liberadas através do hálito e dos poros. Essas propriedades, ao serem externadas pelos poros, afastam os mosquitos da nossa pele. O recomendado é comer de um a dois dentes de alho por dia para evitar os mosquitos.

Cravo-da-índia

Para usar o cravo como remédio caseiro contra mosquitos utilize-o em um difusor de aromas

Grande parte dos repelentes caseiros são feitos com o cravo (Foto: depositphotos)

O cravo-da-índia é um conhecido remédio natural contra os mosquitos. Grande parte dos repelentes caseiros são feitos com esse ingrediente. A sua característica que afasta os mosquitos é também o cheiro, assim como a citronela.

Veja também: Plantas que decoram a casa e afastam o mosquito Aedes aegypti

A melhor maneira de usar é o poder dos cravos-da-índia contra os mosquitos é acentuando o cheiro dos mesmos através de um difusor de aromas no quarto. Coloque um ou dois cravos-da-índia na água do difusor e o acenda/ligue. O aroma dura três usos do difusor, depois troque tanto a água quanto os cravos.

Receita de repelente caseiro

Ingredientes

  • 500 ml de álcool;
  • 10 cravos da índia;
  • 100 ml de óleo de pele (da sua preferência).

Modo de preparo

Essa é uma receita extremamente eficiente, mas que demora para ficar pronta. Coloque o álcool e o cravo-da-índia em um recipiente e deixe por pelo menos quatro dias. Mexa a mistura todos os dias, pelo menos uma vez. Para um repelente mais forte, deixe uma semana.

O álcool vai ficar escuro, isso porque vai absorver todas as propriedades do cravo-da-índia, inclusive o cheiro. Após o período de apuração, retire os cravos e adicione o óleo. Pronto! Seu repelente natural e potente já pode ser usado e afastar todos os mosquitos.

Lembre que o óleo e álcool não se misturam, então sempre que for usar, agite bem. Para facilitar a aplicação, você pode colocar em um frasco spray. Pode usar todos os dias.

Veja também: Orégano e cravo podem matar mosquito transmissor do zika vírus

Por que a picada do mosquito coça?

No ato da picada, o mosquito injeta uma substância anticoagulante que irrita a pele

Para aliviar a coceira da picada do mosquito aposte em gelo (Foto: depositphotos)

A maioria das pessoas acredita que a picada do mosquito coça simplesmente porque trata-se de um pequeno furo na epiderme.

Contudo, essa não é a verdadeira causa da coceira ou de qualquer outra característica de picadas de mosquito. Basta imaginar um furo com uma agulha, onde a epiderme também é perfurada, mas não há coceira ou inchaço posterior.

Diferente de outros insetos, que picam ou ferroam para se defender, o mosquito comum pica em busca do seu alimento: o sangue. Mas o organismo do mosquito é muito frágil e fraco, e a corrente sanguínea passa muito rápido nos vasos sanguíneos. Por isso, o mosquito injeta uma substância anticoagulante.

Essa substância faz parte do sangue acumular no local da picada, facilitando consequentemente a sucção do sangue. Também causa o inchaço, a vermelhidão e, claro, a coceira.

Apesar da coceira fazer sentido, devido a essa substância, o mais recomendado é não coçar a região da picada. A melhor opção é esfregar gelo ou algo gelado no local da picada logo após o mosquito sair. Isso evita a leve inflamação que causa a coceira. Também evita ferimentos na pele que o ato de coçar pode causa.

Como aliviar coceira de picada de mosquito

Se a coceira já começou, existem alguns métodos para aliviá-la. A principal delas é o uso de alguma propriedade adstringente para higienizar e promover a rigidez da pele, o que manda a coceira embora.

Você pode misturar algumas duas gotas de limão com uma colher de álcool e, com um algodão, esfregar a parte onde estão as picadas. Além do limão, também são opções eficientes o eucalipto, cravo, cânfora e hortelã. Loções e óleos dessas plantas também servem, desde que tenham álcool em sua composição.

Veja também: Como proteger sua casa do mosquito da dengue enquanto você estiver viajando

Outra dica é usar desodorante no local da picada. Isso porque a maioria dos desodorantes no mercado geralmente possuem componentes que evitam irritação na pele. As axilas são um local de fácil irritação, por isso os desodorantes sempre tentam evitar que isso aconteça. Passe desodorante para evitar e aliviar a coceira.

Por último, há o óleo essencial de hortelã que também é muito potente para aliviar esse tipo de coceira. Isso porque é refrescante e aumenta a circulação sanguínea no local, desfazendo o pequeno coágulo causado pela picada.

Sobre o autor

24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.