Remédio caseiro para picada de formiga

Neste artigo você vai conhecer o melhor remédio caseiro para picada de formiga. Na verdade, vamos te mostrar uma lista com 5 técnicas caseiras e naturais para aliviar os sintomas das picadas. Sendo assim, fique de olho nas nossas informações e escolha o melhor remédio caseiro para você.

As formigas são pequenos insetos da ordem Hymenoptera, o mesmo grupo de animais que as vespas e abelhas. São do tipo sociais, por isso dificilmente você verá uma formiga sozinha. Elas vivem em colônias e todas as espécies pertencem à família Formicidade, apesar de que as diferenças entre as espécies são imensas (1).

Alguns tipos de formigas possuem leves e moderados graus de veneno, que não são letais para seres humanos, mas podem causar sintomas como dor, coceira, irritação e bolhas. Sendo assim, nós decidimos mostrar para você o que fazer nesses casos e quais são os melhores remédios caseiros. Veja:

O que fazer em caso de picada de formiga?

Os ataques de grupos de formigas é algo raro, mas pode acontecer. Dependendo do tipo da formiga, os sintomas podem ser graves, como dor aguda, queimação, irritação na pele e vômitos, por exemplo. Em pessoas alérgicas, a picada de muitas formigas pode, inclusive, colocar a vida da vítima em risco.

Formigas na mão

Alguns ingredientes naturais conseguem neutralizar os sintomas da picada desse inseto (Foto: depositphotos)

No Brasil, temos alguns tipos de formigas venenosas. Por isso, dependendo da quantidade de picadas e do tipo de formiga, pode haver riscos para a saúde. Siga as instruções abaixo.

  1. Procure indícios de alergia. Se a vítima foi picada várias vezes e apresenta sinais de que é alérgica (inchaço, vermelhidão, dificuldade para respirar e engolir a saliva, vômitos, e etc), leve-a imediatamente a um hospital. Caso não apresente esses sinais, siga as instruções abaixo.
  2. Lave o local com água corrente fria e sabão. Isso vai diminuir as chances de pequenas inflamações, irritação e bolhas. Não use água quente, pois ela abre os poros da pele e o veneno espalha mais facilmente.
  3. Aplique gelo no local. Os primeiros sintomas da picada de formigas venenosas são dor, inchaço e vermelhidão. Aplique gelo para aliviar estes sintomas e prevenir irritações de pele.

Lembre-se, entretanto, que em caso de picada de formiga e a vítima apresentar sinais de alergia, leve uma das formigas que atacou ou tire fotos delas. Isso vai ajudar a equipe médica a identificar o grau do veneno e qual o melhor tratamento para oferecer a vítima.

5 remédios caseiros para picada de formiga

Neste tópico você vai encontrar os melhores remédios e técnicas caseiras para usar em caso de picada de formigas. Além de lavar o local com água e sabão, e aplicar gelo, existem outras soluções naturais. No geral, elas servem para aliviar os sintomas e prevenir maiores danos. Confira a lista:

É bom deixar claro, contudo, que estes remédios e técnicas caseiras não substituem a ida a um hospital em caso de reação alérgica. Quando uma pessoa alérgica é picada, ela pode sofrer choque anafilático e isso pode ser fatal. O mesmo vale no caso de alguém ser picado muitas vezes por formigas venenosas. Procure um pronto-socorro.

Caso a vítima tenha levado poucas picadas e não apresente reação alérgica, as dicas a seguir são bastante úteis. Veja abaixo um pouco mais sobre cada uma:

Vinagre branco

O vinagre branco possui compostos antissépticos que ajudam a limpar a área da picada (2). Com isso, é possível impedir leves inflamações, infecções e irritações na pele. Por isso, depois de lavar com água e sabão, aplique um pouco de vinagre para limpar e prevenir os sintomas citados.

Pasta de bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio é recomendado em caso de picada de insetos e répteis. Ele ajuda a higienizar o local e diminuir as chances de irritação e infecção (3, 4). Para fazer a pasta, é só misturar 2 medidas de bicarbonato de sódio para 1 medida de água. Misture até virar uma pasta e aplique no local previamente lavado com água e sabão.

Cascas de banana

Para aliviar a coceira, esfregue levemente a parte interior da casca da banana no local das picadas. A casca da banana possui substâncias que aliviam a coceira, diminui o inchaço e melhoram a circulação sanguínea no local, o que ajuda a “diluir” o veneno de formigas pouco venenosas (5).

Água e própolis

Uma mistura de água e própolis pode ser usada para diminuir o inchaço, dor e irritação no local da picada de formigas venenosas. Estes benefícios foram confirmados através de estudos científicos que provaram diversos benefícios dermatológicos do própolis (6).

Em ½ xícara de água limpa, adicione ½ colher (de chá) de própolis e misture. Com um algodão, aplique sobre o local da picada 4 vezes ao dia para obter os benefícios.

Mel

O mesmo estudo citado no tópico anterior mostrou também alguns benefícios  dermatológicos do mel, que é capaz de diminuir o inchaço e irritação das picadas de insetos na pele (6). Sendo assim, lave o local com água e sabão, em seguida, aplique um pouco de mel de abelha sobre a picada.

Sintomas comuns

No geral, os principais sintomas de picadas de formigas são dor, inchaço e vermelhidão. Entretanto, algumas espécies possuem maior grau de peçonha, que pode causar em humanos sintomas como bolhas, irritação, inflamação, dor aguda e até mesmo desmaios.

Tudo vai depender do tipo de formiga, número de picadas, local do corpo onde o veneno foi inoculado e outros fatores. Para que você entenda melhor, veja o tópico abaixo sobre os tipos de formigas venenosas e os sintomas da picada de cada uma.

Tipos de formigas venenosas

Neste tópico, vamos te mostrar os principais tipos de formigas que picam seres humanos. É importante ressaltar, contudo, que as formigas atacam como uma estratégia de defesa. Os humanos estão longe de fazer parte da cadeia alimentar destes pequenos insetos.

Formiga marrom

Os sintomas da picada podem variar a depender do tipo da formiga (Foto: depositphotos)

Antes de mais nada, as informações contidas neste tópico foram disponibilizadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde brasileiro, e destacada como a maior instituição de ciência e tecnologia e saúde da América Latina (1).

Como você já deve saber, a maioria das formigas são inofensivas e não atacam humanos. Na sua cozinha, quintal e etc. deve haver várias formiguinhas que você sabe que não vão picar você ou sua família. Contudo, existem algumas espécies que podem atacar e fazer bastante mal. Confira:

Formiga lava-pé

É um dos tipos mais perigosas, porque tem um veneno forte. São originárias da América do Sul e comuns em todas as regiões do Brasil, principalmente no Norte e Nordeste. Possui várias espécies, o que dificulta sua identificação. Podem ser de cor amarelo claro ou mesmo preto brilhante.

Sua picada é dolorosa e pode causar sintomas como dor, queimação, inchaço, vermelhidão, bolhas e alergia. Seu veneno pode provocar choque anafilático e ser fatal para pacientes alérgicos.

Formiga de fogo (Pixixica)

Como o próprio nome já diz, essa formiga não é brincadeira. Sua picada é bastante dolorosa e causa sintomas como queimação, coceira, irritação, inchaço e alergia. Um ataque de muitas formigas de fogo pode, inclusive, levar um adulto saudável à morte.

São pequenas, possuem coloração marrom clara e constroem seus ninhos em árvores e no solo. Elas também podem infestar móveis de madeira e tecidos.

Formigas acrobáticas

São formigas bem pequenas de cor que varia entre o amarelo e o marrom escuro. São lentas e andam em linha reta. Fazem ninho em madeira, geralmente. Gostam de doces, manteiga e carnes.

Esse tipo de formiga não pica, mas expelem uma substância química quando se sentem ameaçadas. Em contato com a pele, essa substância pode causar irritação, vermelhidão e coceira.

Como evitar formigas em casa

Por fim, não há muito segredo em como manter as formigas longe da sua casa e evitar que elas ataquem você e a sua família. Além disso, ninguém gosta de consumir alimentos infestado de formigas. Dessa forma, siga as dicas a seguir e elas vão te ajudar a se livrar das formigas de uma vez por todas. Veja:

  • Mantenha sua casa limpa. Antes de mais nada, tenha o chão da sua casa sempre limpo. Evite a poeira, farelos de comida e umidade. Limpe atrás de móveis de madeira e em cima de estantes e armários. Dessa forma, as formigas não achar “pistas” que levem até a sua casa.
  • Não deixe lixo acumulado. No fim do dia, leve o lixo para fora, principalmente o lixo orgânico. Restos de comida são atrativos para as formigas.
  • Faça um spray de detergente. Em um borrifador, misture 1 copo de água limpa e ½ de detergente. Borrife nas entradas da casas, principalmente em portas e janelas, por exemplo..
  • Faça um spray de hortelã. As formigas não gostam de hortelã, é um repelente natural. Por isso, coloque em um borrifador água e folhas de hortelã e borrife pela casa e nos móveis.
  • Faça um spray de cravo-da-índia. O cravo-da-índia é um repelente natural de insetos e aranhas. Sendo assim, coloque alguns cravos em água limpa dentro de um borrifador e borrife próximos aos cestos de lixo e nas janelas para manter as formigas longe desses locais.

Referências

Por fim, veja abaixo as referências científicas usadas na produção deste artigo. O Remédio Caseiro é um site comprometido com informações verdadeiras, conteúdo relevante e, claro, com a sua saúde. Sendo assim, fique sempre bem informado(a) em nosso site!

Referências

  1. FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ (FIOCRUZ). As Formigas. Disponível em: <http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/formiga.htm>. Acesso em 07/02/2019.
  2. HO, C. W. et al. Varieties, production, composition and health benefits of vinegars: A review. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27979138>. Acesso em 06/02/2019.
  3. LETSCHER-BRU, V. et al. Antifungal activity of sodium bicarbonate against fungal agents causing superficial infections. 2013. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22991095>. Acesso em 01/02/2019.
  4. VERDOLINI, R. et al. Old fashioned sodium bicarbonate baths for the treatment of psoriasis in the era of futuristic biologics: an old ally to be rescued. 2005. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15897164>. Acesso em 01/02/2019
  5. PEREIRA, A.; MARASCHIN, M. Banana (Musa spp) from peel to pulp: ethnopharmacology, source of bioactive compounds and its relevance for human health. 2015. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/25449450>. Acesso em 06/02/2019.
  6. PASUPULETI, V. R.; SAMMUGAM, L.; RAMESH, N.; GAN, S. H. Honey, Propolis, and Royal Jelly: A Comprehensive Review of Their Biological Actions and Health Benefits. 2017. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28814983>. Acesso em 06/02/2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.