Relaxante muscular natural: aprenda como fazer receitas em casa

Quando as dores nos músculos aparecem, nada melhor do que um relaxante muscular natural para recuperamos o bem-estar. Aqui, você vai aprender sobre o que são os relaxantes musculares naturais e como fazer essas receitas. .

Desse modo, você vai perceber que não é preciso consumir remédios, comprimidos e cápsulas para se livrar de dores e incômodos comuns nos músculos.

A tensão muscular é um problema comum para muitas pessoas. Ela pode ser causada por diversos motivos, como estresse, sedentarismo, ansiedade, falta de alongamento e doenças como a fibromialgia, por exemplo. As dores e desconfortos geralmente acometem as regiões dos ombros, lombar, costas, pescoço e maxilar.

Sendo assim, o relaxante muscular natural é um remédio caseiro que tem como objetivo aliviar rapidamente essas dores citadas. Os relaxantes musculares fazem com que os músculos se tornem menos tensos e/ou rígidos, o que diminui ou acaba totalmente com a sensação de dor e desconforto.

Além disso, esses medicamentos naturais são uma ótima opção para melhorar o sono, pois eles ajudam o corpo a ficar menos tenso de modo geral. Isso produz a sensação no cérebro de que o corpo está pronto para descansar. Portanto, veja abaixo quais são os melhores relaxantes musculares naturais.

Qual é o melhor relaxante muscular natural?

Em suma, existem vários produtos naturais com grandes capacidades relaxantes para os músculos e para o cérebro. Eles são usados principalmente para o alívio de dores e melhora do sono.

Mas no geral, existem dois grandes relaxantes musculares que podem ser considerados os mais potentes e saudáveis: o óleo de hortelã-pimenta e o chá de camomila.

Óleo de hortelã-pimenta

Vários estudos e instituições de pesquisa apontam a hortelã-pimenta (Mentha x piperita L.) como um potente remédio caseiro para dores e tensões musculares. Em especial, vamos falar aqui sobre o óleo dessa planta, que concentra alta quantidade de mentol, cineol e mentona (substância benéfica para os músculos).

Folhas de hortelã e óleos

O óleo extraído da hortelã-pimenta é capaz de relaxar os músculos tensos e as câimbras (Foto: depositphotos)

O óleo possui efeito analgésico, antiespasmódico e anti-inflamatório (1, 2).

Para obter os benefícios relaxantes da hortelã-pimenta, você deve massagear a área da dor/desconforto usando algumas gotas do óleo essencial desta planta. O mesmo serve em caso de tensão e lesão muscular, além de ser um remédio natural para a recuperação em caso de câimbras.

Após e durante a massagem, a pele vai recebendo a composição saudável do óleo essencial da hortelã-pimenta, mas o efeito começa de verdade após alguns minutos.

Chá de camomila

O chá de camomila é conhecido pelo seu efeito calmante para o cérebro, mas poucas pessoas sabem que essa planta possui propriedades relaxantes para os músculos.

A composição dessa planta é rica em ativos que aliviam o estresse, diminuem a ansiedade e relaxam os músculos do corpo (3). Além disso, é comprovado que o uso da camomila, antes de um momento de descanso, ajuda o cérebro a entrar no modo de sono mais rapidamente.

O estudo científico ainda aponta o chá de camomila para dormir mais e melhor, além de poder ser usado no tratamento de distúrbios do sono, como insônia e sono interrompido. Veja abaixo como preparar o chá saudável de camomila:

  1. Em uma panela pequena, adicione 1 xícara de água e leve ao fogo até ferver
  2. Em seguida, adicione 1 colher (de sopa) de camomila e desligue o fogo
  3. Tampe por aproximadamente 10 minutos
  4. Por fim, passe em um coador e beba sem adoçar.
Xícara de chá de camomila

O efeito calmante desse chá é capaz de relaxar as tensões e contribuir com o sono (Foto: depositphotos)

Outros relaxantes naturais: conheça as opções saudáveis

Contudo, se você pensa que só o óleo de hortelã-pimenta e a camomila podem ser usados como relaxantes musculares naturais, isso é um engano. Pois, com o passar dos anos, os estudos sobre as propriedades das plantas aumentaram, então foi possível encontrar esse benefício em diversos ingredientes naturais. Confira:

Óleo de arnica

A arnica é uma planta super conhecida quando o assunto é alívio de dor muscular. Em qualquer farmácia é possível encontrar pomadas e géis a base de arnica. Isso se deve, em suma, ao seu conjunto de propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, que geram um efeito relaxante quase anestésico (4).

O óleo essencial de arnica concentra as principais substâncias medicinais da planta. E, assim como acontece com o óleo essencial de hortelã-pimenta, você deve usá-lo em massagem. Dessa forma, os compostos saudáveis entram pela pele e vão direto para os músculos.

Contudo, esse óleo tem uma parte que muitos consideram ruim: o cheiro. A arnica é uma planta com aroma muito forte. Apesar de ser um cheiro agradável, ele permanece na pele fortemente por algumas horas. Por isso, não é uma boa escolha para quem tem nariz sensível. Nesse caso, veja as opções abaixo.

Chá de louro

O louro também é um ingrediente super conhecido da culinária, mas pouca gente sabe que as folhas dessa planta possuem ativos que relaxam os músculos e combatem a ansiedade (5). Veja como preparar este chá:

  1. Em uma panela pequena, aqueça 1 xícara de água até ferver
  2. Em seguida, adicione 3 folhas de louro e desligue o fogo
  3. Tampe por aproximadamente 10 minutos
  4. Por fim, retire as folhas e beba sem adoçar.

Receita: chá relaxante muscular de camomila e tília

Uma ótima receita para relaxar os músculos e ajudar a dormir mais e melhor é o chá de camomila com tília. Sobre o potencial da camomila, já falamos acima, mas não dissemos que o uso da tília torna esse chá muito mais potente nesses benefícios.

A tília é uma planta com rica ação relaxante, que combate o estresse, a ansiedade e ajuda no alívio do cérebro e do corpo de tensões causadas por esses fatores (6). Veja como preparar esse super-chá relaxante:

  1. Em uma panela pequena, aqueça 1 xícara de água até ferver
  2. Em seguida, adicione 1 colher (de chá) de camomila e a mesma medida de tília. Desligue o fogo
  3. Tampe por aproximadamente 10 minutos
  4. Por fim, retire as folhas e beba sem adoçar.

Esse chá é indicado para o período noturno. Não tome esse chá antes de dirigir, pois causa sonolência.

Receita: chá relaxante muscular de hortelã-pimenta

Anteriormente, falamos sobre os benefícios do óleo essencial de hortelã-pimenta, que pode ser usado em massagem e promover relaxamento muscular. Contudo, o chá dessa planta também traz o benefício relaxante para o organismo. Veja como preparar:

  1. Aqueça 1 xícara de água até a fervura
  2. Em seguida, adicione 5 g de folhas secas de hortelã-pimenta e desligue o fogo
  3. Deixe tampado por cerca de 10 minutos
  4. Por fim, retire as folhas e beba sem adoçar.

Beba 1 xícara desse 3 vezes ao dia quando estiver com dores e desconforto nos músculos (mas lembre, não dirija nesse dia, pois a bebida causa sonolência). Caso queira usar o chá para melhorar o sono, beba 1 xícara desse chá sem adoçante aproximadamente 1 hora antes de deitar.

Dúvidas frequentes

Existem algumas perguntas comuns que cercam o assunto “relaxantes musculares”. Neste último tópico, vamos tirar algumas das principais dúvidas sobre esse tema. Confira:

Relaxante muscular natural dá sono?

Sim. O relaxante muscular alivia as tensões dos músculos, o que faz com que o cérebro entenda como uma situação propícia para o descanso. Por isso, não é recomendado tomar nenhum tipo de relaxante muscular antes de dirigir ou realizar tarefas importantes que exijam atenção.

O uso de relaxante muscular pode atrapalhar a musculação?

Sim, principalmente no que se refere a recuperação e desenvolvimento dos músculos. Os relaxantes musculares naturais são indicados apenas para os primeiros dias de musculação, pois há muita dor e tensão muscular devido à falta de estímulo.

Após as primeiras semanas, cesse o uso dos relaxantes naturais para que o seu corpo desenvolva os músculos da melhor forma possível.

Referências

(1) Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). “Hortelã-pimenta“. Centro de Pesquisa Agroflorestal de Rondônia. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. 2001, Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/100662/1/folder-hortela-pimenta.pdf. Acesso em 11 jun. 2019.

(2) McKAY, D. L., BLUMBERG, J. B. “A review of the bioactivity and potential health benefits of peppermint tea (Mentha piperita L.)“. 2006. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16767798. Acesso em 11 jun. 2019.

(3) ADIB-HAJBAGHERY, M., MOUSAVI, S. N. “The effects of chamomile extract on sleep quality among elderly people: A clinical trial“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29154054. Acesso em 11 jun. 2019.

(4) KRIPLANI, P., GUARVE, K., BAGHAEL, U. S. “Arnica montana L. – a plant of healing: review“. 2017. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28401567. Acesso em 12 jun. 2019.

(5) Portal de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares. “Louro, loureiro“. 2013. Disponível em: http://www.ppmac.org/content/louro-loureiro. Acesso em 12 jun. 2019.

(6) SOUSA, F. C. F. et al. “Plantas medicinais e seus constituintes bioativos: Uma revisão da bioatividade e potenciais benefícios nos distúrbios da ansiedade em
modelos animais“. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbfar/v18n4/v18n4a23. Acesso em 12 jun. 2019.

ATENÇÃO: Nosso conteúdo é apenas de caráter informativo. Todo procedimento deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional.

Sobre o autor

Avatar
24 anos, é jornalista e produtor de conteúdo especializado. Atua com produção jornalística há 4 anos. Vencedor do prêmio de empreendedorismo digital “Academic Winner 2017”, promovido pela DeVry University na Califórnia, Estados Unidos. Tem no currículo trabalhos em emissoras de televisão, jornal impresso, revistas e internet. É pernambucano e tem como hobbies escrever, jogar videogames, cinema e estudos sociais.