Qual a diferença entre raiz tuberosa, tubérculo e bulbo? Descubra agora

Todos estes tipos de vegetais fazem parte da nossa alimentação, muitos inclusive de forma diária. Confira as diferenças e os tipos de cada um delea

As plantas, de uma maneira geral, são constituídas por partes e cada uma dessas unidades possuem determinadas funções para manter toda a estrutura do vegetal saudável. Por isso, existem as raízes, caules, folhas e por vezes flores, sementes e frutos.

Por exemplo, a raiz é comumente utilizada pelo vegetal para duas funções, são elas: armazenar os nutrientes ou simplesmente fixar a planta no solo. E, levando em consideração estas atividades, pode-se dividir as plantas em raízes tuberosas, tubérculo ou bulbo.

Mas afinal, o que define estas classificações? Apesar de serem estruturas diferentes, as palavras tuberosa, tubérculo e bulbo são tidas como sinônimos para muitas pessoas. No entanto, cada uma delas possui características peculiares e a principal diferença está relacionada ao tipo de local de reservas de nutrientes que são acumuladas.

Raiz tuberosa, tubérculo ou bulbo: quais são as diferenças entre eles?

A diferença primordial entre essas três classificações é com relação a parte da planta que armazena os nutrientes necessários para que ela se mantenha. Por exemplo, enquanto o tubérculo e o bulbo armazenam água e energia no caule de seus vegetais, a raiz tuberosa acumula esses nutrientes em suas raízes.

Qual a diferença entre raiz tuberosa, tubérculo e bulbo?

Foto: depositphotos

Por ser através do solo que se consegue extrair boa parte dos nutrientes, é possível dizer que no caso do bulbo e do tubérculo os seus caules são subterrâneos. Porém, há uma característica que diferencia esses caules, sendo no primeiro tipo de vários formatos e no segundo, preferencialmente, arredondado.

Portanto, as raízes nestas duas classificações servem para sustentar a planta no solo, apesar de absorverem os nutrientes não são responsáveis pelo armazenamento. Já a raiz tuberosa tem as unidades de armazenamento em suas raízes, sendo estas subterrâneas. O caule, neste tipo, é superficial.

Exemplos de bulbo, tuberosa e tubérculo

Todos estes tipos de vegetais fazem parte da nossa alimentação, muitos inclusive de forma diária. São eles:

  • Bulbo: Cebola e alho;
  • Raiz tuberosa: Beterraba e cenoura;
  • Tubérculo: Batata e inhame.